Reiniciados - Teri Terry

30 de abril de 2016

Autor: Teri Terry
Páginas: 430
Ano: 2013
Editora: Farol Literário
Adicione: Skoob


Sinopse: Depois da queda... Os anos de 2020. A desvalorização da moeda, o colapso econômico que assolou a Europa, o Reino Unido separado da União Europeia, suas fronteiras fechadas. Um período conturbado. A maioria das manifestações de estudantes era pacífica, no início. Mas a frustração e a raiva cresceram. Havia o movimento da Lei  e da Ordem que criou os Lordeiros: tolerância zero para a violência e desobediência civil; punição pesada para os infratores da lei. Os jovens (os manifestantes, as gangues) deviam ser reabilitados, mesmo que muitas vezes o que faziam não fosse culpa deles. Era culpa de sua origem, do local onde haviam sido criados, do que haviam sofrido. A solução: um certo procedimento que apagava a memória das pessoas. Perfeito para a coalizão governamental: em vez de punir severamente os criminosos, suas memórias seriam apagadas. Os infratores seriam Reiniciados. Um recomeço. Uma segunda chance. Bastava seguir as regras e não fazer perguntas.

O Papiro de César (Asterix) - R. Goccinny & A. Auderzo

29 de abril de 2016

Autor: R. Goccinny & A. Auderzo
Páginas: 48
Ano: 2015
Editora: Record
Adicione: Skoob
Livro cedido pela Editora


Sinopse: 36ª aventura de Asterix, o gaulês. A história em quadrinhos conta com uma aventura de Asterix e Obelix para registrar um papiro escrito por César sobre sua vitória em uma das batalhas que travou, nessa aventura os romanos insistem em impedir que chegue às mãos desses Gauleses.



Elevador 16 - Rodrigo de Oliveira

28 de abril de 2016

Autor: Rodrigo de Oliveira
Páginas: 60
Ano: 2014
Editora: Faro Editorial
Adicione: Skoob
 
Sinopse: Estamos em 2017.
Cientistas descobrem um planeta vermelho em rota de colisão com a Terra. Depois de muito pânico nos quatro cantos do mundo, eles asseguram que passaria a uma distancia segura. E todos ficam tranquilos acreditando que nada iria acontecer...
Mas não podiam estar mais enganados.
No dia em que o planeta estaria mais visível, enquanto todo mundo se preparava para observar o fenômeno a olho nu, um grupo seguia para um compromisso chato: trabalhar num sábado na empresa de processamento de dados, pois estavam com muitos projetos atrasados.
Na hora do almoço, 16 pessoas entram no elevador... mas ele pára entre dois andares. As comunicações não funcionam, nem alarmes, nem celulares, ninguém aparece para ajudar. E eles não sabem que, em todo o mundo, algo muito estranho aconteceu. Em poucos segundos, 10 pessoas caem num surto coletivo, como que desmaiadas. Entre o desespero, tentativas de busca por ajuda, um deles começa a abrir os olhos, mas eram olhos vazios, olhos do mal...
Este livro conta uma história que ocorre no exato momento em que o nosso mundo se transforma. Traz personagens que vivem o intenso evento cósmico que mudaria a Terra para sempre.

Os 13 Porquês - Jay Asher

27 de abril de 2016

Autor: Jay Asher
Páginas: 256
Ano: 2009
Editora: Ática
Adicione: Skoob

 
Sinopse: Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra um misterioso pacote com várias fitas cassetes. Ele ouve as gravações e se dá conta de que foram feitas por uma colega de classe que cometeu suicídio duas semanas antes. Nas fitas, ela explica que 13 motivos a levaram à decisão de se matar. Clay é um deles. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.


Pérolas da minha surdez - Nuccia de Cicco

26 de abril de 2016


Autor: Nuccia de Cicco
Páginas: 119
Ano: 2016
Editora: wwlivros
Adicione: Skoob


Sinopse: Música, buzina, despertador e então... silêncio. Como se acostumar a não ter som e precisar aprender a se comunicar novamente?
As pessoas dizem verdadeiras pérolas sobre surdez, pois a maioria desconhece o assunto. Não compreendem o que é lidar com a ausência de um sentido tão importante, algo que sempre teve, sempre fez parte da sua vida, até o perder. E, então, ter de reinventar todas as suas verdades.
Nesta obra, a autora narra experiências de sua vida após o diagnóstico de surdez total irreversível, buscando ampliar o (re)conhecimento sobre o tema na sociedade. São histórias singulares, divertidas e complicadas, sobre paixões, curiosidades, tecnologias, preconceito, aprendizado e, principalmente, luta e força de vontade.
Um livro que trilha o caminho em direção dos que almejam encontrar respeito aceitação e voz.

COMA - Outbreak - Gabriela Takahashi

25 de abril de 2016

Autor: Gabriela Takahashi
Páginas: 342
Ano: 2015
Editora: Giostri
Adicione: Skoob
Livro cedido pela autora


Sinopse: O jovem Hector e alguns amigos, desde crianças, visitam uma dimensão paralela durante o sono: um mundo místico, com criaturas monstruosas (ou bizarras) e ar um tanto medieval.
Certo dia, porém, Hector descobre que um amigo estava em estado comatoso no hospital, sem motivos aparentes.
Crente de que as causas estariam no outro mundo, Hector partiria numa busca pelo ambiente místico – embora, pelo hábito de imersão cada vez maior, corresse o risco de ficar preso para sempre no “mundo paralelo”.

Renascida (Saga Acampamento Shadow Falls: Ao Anoitecer - Livro 01) - C.C. Hunter

22 de abril de 2016

Autor: C.C.Hunter
Páginas: 392
Ano: 2015
Editora: Jangada
Adicione: Skoob
 
Sinopse: Della Tsang tinha uma vida perfeita, até ser transformada em vampiro e abandonada por todos que ama. Ela se refugia em Shadow Falls, um acampamento para adolescentes com poderes paranormais. Della está treinando para ser uma agente de investigação paranormal – e ela não vai deixar nada nem ninguém desviar sua atenção desse objetivo! Isso significa que não tem tempo para investir no romance com Steve, um metamorfo apaixonante. Quando um novo vampiro chamado Chase aparece no acampamento, a vida de Della fica mais confusa do que nunca. Della terá de enfrentar assombrações fantasmagóricas, uma teia de segredos de família e um novo caso que põe a vida dos seus amigos em perigo.

A Seleção - Kiera Cass

21 de abril de 2016

Autor: Kiera Cass
Páginas: 368
Ano: 2012
Editora: Seguinte
Adicione: Skoob
 
Sinopse: Para trinta e cinco garotas, A Seleção é a chance de uma vida. É a oportunidade de ser alçada a um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, estar entre as selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás o rapaz que ama, abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer e viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que nunca tinha ousado imaginar.

Simplesmente Acontece - Cecelia Ahern

20 de abril de 2016

Autor: Cecelia Ahern
Páginas: 448
Ano: 2014
Editora: Novo Conceito
Adicione: Skoob

Sinopse: O que acontece quando duas pessoas que foram feitas uma para outra simplesmente não conseguem ficar juntas? Todo mundo acha que Rosie e Alex nasceram para ser um casal. Todo mundo menos eles mesmos. Grandes amigos desde criança, eles se separaram na adolescência, quando Alex se mudou com sua família para os Estados Unidos. Os dois não conseguiram mais se encontrar, mas, através dos anos, a amizade foi mantida através de emails e cartas. Mesmo sofrendo com a distância, os dois aprenderam a viver um sem o outro. Só que o destino gosta de se divertir, e já mostrou que a história deles não termina assim, de maneira tão simples.

Nova Parceria: Patricia Boos

19 de abril de 2016

Hoje venho apresentar mais uma parceira do nosso Blog!
Uma escritora tão jovem ainda e com um talento enorme!



Patrícia Boos
20 anos, escritora e desenhista.
Escreveu seu primeiro livro, um romance vitoriano em 2015, este entitulado "Yes, My Lady" e já está escrevendo um segundo livro.
"Sou uma autora apaixonada por livros e pela escrita. Procuro ainda reproduzir isto em meio de desenhos, imagens, vídeos."

Yes, My Lady
Sinopse do livro: "Quando em sua infância sua mãe morrera, Patrícia Muller desamparada, ficou presa às mãos de seu tirano padrasto que está em busca do testamento de sua mãe para ficar com toda a fortuna da família Muller. Entre surras e mais surras, certo dia num ato de desobediência à seu padrasto contrata Yan Blackmore, um jovem mordomo obcecado com as regras e tabus impostos por  sua profissão. Apaixona-se por ele e certamente não é correspondida ao mesmo tempo que um a um seu padrasto tira a vida das pessoas à sua volta até que reste apenas ela. Em meio a este misto de medo, mortes e amor solitário, o destino a une com o mordomo através de um segredo sombrio escondido num objeto qualquer.  Um trágico fim os aguarda com as cortesias do destino que, astuto, tece fio por fio sua teia de discórdias e tragédias, enquanto ri diabólico de suas marionetes."


Em breve traremos a resenha desta obra que, rapidamente me conquistou!!!

Por enquanto sigam a Página do Livro clicando aqui








172 Horas na Lua - Johan Harstad

18 de abril de 2016

Autor: Johan Harstad
Páginas: 288
Ano: 2015
Editora: Novo Conceito
Adicione: Skoob

Sinopse: O ano é 2018. Quase cinco décadas desde que o homem pisou na Lua pela primeira vez.
Três adolescentes comuns vencem um sorteio mundial promovido pela NASA. Eles vão passar uma semana na base lunar DARLAH 2 - um lugar que, até então, só era conhecido pelos altos funcionários do governo americano.
Mia, Midore e Antoine se consideram os jovens mais sortudos do mundo. Mal sabem eles que a NASA tinha motivos para não ter enviado mais ninguém à Lua.
Eventos inexplicáveis e experiências fora do comum começam a acontecer...
Prepara-se para a contagem regressiva.

Comparação: O que vi de Cinquenta tons no livro e nas telonas - Anastasia (Cinquenta Tons de Cinza) x Judith (Peça-me o que Quiser)

16 de abril de 2016




Quem esquece do primeiro livro hot? Cinquenta Tons de Cinza foi o primeiro livro hot que li. Consequentemente, como boa "cri cri" que sou, mantive uma relação de amor e ódio com Ana, a personagem principal, em razão de seu jeitinho "frágil" e sua falta de posicionamento.

Sempre que lemos levamos um pouco de nós para leitura. Sendo assim, quem não sente vontade de ler algo e se identificar com os personagens? Por esse motivo, a mocinha indecisa e sua "deusa interior" de Cinquenta Tons não me representam, mas mantenho certo carinho pelo livro. No decorrer da historia, Ana evolui, amadurece, mas o livro continua morno com alguns trechos que parecem que só estavam ali com a intenção de fazer volume.

Diferente da Ana do livro, Anastasia Steele no filme é muito mais interessante que a personagem que E.L James nos apresenta; o querido Sr. Grey das telonas também não me convenceu que era o poderoso CEO que tinha tudo que queria como o livro descreveu.

(Imagem retirada do site Uol)
São dois pontos engraçados e um dos motivos que nós, leitores ferrenhos, sempre falamos "o filme não substitui o livro" e vice versa. Geralmente o filme só se baseia na história geral e acaba seguindo alguns caminhos diferentes.

Vale lembrar que no filme, a única coisa que não foi fiel ao livro foram as atitudes da Srta Steele e do Sr Grey, como citados acima. Anastasia está bem menos "sem ação" enquanto Cristian me pareceu sem pegada.

Apesar do carinho que tenho por Cinquenta Tons, consigo ver essas falhas que citei e com o tempo ele saiu da lista dos meus preferidos, principalmente depois que a tia Megan Maxwell surgiu em minha vida com a mocinha espanhola mais quente que já vi, tive que me render a ela, a diva Judith Flores da trilogia "Peça-me o que Quiser", mais conhecida como Jud.

Diferente de Ana, Jud sabe o que quer e não é nada inocente, cede ao seu CEO bonitão, Eric Zimmerman - o Iceman- mas deixa claro suas condições, ainda que se deixe levar muitas vezes pelo desejo. O desejo nesses livros sempre fala mais alto do que a própria sanidade. Ainda assim, Jud chega a mandar o bonitão para lugares bem feios quando se desentendem e isso o desafia e deixa ainda mais sem noção, ninguém até então o desafiou tanto!


                        (Capítulo 28 - Livro Peça-me o que quiser. O jeitinho doce de Jud <3)

A Srta. Flores está mais próxima do que as mulheres de verdade são, ela é independente, não abaixa a cabeça, xinga, chora, sabe dizer não, tem dúvidas e faz o que quer. Jud tem 25 anos e Ana 21, além da diferença de idade e personalidade, elas são diferentes também em suas experiências. Ana é virgem e insegura, enquanto Jud não é virgem e sua insegurança não interfere em suas ações. Em razão das experiências e personalidades, acredito que não seria possível introduzir no "Peça-me" uma mocinha como Ana e vice versa.

Cinquenta tons aborda o sadomasoquismo água com açúcar e peça-me aborda Swing e troca de casais, logo, pro segundo tema seria improvável que uma mocinha sem experiência topasse entrar nesse mundo, não que seja impossível, levando em consideração a verdade proposta em cinquenta tons que para muitos também está bem fora da realidade.

Apesar do Peça-me ser chocante num primeiro momento, Megan Maxwell consegue quebrar tabus com seu enredo e te faz entender que na realidade o que um casal faz em quatro paredes só interessa a eles. Ponto pra ela! Enquanto em Cinquenta Tons tive dificuldade de absorver algo "bom" e ainda fiquei com a sensação que a relação de Ana e Cristian era extremamente abusiva.


Costumo levantar a bandeira da desconstrução, acredito que apesar de levarmos um pouco de nós para tudo que lemos, temos também que encarar a verdade de cada história. A relação de Ana e Cristian é sim abusiva, mas se pudesse citar um ponto positivo do enredo, citaria a abnegação de Ana e a fé no amor, o que a motivou a ficar e buscar cura para as feridas de Gray, que segundo ele "era fodido em Cinquenta Tons de Cinza". Em contrapartida, essa abnegação indica que uma mulher é capaz de mudar um cara. Por isso a ideia se torna abusiva, tendo em vista que hoje muitas mulheres se mantêm em relações abusivas por acreditarem nessa "verdade".

Alguns autores têm dificuldade de fazer o leitor acreditar no que as páginas relatam, enquanto outros têm facilidade e te fazem comprar a verdade descrita, pontuo isso respectivamente à Cinquenta Tons e ao Peça-me.

Entretanto, gostar ou não de algo só depende de nós. Então se jogue nos diferentes temas literários e aproveite a leitura!

                                       Pra não esquecer: nunca julgue um livro pelo filme.

Bjs e boa leitura :*

No Escuro - Elizabeth Haynes

15 de abril de 2016


Autor: Elizabeth Haynes
Páginas: 333
Ano: 2013
Editora: Intrínseca
Adicione: Skoob

Sinopse: Catherine aproveitou a vida de solteira por tempo suficiente para reconhecer um excelente partido quando o encontra: lindo, carismático, espontâneo... Lee parece bom demais para ser verdade. Suas amigas concordam plenamente e, uma por uma, todas se deixam conquistar por ele.
Com o tempo, porém, o homem louro de olhos azuis, que parece o sonho de qualquer mulher, revela-se extremamente controlador e faz com que Catherine se sinta isolada. Amedrontada pelo jeito cada vez mais estranho de Lee, Catherine tenta terminar o relacionamento, mas, ao pedir ajuda aos amigos, descobre que ninguém acredita nela. Sentindo-se no escuro, ela planeja meticulosamente como escapar dele.
Quatro anos mais tarde, Lee está na prisão e Catherine, agora Cathy, tenta reconstruir a vida em outra cidade. Apesar de seu corpo estar curado, ela tornou-se uma pessoa bastante diferente. Obsessivo-compulsiva, vive com medo e insegura. Seu novo vizinho, Stuart Richardson, a incentiva a enfrentar seus temores. Com sua ajuda, Cathy começar a acreditar que ainda exista a chance de uma vida normal. Até que um telefonema inesperado muda tudo.
Ousado e poderoso, convincente ao extremo em seu retrato da obsessão, No escuro é um thriller arrebatador.

Não Conte para a Mamãe - Toni Maguire

13 de abril de 2016

Autor:Toni Maguire
Páginas: 308
Ano: 2012
Editora: Bertrand Brasil
Adicione: Skoob


Sinopse: Quando aconteceu pela primeira vez, a pequena e inocente Antoinette tinha apenas seis anos. Apesar da tenra idade, tudo ficou gravado em sua memória, o tempo nada dissipou: os detalhes, os sentimentos, a dor. Foi a primeira de muitas, incontáveis vezes.Não conte para a mamãe, de Toni Maguire, desvela a comovente história de uma infância idílica que mascarava uma terrível verdade. Escondidos sob as boas maneiras da mãe inglesa e o charme do pai irlandês havia segredos horripilantes, que quase destruíram sua filha única.
Antoinette foi constantemente violentada pelo próprio pai, que lhe pedia que não contasse nada para a mãe. Tinha de permanecer “o nosso segredo”. E mais, a advertia de que se mantivesse calada, pois a culpariam e deixariam de amá-la. Mas Antoinette conseguiu reunir forças e decidiu desobedecê-lo. E, quando o fez, a mãe, a pessoa a quem mais amava e em quem mais confiava, foi taxativa: “Nunca, nunca mais fale disso de novo, está bem?” A negligencia no momento de maior desespero da filha foi a porta de entrada para uma infância de horror, em que, além dos abusos, havia o descaso, o sadismo, a violência física e o assédio moral. Tudo isso dentro de casa, provido pelos próprios pais.
Sem ninguém a quem recorrer, morando com eles no interior da Irlanda, os abusos continuaram. Aos catorze anos, Antoinette engravidou e foi obrigada a fazer aborto de uma gravidez avançada, o que quase a matou. Com isso, a verdade sobre sua infância já não pôde mais ser mantida em segredo, mas, como o pai previra, ela se viu julgada e rejeitada pela própria família, por seus professores e amigos. Passaram a tratá-la com raiva, como se fosse culpada.
Toni Maguire – a Antoinette adulta, que abandonou o nome de batismo como quem desejava apagar o passado – entremeia neste livro momentos do presente, quando acompanha a mãe em seu leito de morte num asilo e o que mais deseja é ouvir dela o pedido de perdão, com momentos do passado, ao dar a voz “a criança que um dia foi.
Não conte para a mamãe, de Toni Maguire, é um livro de cortar o coração, porque é a história de uma infância de terror narrada em primeira pessoa, e a viagem emocional aos primeiros anos de uma mulher com marcas indeléveis no corpo e na alma. 

Divulgação: Algo de Infinito, de Vivian Lopes.

12 de abril de 2016

Hoje eu queria falar sobre o novo livro da escritora Vivian Lopes. Algo de Infinito tem uma história totalmente diferente do seu primeiro livro, Bem-Vindo a Napoli e estou bem curiosa. Vou deixar a sinopse aqui para quem se interessar. E tem outra novidade... O livro está gratuito na Amazon até o dia 15! Então corre para aproveitar.


"O tempo passou e a vida seguiu em frente. Eu poderia dizer isso e estaria dizendo, ao mesmo tempo, uma verdade e uma mentira.
A vida sempre segue em frente, é o caminho natural das coisas. A Terra continua a girar. Mas se você parasse para analisar a minha família, por mais que todos nós tentássemos disfarçar, nenhum de nós havia exatamente ‘seguido em frente’. Meus pais haviam perdido uma filha, eu e os meus irmãos havíamos perdido uma irmã. Como se segue em frente depois disso? "
Compre: Amazon (E-book)








Sobre: "Paulistana, 25 anos, cursando o último ano de letras na Universidade de São Paulo. Apaixonada por cinema, literatura, música e futebol. Sonha em ser técnica do Barcelona, mas na verdade é uma contadora de histórias."

Autora do livro: Bem-Vindo a Napoli e Algo de Infinito

Redes Sociais:
Twitter: https://twitter.com/pvivianlopes
Facebook: www.facebook.com.br/bemvindoanapoli
Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/447745ED507306








"Quando o caminho de uma jovem brasileira recém-chegada a Nápoles se cruza com o de um zagueiro italiano, sua trajetória passa a ser embalada por uma torcida completamente apaixonada e apaixonante.
O entusiasmo napolitano se unirá ao carisma brasileiro nessa cidade maravilhosamente caótica, provando que no futebol e na vida tudo é possível."

Compre: Amazon (E-book)










Espero que tenham gostado e que aproveitem a promoção. Em breve terá resenha!

Lançamentos Petit Editora

UM NOVO DIA PARA AMAR
Psicografado por Célia Xavier de Camargo
Espírito Paulo Hertz

SINOPSE: Valéria é diretora de uma escola e adora trabalhar com crianças. Porém, ela começa a se deparar com situações as mais estranhas possíveis: alguns alunos, de repente, começam a falar sobre assuntos incomuns, como se tivessem vivido em outras épocas e conhecido pessoas do passado. Outros têm reações agressivas e provocam conflitos entre os colegas. É nesse pano de fundo que Paulo Hertz, o autor espiritual deste romance, relata de forma simples as mudanças comportamentais das crianças e mostra por que apenas conhecimentos pedagógicos e psicológicos nos dias de hoje não são suficientes para ajudá-las. O autor espiritual, Paulo Hertz, nos traz uma abordagem diferente sobre a questão educacional atual. Tema de suma importância nos dias de hoje, Um novo dia para amar, psicografia de Célia Xavier de Camargo, trata sobre os comportamentos “diferentes” dos alunos, motivados, na realidade, por questões de envolvimento espiritual - cujo assunto até então a diretora da escola ignorava totalmente.  Esta é uma história indispensável àqueles que lidam com crianças e adolescentes e buscam conhecimento sobre a imortalidade da alma e a possibilidade de comunicação de encarnados e desencarnados.

CÉLIA XAVIER DE CAMARGO

Nascida em família espírita na cidade de Gália, Estado de São Paulo, formou- se em Direito e é
médium e oradora. Residiu por muitos anos na cidade de Marília (SP), onde participou ativamente do movimento espírita. Em 1965, casou- se com Joaquim Norberto de Camargo, com quem teve quatro filhos. Em julho de 1974, mudou- se com a família para Rolândia (PR), onde são colaboradores da Sociedade Espírita Maria de Nazaré e do Lar Infantil João Leão Pitta, creche fundada pelo casal. Iniciou seus trabalhos de psicografia em 1980, atividade à qual se dedica com assiduidade. Atualmente tem mais de 25 livros produzidos.


FAMÍLIA, SOMOS TODOS ESPÍRITOS
Manolo Quesada

SINOPSE: É comum ouvirmos a frase: “família não se escolhe; amigos, sim!”. Na contramão desse senso comum, Manolo Quesada nos mostra em Famíla, somos todos espíritos que entes familiares são fundamentais para nosso crescimento intelectual, espiritual e moral, e a eles devemos dedicar nossa atenção e respeito. Considerando que a família carnal é filtro para o encontro de uma maior e mais harmonizada – a espiritual –, o autor nos lembra de como é importante nos harmonizarmos agora, enquanto estamos juntos, encarnados. Existe, então, uma regra para solidificar os relacionamentos familiares?  Neste livro veremos que sim, e que a única maneira de trilhar esse caminho é pela lei do Amor, tão maravilhosamente ensinada por Jesus e que ultrapassou a barreira do tempo e das civilizações.Este livro nasceu da necessidade de mostrar maneiras simples e práticas de como viver bem em família. De acordo com Manolo Quesada, pequenas ações podem mudar o clima e o comportamento entre os familiares. Por meio de sugestões simples, o autor nos ajuda a solucionar problemas que, no calor de uma discussão, não conseguimos resolver. Ele sugere táticas para facilitar a compreensão e dá dicas práticas de como lidar com questões como namoro, casamento, relação entre pais e filhos, crianças prodígios, e até diante do sofrimento e da dor. Segundo o autor, os
filhos merecem atenção especial, pois vieram à família após passar por processo de grande preparação. Ele também alerta os pais sobre a mediunidade das crianças, para que possam entender que esse dom não é doença, e faz uma importante abordagem sobre o papel da dor em nossas existências corporais e na evolução do espírito. E, fundamentalmente, mostra-nos que comportamentos relacionados ao amor, conforme são descritos na Carta de Paulo aos Coríntios, como paciência, gentileza, humildade, respeito, altruísmo, honestidade, compromisso e perdão, leva-nos ao caminho da evolução espiritual. “Toda a mudança que queremos ver no mundo tem que, em
primeiro lugar, ser efetivada em nós mesmos”, explica.

MANOLO QUESADA

Espanhol nascido nas Ilhas Canárias, Manolo Quesada mudou-se para o Brasil em 1954. Iniciou seus estudos sobre a Doutrina Espírita na Seara Bendita, casa que o acolheu e onde ele encontrou equilíbrio e novos objetivos em sua vida. Em duas oportunidades, atuou como diretor nessa instituição, sendo uma na área de assistência e serviço social e outra na área de divulgação. Como palestrante espírita, atividade que exerce há mais de doze anos, Manolo Quesada destaca-se pela
jovialidade e alegria com que apresenta suas palestras. Casado com Marli, é pai de seis filhos e avô de quatro netas. Para conhecer melhor seu trabalho e também convidá-lo para eventos e palestras,

visite: manoloquesada.blogspot.com.br

http://www.petit.com.br/