TAG: Lendo Setembro Amarelo

Olá! Hoje venho falar sobre  um assunto muito importante e ainda visto como tabu e que vem sendo mais debatido entre as pessoas: suicídio e depressão.
Nesse mês temos o Setembro Amarelo, uma campanha de  conscientização sobre a prevenção do suicídio, com o objetivo direto de alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil, no mundo e suas formas de prevenção. Ocorre no mês de setembro, desde 2014, por meio de identificação de locais públicos e particulares com a cor amarela e ampla divulgação de informações.




Por isso, a Mia do Instagram Livro Favorito está organizando uma leitura conjunta de um livro sobre o assunto, e também podemos escolher nossa TBR (lista de leitura) sobre o tema, que envolve depressão, suicídio, bullying, violência contra a mulher  e qualquer gatilho que leve ao suicídio. Quem quiser participar do projeto #lendosetembroamarelo passe no Instagram da Mia que ela explica mais sobre o projeto.
Fiz um TOP 5 de livros que abordam tanto depressão e suicídio, quanto violência e bullying  que foram resenhados aqui no blog como dica e referência para vocês. Espero que gostem!

1. As vantagens de ser invisível  

Ao mesmo tempo engraçado e atordoante, As vantagens de ser invisível reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe - a não ser pelo que ele conta nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela.
As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir “infinito” ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário.
Confira a resenha completa aqui


2. A Redoma de Vidro

Dos subúrbios de Boston para uma prestigiosa universidade para moças. Do campus para um estágio em Nova York. O mundo parecia estar se abrindo para Esther Greenwood, entre o trabalho na redação de uma revista feminina e uma intensa vida social. No entanto, um verão aparentemente promissor é o gatilho da crise que levaria a jovem do glamour da Madison Avenue a uma clinica psiquiátrica.

 A Redoma de Vidro é um romance que dizem ser autobiográfico da autora Sylvia Plath que na vida real era depressiva e acaba cometendo suicídio. Confira a resenha dele aqui.


3. Os 13 Porquês.  

Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra um misterioso pacote com várias fitas cassetes. Ele ouve as gravações e se dá conta de que foram feitas por uma colega de classe que cometeu suicídio duas semanas antes. Nas fitas, ela explica que 13 motivos a levaram à decisão de se matar. Clay é um deles. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento. 

Nesse livro temos bullying e violência tanto psicológica quanto física. Resenha completa aqui .


 
4. Uma Longa Queda

Quatro personagens sem nada em comum, a não ser a vontade de botar um ponto-final em suas vidas, se encontram no alto de um prédio em Londres, na noite de Ano-Novo. Tomados pelo impulso solidário de não permitir que os outros se atirem, os dois homens e as duas mulheres acabam adiando a decisão de morrer e formam um peculiar grupo de apoio à vida.

Um livro pouco conhecido, mas que trata do suicídio do ponto de vista de quatro pessoas com idades e vidas completamente diferentes e que ao se encontrarem encontram uma forma de prolongarem mais um pouco, ou não, suas vidas. Resenha completa aqui



5. Extraordinário

 August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.R. J. Palacio criou uma história edificante, repleta de amor e esperança, em que um grupo de pessoas luta para espalhar compaixão, aceitação e gentileza. Se quiser ler mais sobre ele, tem resenha aqui .


Gostaram das indicações? Já leram algum desses? Se quiserem me recomendar algum, aceito sugestões. 
Boas leituras e até a próxima! 

12 comentários

  1. Oi Karla, a leitura e o debate dos livros com esses temas são muito importantes, temos que falar e buscar meios de entender e ajudar :) Dos livros que estão na lista, li o primeiro As vantagens de ser invisível e achei a forma que o autor usou pra apresentar a história e os personagens, bela e sensível, e super indico tanto a ler do livro, quanto ver o filme. Sobre os outros livros, ainda não tive oportunidade de ler mas já vi algumas resenhas a respeito e espero poder ler alguns deles no futuro ;)

    ResponderExcluir
  2. Karla!
    Importante essa campanha feita no mês de setembro, são assuntos sérioes e devem mesmo estar em evidência como alerta.
    Não tive oportunidade de ler nenhum desses livros, mas anotei alguns aqui para poder pesquisar mais e quem sabe ler.
    Obrigada pelas indicações.
    Desejo um mês repleto de realizações e um final de semana de alegrias.
    “A sabedoria é um adorno na prosperidade e um refúgio na adversidade.” (Aristóteles)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bom?
    Achei o projeto super legal, realmente é necessário todos termos essa consciência de que simples atos podem fazer a pessoa querer tirar a sua vida, eu já li As vantagens de ser invisível, Os 13 porquês e Extraordinário, todos são livros incríveis que valem muito a pena ser lidos, também os recomendo a todos que não lerem.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  4. Hey,

    Desses li apenas As vantagens de ser invisível e também vi o filme e é muito emocionante me deixou com um nó na garganta igual Os 13 porquês que infelizmente só assistir a série ainda não tive a oportunidade de ler, aproveitei e coloquei Um longa queda na minha lista de leitura achei mega interessante a premissa. Amei o projeto, acho que é um tema não muito pesado e que não dão a devida importância.

    ResponderExcluir
  5. Com certeza vou participar dessa leitura conjunta, adorei as indicações, mas vou ler Garotas de Vidro, é um livro que estou enrolando a um tempão para ler e finalmente vou ter um empurrãozinho.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Adorei esta campanha e muito bom sempre abordar esse temas tão cheios de tabu em nossa sociedade ainda.
    E com certeza vou participar e ler as indicações; apesar que a maioria já li, mas é sempre bom reler essas obras ♥
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Uma otima campanha! Gosto bastante de ler livros com essa temática, tenho vários, mas desses que foi citado so li Os 13 Porquês (me desidratei de chorar)!

    ResponderExcluir
  8. Que campanha forte! Apesar de ser um tema triste, mas é necessário. Evito histórias assim, pois me deixa muito abalada, porém são histórias interessantes que a maioria deveria ler.

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Essa captam é muito forte e ao mesmo tempo maravilhosa, e como um aviso, uma ajudar para aquelas pessoas que tende a ter isso. Alguns livros também tem essa infinidade de mostra sobre esse temas, eu tenho desejo enorme de ler os 13 porquês, já li tantas resenhas e sempre me encantaram.

    ResponderExcluir
  10. Oi Karla!

    Adoro livros que abordem esse tema, sempre aprendo muito com eles. Já li Os 13 Porquês e Extraordinário, amo os dois! Quero muio ler As vantagens de ser invisível e A redoma de vidro. Eu não conhecia Uma longa queda, me interessei muito.
    Bjus

    ResponderExcluir
  11. Li Os 13 Porquês e foi algo assustador. Depressão e suicídio, violência e bullying, tudo isso tem lá.

    Já li:
    - As Virgens Suicidas – Jeffrey Eugenides
    - Uma História Meio Que Engraçada – Ned Vizzini
    - Quem é você, Alasca? – John Green
    - O Último Adeus – Cynthia Hand

    ResponderExcluir
  12. Oi Karla!
    Parabéns pela iniciativa de falar sobre esse assunto tão importante!
    Tenho vontade de ler A Redoma de Vidro mas já ouvi dizer que é um livro bastante angustiante. Vi que tem resenha dele aqui, vou lá conferir!
    Beijos!

    https://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir