🐺 Leitura Coletiva: Scarlet - Crônicas Lunares, 2 - Marissa Meyer 🐺

21 de setembro de 2020




Márcia:
Um livro para te tirar de qualquer ressaca ou bloqueio literário. Gostei muito dessa versão nada convencional da Chapeuzinho Vermelho, estou in love.

Primeiro, a mocinha não tem nada de medrosa, e outra, é super inteligente. Ela se chama Scarlet e tornou a vida de algumas pessoas muito difícil com sua perspicácia e determinação na busca por informações sobre o desaparecimento de sua avó (grand-mére). Nesse ínterim, vamos vendo também partes da busca da Cinder, que quer se esconder e ao mesmo tempo ajudar aqueles que estão sofrendo com a fúria da rainha Levana.

Segundo uma amiga, nesse livro já aparece a Cress, personagem do próximo livro. Eu já fiquei louca tentando me lembrar onde/qual parte que ela aparece. Oh loucura viu!!

O final foi de lascar, eu estou aqui escrevendo isso e com o kindle no colo carregando o terceiro livro da série.

Sabiam que o lobo é um puta gatíneo e que dei umas shippadas nele com a mocinha?🤣
Tenho jeito não. Hahaha.

Bjs💋


Raquel:
Começamos conhecendo um pouco sobre Scarlet, mas no decorrer do livro vemos muitas personagens do primeiro livro. Os capítulos vão se intercalando para que possamos entender como essas histórias vão se desenvolver. 

Acredito que algumas coisas no livro me surpreendeu e a cada novo capítulo, vemos que os caminhos vão se desenrolando de uma maneira diferente. O encontro me surpreendeu bastante e o final não era o que eu estava esperando ou imaginando.

Bora que a histórias continuam em Cress!!!


Denise:
Então, as meninas já falaram  da história né? além disso, temos resenha, que se você quiser ler, clica nas imagens abaixo:

     

Então, vou falar que a leitura desta série é inesperadamente maravilhosa! Sério, não sei porque demorei tanto para começar!

Uma escrita fluída e bem dinâmica, personagens bem construídos e uma história perfeita! Adorei esses dois livros que li até agora! Estou ansiosa para pegar o próximo livro, a Cress já apareceu aqui, e ao contrário da Marcinha, eu já sei que é. Não sei como ela não adivinhou....

Ah, e para ler nosso post anterior, basta clicar na imagem:



Esplendor da Honra - Julie Garwood

20 de setembro de 2020

Título: Esplendor da Honra
Autor: Julie Garwood
Páginas: 416
Ano: 2017
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Romance de Época
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:  
Sinopse: Na corte inglesa medieval, a amável lady Madelyne sofre com os caprichos de seu perverso irmão, o barão Louddon. Para se vingar de um crime revoltante, o barão Duncan ataca as terras de Louddon com seus guerreiros. Madelyne foi o prêmio que ele capturou, porém, ao contemplar a orgulhosa e bela dama, ele jura arriscar sua vida para protegê-la. Apesar de seu tosco castelo, Duncan demonstra ser um gentil cavalheiro. Mas quando, afinal, a nobre paixão domina a ambos, Madelyne se entrega com toda a alma. Agora, por amor, Madelyne enfrentará qualquer coisa, tão corajosamente quanto seu senhor, o poderoso e combativo Lobo.


Resenha:


Mais um livro de Romance de época! Preciso com urgência ler outros estilos....mas...né!
Vamos à resenha!

O Barão de Wexton, conhecido como O Lobo, cavalga até a fortaleza de seu inimigo, o Barão Louddon. Duncan quer vingança e vai atrás de Louddon e como parte de seu plano, se deixou ser capturado para que Louddon achasse que havia ganhado.  Mas seus homens estavam escondidos, prontos para o ataque e ele levaria a irmã de Louddon, olho por olho, sabe... Mas a bela e doce Madelyne apareceu...

"Lady Madelyne selara o próprio destino. Ela havia aquecido seus pés"

Madelyne é o oposto de seu irmão. Ela é forte, corajosa, decidida, doce e muito carinhosa, Madelyne consegue a atenção do tão temido Lorde de Wexton. Apesar de ser prisioneira, ela é tratada muito bem ela não gostou de ser levada contra a sua vontade, lutou bravamente para tentar evitar isso, mas sabia que seria em vão.

Madelyne aos poucos entende os motivos por trás de seu sequestro. Ela compreende o quão odioso seu irmão é, e se choca com os detalhes de sua maldade. Duncan conquista diariamente Madelyne, não ultrapassando seus limites, mas deixando claro até que ponto podem ir e o quanto será inesquecível quando chegarem até lá.


Amei esse livro pois aqui não tem nada enrolação, as coisas acontecem sem muito mimimi. Cheio de aventura e romance, esse livro é um prato cheio para as românticas de plantão. Com personagens totalmente cativantes, é fácil se perder na leitura e embarcar num mundo de faz de conta lindamente bem descrito.

Conforme vamos avançando na história, Madelyne e Duncan se conhecem mais a cada dia e o casal vai se apaixonando aos poucos. Madelyne não tem medo de falar o que pensa ao Duncan e ele por sua vez, se vê cada dia mais envolto nos encantos de Madelyne.

Entre várias intrigas, vingança, desejo, honra, lealdade e amor, embarcamos em uma linda história, impossível de largar !

" Vou beijá-la até que seu único desejo seja que em nome de Deus eu não esteja vestindo nada."

Mais um romance que eu recomendo! Nem percebemos as mais de 400 páginas!

Pecados No Inverno - As Quatro Estações do Amor, 3 - Lisa Kleypas

19 de setembro de 2020

Título: Pecados No Inverno - As Quatro Estações do Amor, 3
Autor: Lisa Kleypas
Páginas: 288
Ano: 2016
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:  
Sinopse: Agora é a vez de Evangeline Jenner, a Wallflower mais tímida que também será a mais rica quando receber sua herança. Mas primeiro ela tem que escapar das garras de seus ambiciosos parentes, Evie recorre a Sebastian, visconde de St Vincent, um conhecido mulherengo, com uma proposta incrível: que se case com ela!
A fama de Sebastian é tão perigosa que trinta segundos a sós com ele arruínam o bom nome de qualquer donzela. Mesmo assim, esta cativante jovenzinha se apresenta em sua casa, sem acompanhante, para lhe oferecer sua mão.
Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite da lua-de-mel, o casal não voltará a ter relações íntimas. Evie não deseja torna-se apenas mais uma que Sebastian descarta sem piedade, o que significa que Sebastian simplesmente tem que trabalhar mais duro na sua sedução... ou, talvez entregar seu coração pela primeira vez em nome do verdadeiro amor.


Para ler as resenhas dos dois livros anteriores, clica nas imagens abaixo:


Resenha: 

Terceiro livro da série As Quatro Estações do Amor, em Pecados no Inverno, teremos o casal Eveline e Sebastian. Quem já leu os livros anteriores deve estar se perguntando (como claro, eu me perguntei) como a doce, gaga e tímida Evie foi se envolver com ninguém menos que Sebastian St. Vicent? Que fez a maldade que fez com a Lillian no livro anterior? Eu passei a detestar ele depois disso!

Várias reviravoltas no livro de Lillian não é mesmo? Acredito que você, também odiou Sebastian com todas as suas forças, e ele mereceu. Mas nesse livro conhecemos a fundo o devasso e aos poucos vamos nos apaixonando por ele.

 Evie vive sob constante pressão pela família dela, se é que podemos chamar de família, ela é maltratada de diversas formas. É possível saber dos detalhes de tudo que fazem com ela, e olha que menina forte! Um dos motivos da gagueira de Evie fica bem claro.

Evie decide então tomar as rédeas de sua vida e vai atrás de Sebastian, um homem que está louco por alguém que o tire da lama. Ela toma medidas drásticas procurando-o, já sabendo de toda a sua devassidão, mas não se importa,  só quer se livrar do controle da família, e dos maus tratos constantes!

Sebastian é um vilão no livro anterior, mas aqui ele é nada mais nada menos que um herói.


" Não admirava que tantas mulheres tivessem sucumbido a este homem, jogado fora sua reputação e honra por ele. Sebastian era a personificação da sensualidade."

Evie apesar de não mostrar muito sua personalidade nos livros anteriores, é muito geniosa, forte e decidida. Ela deixa Sebastian em suas mãos e ele sequer percebe. Algo que me encantou muito foi a mudança drástica de Sebastian. De libertino sem escrúpulos, ele se torna um homem responsável e carinhoso. Sempre zelando por sua esposa. As parte eróticas foram mais evidentes nesse livro. Não podíamos esperar menos de Sebastian não é mesmo?

Após a morte do pai de Evie, as coisas começam a ficar mais quentes, um ex funcionário nutre um ódio imenso por Evie. Sebastian não pode deixar de proteger sua esposa e faz coisas que jamais imaginaríamos para que ela esteja feliz e segura.

Apesar de relutante no incio da leitura, por causa do Sebastian, claro, me encantei de diversas maneiras por esse livro. Que vai a fundo no tema violência doméstica. Evie aos poucos vai desabrochando, a química entre o casal é inegável.

" Não ligo a mínima se alguém nos vir. Você é minha esposa. - Ele sorriu. - Com certeza minha melhor metade."

Um livro muito doce e romântico, onde percebemos que o amor é capaz de curar feridas profundas. E tornar o mais libertinos dos homens em alguém responsável e apaixonado. Além de conter sempre uma dosezinha de ação e suspense, como nos anteriores, um sequestro, um incêndio....

Não deixe de ler!

Quotes & Citações: Sol da Meia-Noite - Crepúsculo, 5 - Stephenie Meyer

18 de setembro de 2020

 

Eu li o esperado livro da série Crepúsculo, contando a famosa historia do primeiro livro pelo ponto de vista do leitor de mentes e vampiro para sempre adolescente Edward cullen, e essa experiência foi compartilhada com amigas em duas leituras coletivas, uma com o Tracinhas EPL, que vocês poderão ler em breve aqui.

Nós já temos resenha do livro, caso queiram ler nossas impressões dessas leituras basta clicar na imagem abaixo:

                                                                   


Como sempre eu estarei trazendo algumas citações escolhidas durante a leitura e minha reação básica a elas...

Se preparem hahaha

“Bella Swan passou pela corrente de ar quente que saia da ventilação. Seu cheiro me atingiu como um aríete, como uma granada. Não havia imagem violenta o suficiente para descrever a força do que senti naquele momento.”

Um relacionamento que começa com o mais puro ódio e aversão, o que poderia dar errado não? Nada como uma morte iminente...

“Continuei encarando-a nos olhos, sentindo que finalmente tive meu primeiro vislumbre verdadeiro de sua alma... ela era altruísta. Ao perceber isso, o mistério da pessoa escondida dentro daquela mente silenciosa começou a clarear um pouco.”

Os detalhes que conectam as pessoas umas as outras sempre são interessantes.

“Ensino médio. Não mais um purgatório, e sim um verdadeiro inferno. Suplício e fogo... sim, eu tinha o pacote completo.”

Sinceramente! Um pouco dramático não? Vindo de alguém que tem poderes e muitas vantagens na vida, o ensino médio não pode ser comparado a o inferno... deve ser horrível ser um adolescente dramático por toda uma existência secular. hahahaha

“... percebi como seria fácil me apaixonar por Bella. Seria como cair, não era preciso esforço. Não me permitir amar Bella seria o oposto...”

Como se fosse possível controlar por quem nos apaixonamos... tão limitado emocionalmente este vampiro...

“E pensar que eu tinha chegado a esse ponto! Estava totalmente obcecado pelos dramas insignificantes de adolescente que eu tanto desprezava...”

E me perguntam porque eu desprezo esse personagem.... aqui tem um exemplo de cretinice, esnobismo...

“No que você está pensando agora?”

Ai está o verdadeiro motivo dele gostar da Bella, ele precisa se esforçar finalmente por algo na vida! Isso ai Bella, não deixe fácil.

“Eu era o vilão, o pesadelo. Como ela poderia me ver de outra forma? Se ela soubesse a verdade a meu respeito, sentiria medo e repulsa...”

Vontade de dar um espelho para ele...

“Poderia um coração congelado e morto se partir? Parecia que o meu sim.”

Até meu suposto coração gelado se enterneceu um pouco.

“Estava sonhando comigo. Poderia um coração congelado e morto voltar a bater? Parecia que o meu estava prestes a fazê-lo...”

Se não fosse horrível ele está invadindo o espaço pessoal dela sem o consentimento e um momento que ela estava vulnerável, eu até poderia gostar um pouco mais disso...

“Minha vida era uma meia-noite constante e interminável. por necessidade, sempre seria meia-noite para mim. Então como era possível que o sol estivesse raiando em meio a minha meia-noite?”

Os mistérios da vida...

“Quando uma mudança acontecia para um de nós, tratava-se de uma coisa perene e rara. Vi acontecer com Carlisle, e uma década depois com Rosalie. O amor os transformara de maneira eterna, de forma que nunca desvaneceria.”

Isso acontece com humanos também, caro ser esnobe vampiresco!

“Observei seu rosto inconsciente, sentindo meu amor por ela se instalar em cada parte do meu corpo pétreo... Comecei a fazer planos. Eu a amava.”

Tudo errado sobre as ações que levaram a esse momento... será que realmente a autora não viu que isso é perturbador? Fica o questionamento.

“... Por um segundo eu vi Perséfone com a romã na mão, condenando-se ao submundo. Aquele seria eu? O próprio Hades cobiçando a primavera, roubando-a, condenando-a a noite sem fim... Cada palavra que dizíamos, cada uma delas era mais uma semente de romã...”

Gosto quando os elementos da capa aparecem no livro. E sobre a metáfora em si, extremamente inteligente... mas Edward precisa comer muito feijão com arroz para chegar aos pés do rei do submundo...

“Eu poderia rir durante um século da ideia de me cansar dela. Ou chorar por um milênio.”

As maravilhas dos sentimentos contraditórios...

“- Eu amo você mais do que qualquer coisa no mundo. Isso não basta?
- Sim, basta – garanti. – basta para sempre.”

O amor sempre vai bastar não é mesmo...

"E foi assim que o leão se apaixonou pelo cordeiro..."

Até a próxima.

Era Uma Vez No Outono - As quatro estações do Amor, 2 - Lisa Kleypas

17 de setembro de 2020

Título: Era Uma Vez No Outono - As quatro estações do Amor, 2
Autor: Lisa Kleypas
Páginas: 288
Ano: 2016
Editora: Arqueiro
Gênero: Ficção, Literatura Estrangeira, Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:  
Sinopse: A jovem e obstinada Lillian Bowman sai dos Estados Unidos em busca de um marido da aristocracia londrina. Contudo nenhum homem parece capaz de fazê-la perder a cabeça. Exceto, talvez, Marcus Marsden, o arrogante lorde Westcliff, que ela despreza mais do que a qualquer outra pessoa.

Marcus é o típico britânico reservado e controlado. Mas algo na audaciosa Lillian faz com que ele saia de si. Os dois simplesmente não conseguem parar de brigar.

Então, numa tarde de outono, um encontro inesperado faz Lillian perceber que, sob a fachada de austeridade, há o homem apaixonado com que sempre sonhou. Mas será que um conde vai desafiar as convenções sociais a ponto de propor casamento a uma moça tão inapropriada?


Resenha:

Segundo livro da série  As Quatro Estações do Amor, Era uma vez no Outono, conseguiu superar o primeiro, não que o primeiro livro seja ruim, eu o adorei. Mas esse é diferente, é incrível como a autora conseguiu elevar mais as expectativas e também construiu uma história belíssima!

Para ler a resenha do primeiro livro, clique na imagem:

                                                                 

O plano para casar todas as amigas ainda continua firme e forte, e agora é a vez de Lillian! Que tem uma língua afiadíssima e de longe se parece com as moças recatadas e doces que os cavalheiros ingleses estão acostumados,ela odeia e acha totalmente desnecessário toda a pompa dos ingleses. Ela ignora a maioria das regras de etiqueta e não pensa duas vezes antes de falar. Enquanto Annabelle - protagonista do livro anterior e agora casada - era um doce, Lillian está bem longe de se parecer com a amiga.

Lillian tem um dom especial, consegue distinguir cheiros que poucas pessoas sabem existir. Enquanto ela e sua irmã estão comprando alguns itens com um boticário, Lillian compra um perfume especial.

"- Algumas pessoas acreditam que os perfumes são mágicos. O cheiro de qualquer coisa é sua essência mais pura. E certas fragrâncias podem despertar fantasmas de amores passados, as mais doces lembranças."


A família Bowman é convidada para Stony Cross Park, para alguns eventos da família de lorde Westcliff.

Lillian não suporta o conde, pois o acha incrivelmente arrogante, controlador e sarcástico. E ele é nada mais nada menos que o solteiro mais cobiçado de Londres. Aliás, como tem solteiro mais cobiçado de Londres né? Esse mocinhos dos livros de época sempre são.... Westcliff também não suporta a intransigente filha mais velha de Bowman, mas terá de aguentá-la nas próximas semanas, afinal só convidou a família para que possa tratar de negócios.

Marcus é um homem muito culto, bonito e educado. O perfeito aristocrata!

Macus tenta manter distância pois percebe o quanto Lillian o encanta. É impressionante a mudança dele nesse livro, pois no primeiro ele é meio chato e bastante arrogante.

Esse livro também é mais sensual que o primeiro, nada demais, mas as interações do casal são mais explosivas.

"Nesta vida e na próxima, você é minha única esperança de felicidade."

Lillian tenta não se sentir atraída por Marcus e acaba aceitando as investidas de St. Vicent . Não é novidade para ninguém que ele está à beira da falência e precisa de uma esposa rica. Sebastian decide que essa mulher será Lilian. Ele cheira a encrenca e por vezes fiquei irritada com ele e com a burrice de Lilian por não perceber o que de fato ele queria. Apesar de ele sempre se mostrar um cavalheiro com ela. Cavalheiro até demais!

A mãe de Marcus é uma mulher insuportável e acaba "amadrinhando" as irmãs Bowman, que de jeito nenhum abaixam a cabeça para víbora.

Apesar de tentar de várias formas esquecer Lillian, Marcus percebe que é em vão. Ele acaba confrontando St. Vicent, avisando que Lilian não está mais disponível e promete para a mulher por quem está apaixonado que irão se casar.

Mas a mãe dele tem outros planos e de maneira alguma deixará que o nome de sua família seja jogado na lama. Ela não aceita Lillian e a partir daí as coisas começam a esquentar.

"- Por que você precisa de mim - respondeu, prendendo a respiração quando ela se contorceu contra ele. - Como eu preciso de você. - Ele pressionou sua boca contra a de Lilian. - Eu preciso de você há anos."

Incrivelmente encantador! Estou adorando os livros! Não deixe de conferir essa história romântica e divertida!