Luz, Câmera, Ação!!! His Dark Materials

1 de fevereiro de 2020

Diretor: Jack Thorne
Ano Início: 2019
Temporadas: 02
Gênero: Drama, Fantasia 
Elenco: Dafne Keen, James McAvoy, Ruth Wilson, Anne-Marie Duff, Ariyon Bakare, James Cosmo, Ruta Gedmintas, Lin-Manuel Miranda. 
Nota:   
Sinopse:
Lyra é uma menina órfã que foge da universidade na qual mora para procurar um amigo desaparecido. Em sua jornada ela recebe ajuda de diversos personagens inusitados como romenos, ursos de armaduras e pilotos de balão enquanto desvenda um estranho complô para sequestrar crianças. Seu caminho vem a se cruzar com Will, um menino que descobre uma forma de viajar entre mundos.


Resenha:


“Querido filho
A sua alma nunca deixa você
Querido filho
Deus nunca deixa você
Querido filho
Você é filho de Deus
Querido filho
A sua alma nunca deixa você
Meu filho
Você é filho de Deus...”


A série His Dark Materials, da HBO é o lançamento da emissora para ocupar o espaço vago dos fãs após o encerramento de Game Of Thrones.

Baseada nos romances do autor britânico Phillip Pullman a trilogia As Fronteiras Do Universo, que possui os livros: A Bússola de Ouro, A Faca Sutil e A Luneta Âmbar. - Publicados no Brasil pela SUMA - O autor ainda possui dois romances no mesmo universo onde temos outros personagens da trilogia inicial como protagonistas (Lee Scoresby), e uma nova trilogia sendo lançada, onde temos novamente a protagonista Lyra Belacqua.

A trilogia inicial toda já foi lida e resenhada aqui para o blog, caso desejem ler e conhecer um pouco mais dessa fantasia que se tornou um clássico, e possui um quarto livro lançado também, que no caso séria um livro  prequel (uma historia que se passa antes da trilogia inicial) basta clicar nas imagens abaixo.

   

A primeira temporada da série tem oito episódios e adaptam com algumas alterações o primeiro livro da trilogia.

No universo criado por Pullman temos um mundo paralelo, muito parecido com o nosso, com uma pequena, porém, grandiosa diferença. Existem Daemons, uma representação física da alma de cada pessoa. Cada individuo nasce com o seu Daemon, que o acompanha por toda a vida, durante a infância, o Daemon está em constante mutação, podendo adquirir a forma de qualquer animal, quando a criança atinge a puberdade, ele então se fixa em um animal que é uma representação da personalidade deles. O vinculo entre eles é tão forte que um sente a dor do outro e quando um se machuca o mesmo acontece.



Na trama da série acompanhamos a jovem órfã Lyra (Dafne Keen) de apenas onze anos, que cresceu na universidade de Oxford, criada sobre a proteção dos catedráticos a pedido de seu tio, Lorde Asriel (James McAvoy), um renomado pesquisador. Mesmo em meio a tantos guardiões mais velhos que prezam muito a sua educação, ela possui muita energia e com seu melhor amigo Roger, ela tem uma infância muito animada e cheia de aventuras.



No mesmo momento em que seu tio volta a universidade, uma criança Gypsy – uma casta deixada a margem da sociedade – some, os boatos de que ele foi levado pelos “bichos papões”, fazem Lyra não dar importância a isso, e ela se foca em tentar se aproximar do tio, é quando ela acaba descobrindo um segredo que muda sua vida, a jogando em uma perigosa jornada. Onde irá conhecer suas origens.

Enquanto precisa compreender o que esta acontecendo, e seu melhor amigo também some, ela resolve que ela mesma irá salvar Roger.

E é só o começo da jornada. Que envolve uma profecia, uma luta pelo poder, onde a autoridade máxima desse mundo o Magisterium, luta usando a fé das pessoas para controlar a vida de todos. E traições que a farão amadurecer antes do tempo.

Tudo isso com muita fantasia, bruxas, ursos de armaduras e inteligentes e mistérios do universo.



Assim como o livro a série deixa muito para o expectador refletir, com personagens cheio de mistérios e com objetivos pessoais ainda desconhecidos, ficamos nos perguntando o que leva cada uma fazer as atrocidades que fazem. O mundo controlado por uma poderosa instituição que dita o que deve ser feito ou que conhecimento deve ser ou não explorado, cria pessoas capazes de coisas terríveis. Tanto para manter essa ordem como para quebrar essa prisão intelectual.

Nos livros o autor, bateu de frente com as instituições religiosas, com duras criticas, e não é diferente na série.

A série está fabulosa, os efeitos especiais, na criação dos daemons, dos ursos e outras criaturas mágicas, ficam maravilhosas. Todo o capricho da HBO explica a demora de mais de um ano para finalização dos episódios.

A primeira temporada foi gravada junto com a segunda temporada, que também terá oito episódios e irá adaptar o segundo livro da trilogia. A faca sutil.

Indico a série para fãs de fantasia, séries complexas e para os fãs dos livros. Uma boa adaptação.



A série também foi vista pela Marcinha, que preparou uma pequena resenha com as impressões dela. vamos conferir?

Mah:
Para uma leiga sobre esse universo criado pelo Philip Pullman, estou encantada com a série.

Já tinha visto o filme e gostado muito.  Pena que não deram continuidade, mesmo sabendo que muita coisa foi cortada por motivos de polêmica (andei olhando na net algumas opiniões e críticas sobre o filme e me deparei com essa informação).

Maaas voltando a falar da série de tv, estou louca aqui, literalmente.

Amei mergulhar nessa fantasia onde a alma está representada por um animal, os Deamons; e toda essa temática de mistérios envolvendo instituições religiosas e acadêmicas; nossa gente,  e as partes em que vemos vários seres míticos envolvidos com humanos.

Amei o Iorek Byrnison, um urso incrível que se tornou o maior protetor da Lyra, protagonista principal dessa história.

Descobri que amo tramas com mistérios e segredos envolvidos,  e logo me vi maratonando His Dark Materials. Primeiramente fiquei me perguntando: "o que está raptando as crianças e porque?"

Aí depois veio a curiosidade para saber mais sobre o "Magisterium", e alguns outros personagens que assim como eles também vêm querendo saber mais sobre o "Pó", e ainda têm esse negócio do pó, nuss, quanto mais a gente assiste, mais perguntas vão se fazendo na cabeça 😅.

Agora achei fantástico a questão da "Bússola de Ouro" ou melhor dizendo "Aletiômetro", uma engenhoca que diz sempre a verdade sobre o que se perguntar.

Sério gente, estou muito encantada mesmo.  A produção está incrível, há uma riqueza de detalhes e efeitos especiais que não têm como não gostar.

Uma pena ter que esperar até o próximo ano para assistir a segunda temporada. Graças a God tenho os livros e vou matar logo essa curiosidade de saber como tudo isso se desenvolverá no futuro.


🎬 Curiosidades: 📺 Série versus 📚 Livro.


📽Nos livros tocar o Daemon de outra pessoa é algo proibido, por ser uma manifestação da alma de uma pessoa somente ela pode fazer isso, caso duas pessoas se tornem muito intimas, os daemons podem se tocar, mas é tabu um humano tocar o daemon de outra pessoa. O que parece não ser tão importante na série, já que isso rende alguns momentos de partir o coração.

📽 Não existe no primeiro livro da série jornadas para outros mundos. É mencionado apenas a possibilidade.

📽 Uma das personagens principais da série, Marissa Coulter tem um relacionamento peculiar com seu daemon, algo que não existe nos livros. Quem assistiu conseguiu entender o motivo?

📽 Uma das cenas mais lindas da série não existe nos livros, a cerimônia dos Gypsy para celebrar a maturidade de uma de suas crianças e fixação do daemon dele. Assim como a cerimônia de adeus a um deles de onde tirei a citação do começo da resenha. Ambas são de trazer lágrimas aos olhos.




Ate à próxima.

5 comentários

  1. Os livros dessa saga são maravilhosos!!!! Mas confesso que estava com muito medo da série, já que não curti o filme quando foi lançado!
    Estou no sexto episódio da série e estou encantada pela fotografia, pelos cenários, por tudo! Uma fantasia linda, repleta de efeitos especiais e sim, ao menos, bem fiel ao livro.
    Devo terminar hoje a saga completa da primeira temporada e torcer para que não demorem a liberar a segunda temporada..rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu já vi os trailer da serie, tenho certa curiosidade por ela. Eu não li ainda mas pretendo muito. Lembro que tinha assistido ao filme A bussola de ouro e amei bastante, só queria tanto uma continuação. Adorei o enrendo e estou curiosa em assistir!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  3. Não conheço a escrita do autor e nem sabia do lançamento dessa série rsrsrs
    Gosto muito do gênero fantasia, principalmente em séries, e pretendo assistir muito em breve e conferir se realmente ficou boa a produção do HBO, já que não gostei muito do filme.

    ResponderExcluir
  4. Vivvian!
    Não sabia da série, mas se é baseada nos livros do Phillip Pullman, vou procurar dia e hora no HBO para poder assistir, deve ser uma super produção e deve ter uma fotografia linda.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Olá! Sempre passo por esses livros, mas confesso que bate aquele desanimo, afinal meu tempo ultimamente está tão escasso que só de pensar em começar uma nova série, o cérebro manda avisos, dizendo que talvez não suporte o trampo (risos), brincadeiras a parte, tenho muito curiosidade em relação à história, por isso, a série é uma ótima alternativa para a ala dos sem tempos, assim como eu, claro que nada pode ser comparado a uma boa leitura, mas tempos desesperados, pedem medidas desesperadas.

    ResponderExcluir