Resenha: E Viveram Felizes Para Sempre (Os Bridgertons, 9) - Julia Quinn

Autor: Julia Quinn
Páginas: 256
Ano: 2016
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon, Americanas
Nota:    
Sinopse: Alguns finais são apenas o começo...
Era uma vez uma família criada por uma autora de romances históricos...
Mas não era uma família comum. Oito irmãos e irmãs, seus maridos e esposas, filhos e filhas, sobrinhas e sobrinhos, além de uma irresistível matriarca. Esses são os Bridgertons: mais que uma família, uma força da natureza.
Ao longo de oito romances que foram sucesso de vendas, os leitores riram, choraram e se apaixonaram. Só que eles queriam mais. Então começaram a questionar a autora: O que aconteceu depois? Simon leu as cartas deixadas pelo pai? Francesca e Michael tiveram filhos? O que foi feito dos terríveis enteados de Eloise? Hyacinth finalmente encontrou os diamantes?
A última página de um livro realmente tem que ser o fim da história? Julia Quinn acha que não e, em E viveram felizes para sempre, oferece oito epílogos extras, todos sensuais, engraçados e reconfortantes, e responde aos anseios dos leitores trazendo, ainda, um drama inesperado, um final feliz para um personagem muito merecedor e um delicioso conto no qual ficamos conhecendo melhor ninguém menos que a sábia e espirituosa matriarca Violet Bridgerton.
Veja como tudo começou e descubra o que veio depois do fim desta série que encantou leitores no mundo inteiro.

Resenha: Antes de qualquer coisa já preciso avisar que como este é o último livro e é de contos, não tem como falar da história sem spoiler, então eu resolvi  colocar aqui a pequena introdução que a autora deu e uma breve opinião minha, sem contar nada que estrague a sua leitura!

Caso queira ler as resenhas anteriores, clica aqui.

Então vamos lá...O livro trás nove contos, um para cada filho de Violet e um para ela própria! Confesso que esse último meio que me preocupou, achei que não ia gostar do final dela, mas gente...amei!!!!! A droga é que  eu não posso contar pra vocês!

O que eu vou fazer é colocar um breve resumo do início e dar a minha humilde opinião.
O Duque e Eu: No meio de O duque e eu, Simon se recusa a aceitar um pacote de cartas escrita para ele por seu falecido pai, Daphne as guarda, mas até fim do livro, as cartas não são abertas...
E aqui a autora trás um desfecho para esse caso, sem contar em uma surpresa inesperada e muito interessante!!!!
O Visconde que me amava: Sem dúvida, a cena preferida dos leitores de O Visconde que me amava (e talvez de todos os meus livros) é quando os Bridgertons se reúnem para jogar Pall Mall...
Esse foi sem dúvida o conto mais divertido de todos! Gente, só lendo, se eu falar, vai estragar a leitura de vocês! Só posso dizer que me diverti horrores vendo toda aquela competição e aqueles diálogos!!!!
Um Perfeito Cavalheiro: é minha homenagem a Cinderela, mas logo ficou claro que na história original havia um excesso de meias-irmãs perversas. Na minha versão, enquanto Rosamund era maliciosa e cruel, Posy tinha um coração de ouro...
E neste conto é justamente o final feliz de Posy que conhecemos, e que fofo gente, e claro que os protagonistas aparecem, animados e cheios de atitude como sempre! E o desfecho da Posy.....que amor!!!
Os Segredos de Colin Bridgerton: Dizer que um grande segredo foi revelado em Os Segredos de Colin Bridgerton seria pouco. Mas Eloise - Um dos mais importantes personagens secundários desse livro - deixou a cidade antes que toda a cidade descobrisse o tal segredo...
Pois é, como contar a uma amiga que você escondeu um grande segredo dela por mais de dez anos? (Não, não vou contar qual é o segredo) ainda mais sabendo que a própria amiga também tinha um segredo enorme? Esse é o final feliz deste conto, recheado de humor e sacanagens de uma das Bridgertons!
Para Sir Phillip, com amor: Não me lembro de ter escrito outra ocasião sobre crianças tão intrometidas quanto Amanda e Oliver Crane, os solitários filhos gêmeos de Sir Phillip....
Então aqui vamos conhecer melhor Amanda e como se tornou o relacionamento dela e de Eloise, sua madrasta, com o passar dos anos, além disso, Amanda tem que casar e sua "Mãe" está lá para ver tudo isso!
O Conde Enfeitiçado: Confesso que, quando escrevi as últimas palavras de O Conde Enfeitiçado, nem sequer me ocorreu pensar que  Francesca e Michael teriam filhos....
E é aí que vamos saber se o casal teve o tão sonhado bebê e porque só ela entre os irmãos não tinha conseguido engravidar, será que ela se conforma com o seu final????
Um Beijo Inesquecível: Se eu fosse destacar o final de um dos meus livros, sobre o qual os leitores resmungaram muito, seria Um Beijo Inesquecível...
Não pude resumir mais o comentário da autora, porque ia contar o final, mas para quem leu, vai dar para entender e para que não leu...bom, leia! hehe...mas o fato é que o livro termina com a filha de Hyacinth encontrando uma coisa que sua mãe procurou muito e por muito tempo, mas não sabemos o que aconteceu a seguir, bom, aqui saberemos! E que final fofo gente!!!
A Caminho do Altar: Ao escrever os segundos epílogos, tentei responder às perguntas persistentes dos leitores. No caso de A Caminho do Altar, a pergunta que mais ouvia depois da publicação era: Que nomes Gregory e Lucy deram a todos aqueles bebês?
Esse foi o conto mais triste na minha opinião, pois a autora nos dá um baita susto! Que bom que não passou de um susto e que todos os bebês nos são apresentados, achei a escolha dos nomes meio nada a ver, mas depois, pensando bem, até que fez sentido....
O Florecer de Violet: Romances românticos por definição, se resolvem perfeitamente. O herói e a heroína juram o seu amor e fica claro que esse amor vai durar para sempre...
...foi isso que tornou Violet Bidgerton tão especial. Quando ela apareceu pela primeira vez em O Duque e Eu, era uma mãe padrão, mas ao longo dos oito livros, tornou-se muito mais. A cada romance, algo novo era revelado e quando terminei A Caminho do Altar, ela havia se tornado meu personagem preferido da série...
Vou falar pouco aqui pra não estragar, só posso dizer que o final de Violet foi perfeito, lindo e até inesperado por mim....

Então gente, eu tentei muito não revelar nada para quem não leu ainda e ao mesmo tempo revelar alguma coisa para quem leu entender do que se trata esse livro, eu, de verdade, adorei!!!!

A autora soube conduzir cada final de maneira única e linda e respondeu todas as perguntas! Deu para matar a saudade dessa família única e deu vontade de reler tudo, coisa que eu pretendo fazer logo!

Eu comprei o ebook, no dia do lançamento, li nele e não encontrei erro nenhum, a leitura é leve e divertida como sempre e agora posso dizer finalmente que terminei a série mais gostosa que eu já li na vida!

Se você está curioso, leia logo! Vale a pena! Se nunca leu um romance de época, leia também, esse foi a minha estréia no estilo e eu amei!

Enfim, ahhhh se recomendo meus amigos....

bjs **

Nenhum comentário

Postar um comentário