Os guardiões da Luz - Amândia Rodrigues

2 de fevereiro de 2020

Título: Os Guardiões da Luz
Autor: Amândia Rodrigues
Páginas: 162
Ano: 2019
Editora: Ler Editorial
Gênero: Fantasia, Ficção, Romance, Literatura Nacional 
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:   
Sinopse:
O mundo esconde segredos que você jamais imaginaria.
Amy sempre sonhou em ser a melhor guardiã de Skylion. Livrar o mundo da escuridão, trazendo a luz, esse era seu dever. Seguiu todas as regras e deu o seu melhor em cada treino, dia e noite, para orgulhar sua mãe. Porém, ao chegar à Terra, tudo parece muito diferente do que ela imaginou.
Perdida entre um amor proibido e um romance inesperado, e enfrentando demônios do passado, ela terá que decidir se vale a pena abrir mão da razão para seguir o coração.
Este livro foi cedido pela Editora Ler Editorial, porém as opiniões são completamente sinceras. Não sofremos nenhum tipo de intervenção por parte da Editora. 



Resenha:




“Como uma pessoa poderia mexer comigo ao ponto de não saber mais o que é certo ou errado? O que fazer quando o que é completamente errado é o que mais se quer?”

Os Guardiões da Luz, é o primeiro livro de uma série de fantasia da autora brasileira Amândia Rodrigues, publicado pela Ler Editorial.

Apesar de nenhum momento a autora utilizar a palavra anjos, para mim isso ficou sub-entendido, e eu tenho uma adoração por livros angelicais.

A trama narra a luta dos guardiões da luz, seres dotados de poderes, asas e da missão de proteger os humanos dos seres das sombras, eles vivem em skylion, um sociedade de seres da luz, e após anos de treinamento são enviados a Terra para proteger e destruir o mal.

Essa guerra existe desde o inicio do universo, já que as criaturas das sombras dominavam a Terra, até que os seres de luz, venceram e selaram o rei das sombras.


Agora após milênios de uma guerra secreta, uma nova turma de guardiões está sendo mandado a Terra, e essa equipe é comanda por Amy, uma guardiã, que descende uma antiga e poderosa guardião, que infelizmente, morreu lutando e servindo.

Por se tratar do primeiro livro de uma série, o livro passa um tempo nos apresentando sua protagonista a jovem guardiã, ela é muito centrada em suas obrigações, ela deseja ardorosamente orgulhar a sua mãe, e obter sucesso em sua carreira, pois sente que com a perda da mãe, perdeu tudo. Um pai, que nunca se recuperou da perda, a família feliz que deveria ter.

Seu melhor amigo, está em seu grupo de guardiões como seu segundo no comando, o nome dele é Uriel, e é o único que a conhece de verdade. Uriel também, é um personagem que chamou muito a minha atenção, principalmente por algumas reações mais para o final do livro que me deixaram atenta.

Assim que eles chegam a Terra, para a infelicidade dela, que nunca quebrou regras e gosta de viver uma vida dentro de todas as normas, ela se vê jogada em uma situação que nunca imaginou. Ela conhece Noah, um humano que mexe com ela e seu coração.


Vejam bem, não somente é proibido relacionamentos entre guardiões e humanos, por causa do segredo... Existem outros motivos, que obviamente não falarei aqui. Leiam!

“Talvez, coincidências realmente não existissem. Estava escrito que eu me apaixonaria por ele.”

Contudo, as emoções que ela começa a sentir não são fáceis para ela compreender ou controlar, e tudo piora quando outro guardião chega e bagunça ainda mais seus sentimentos. – Só posso dizer que ele é misterioso, e só por isso eu já estou torcendo por ele, tenho altas teorias sobre ele para os próximos livros.

A trama romântica é apenas uma das tramas, enquanto Amy precisa lidar com todos os seus sentimentos em conflito, e uma reviravolta interessante nessa parte, o cenário na eterna luta contra as sombras começa a mudar. Após centenas de anos, os seres das sombras, estão mudando as táticas de luta, se organizando novamente e com a ajuda de poderosos seres das sombras que não eram vistos há muito tempo.

Existem segredos ainda meramente nos mostrado nesse primeiro livro, e o epilogo me deixou muito curiosa para o que está por vir nos próximos livros.

“- Não me olhe assim.
— Assim como?
 — Como se estivesse realmente questionando o que eu falei ontem.
— Não deveria?
— Sim, mas não me deixe saber.
— Por quê?
— Porque isso encoraja ações que eu estou segurando.
— Como o quê?
— Como isso. Ele me puxou pelo pescoço, envolvendo seus dedos no meu cabelo e unindo nossos lábios com urgência, como se tivesse medo...”

Uma leitura rápida e bem fluida, uma boa indicação de fantasia nacional, há elementos que podem agradar a todos. Personagens cativantes e misteriosos, batalhas, triângulos amorosos – para quem gosta, e eu realmente não sou muito fã –, amizade e prevejo algumas reviravoltas, talvez traições, agentes infiltrados... hummm muito a esperar.

Até a próxima, e boa leitura a todos!

4 comentários

  1. Delícia quando é resenha de livro nacional que eu não conhecia ainda!! Adoro isso de anjos, sentimentos e claro, alguns segredos escondidos!
    Mesmo sem conhecer o trabalho da autora, acredito pelo que li acima, que ela já começou este primeiro livro muito bem e com certeza, já vai para minha listinha de desejados!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Não sou muito de ler fantasia mas procuro explorar outros gêneros e esse e o próximo da lista. O livro tem uma ótima premissa e uma historia bem envolvente, ultimamente estou fugindo de series mas irei colocar na lista para ler.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  3. Vivian!
    Sou uma eterna apaixonada por tudo que se relaciona a anjos, e mesmo que a palavra não surja durante a leitura, pelo que entendi, é sim uma história angelical e claro que me seduz inteiramente e já quero ler de qualquer forma.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Olá! Ai ai ai Yukito, que estava tudo bom demais para ser verdade, eis que me aparece as palavras mais temidas por mim, “triângulo amoroso” (#aexagerada). Ok que a sinopse chamou tanto minha atenção, que até sou capaz de relevar esse detalhe (risos). São tantos motivos bons que dá sim para deixar passar.

    ResponderExcluir