Anne e a Casa dos Sonhos - Anne de Green Gables, 5 - L. M. Montgomery

21 de fevereiro de 2020

Título: Anne e a Casa dos Sonhos - Anne de Green Gables, 5
Autor:  L. M. Montgomery
Páginas: 220
Ano: 2019
Editora: Pedrazul
Gênero: Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon | Pedrazul
Nota: 
Sinopse: O amor verdadeiro de Anne e Gilbert, que é finalmente um médico, chega ao seu apogeu com o brilho do sol refletindo no velho jardim de Green Gables. Com seus amigos mais queridos eles estão prestes a proferir os votos de casamento. Logo o casal, imerso em felicidade, está a caminho de uma nova vida, no que Anne chama de sua casa dos sonhos, na costa nebulosa do Porto de Four Winds.

OBS: Por ser o quinto livro, poderão haver spoilers dos livros anteriores, leia por sua conta e risco!

Como eu sempre gosto de mostrar aqui, já publicamos duas resenhas da série de TV, clica abaixo para lê-las:

                                                

E aqui temos as resenhas anteriores dos livros, é só clicar em cada imagem para "cair" nas resenhas:



Resenha: Então, pois é! Chegamos ao quinto livro da série! Eu estava chateada porque só tinha até este livro publicado, quando vi que saiu o próximo....ahhhh....

No próximo livro teremos uma mudança, ou o fim de um ciclo, enfim...já vi nas sinopses que algo vai mudar, mas vamos deixar para conversar sobre isso quando acontecer né?

Anne e Gilbert finalmente se entenderam! No quarto livro, mas eu preciso comemorar outra vez já que essa coisa toda foi bem devagar, mas penso que nem posso reclamar, afinal, não foi uma ficção escrita agora imitando ou tentando adivinhar os costumes da época. Foi na época! Só posso supor que era bem assim que as coisas aconteciam!

" - A senhorita não conhece nenhum homem que seja bom marido, Miss Bryant?
- Oh, sim, vários! - Estão todos lá - ela respondeu, apontando pela janela em direção ao pequeno cemitério da igreja, do outro lado do porto.
- Refiro-me aos vivos, andando em carne e osso...? persistiu Anne [...]
[...] - Porque a senhorita odeia tanto os homens, Miss Bryant?
- Meu Deus, querida, eu não os odeio! Eles não valem tanto assim. Eu apenas os Desprezo [...]"

Então, eu vou parar de falar tanto na resenha em si, sem resumo gente, porque seria maldade contar certas coisas, vocês precisam ler! Sério mesmo!

Então vamos lá, Anne e Gilbert estavam noivos enquanto ele estudava para ser médico e ela trabalhava como diretora de uma escola. E aí vejo outra particularidade que eu não tenho como não pensar se foi ficção ou se era costume na época, enfim... foi um longo noivado, de quatro anos (também nem tão longo assim, eu fiquei noiva 3 anos e 8 meses 🤦🏼‍♀)! Bom, ao final do curso dele, Anne se despede da escola, volta para Green Gables para seu casamento, eles casam e eu pensei que teríamos cenas mais quentes de paixão, que nada gente! Nem um beijinho sequer!

[...] - Como se isso pudesse silenciar uma mulher! - brincou Gilbert. - Ao menos não se torne meu eco Anne. Um pouquinho de oposição traz tempero à vida."

Mas não estou reclamando, é mais um ponto a destacar da época e é aqui que eu queria chegar. Não vou dar spoiler e nem dizer quando e quantos filhos eles tiveram, mas qualquer um que tenha visto a capa do próximo livro já deduziu né... pois bem...em nenhuma vez durante a leitura é usada a palavra "grávida" para Anne. Apenas dicas sutis que demonstram que ela espera um bebê. Não que seja mostrado como feio ou algo a esconder, e aí está a diferença de ler algo escrito por um autor contemporâneo e algo escrito por uma autora "antiga". Já li livros escritos por autoras ainda mais "antigas" do que este e as coisas não são da mesma forma. Não sei se estou me fazendo entender, é a forma sutil e delicada que L. M. Montgomery optou por nos mostrar a vida adulta de Anne. Parece-nos que a magia infantil da menina jamais a deixa e mesmo ela agora sendo uma mãe, esposa e dona de casa, a menininha está sempre por ali, somente à espera de uma chance para sair e mostrar que ainda vive.

Na "casa dos sonhos" Anne vive muitos anos de amor, felicidade e perdas com Gilbert. Fazem muitas amizades, das do tipo que Anne sempre deixa pelo caminho...para a vida toda! Mas a vida segue seu rumo, a família cresce e agora eles terão que partir para uma casa maior, deles e não alugada, o que destroça o coração da menina que vive dentro da mulher que ama sua "casinha dos sonhos".

"- Ao que parece, eles desconhecem a existência de um aparelho chamado relógio - comentou Gilbert. - Não consigo entender esse assunto. Estou convicto de que você, mulheres, mexeram seus pauzinhos. Mas Anne, sendo uma esposa desobediente, não me conta nada."

Mas como a vida segue seu rumo. O mundo nunca pára de girar, Anne caminhará a favor dessas mudanças e nos trará uma nova história no próximo livro (eu já estou lendo gente 😉, logo tem resenha também).

Enfim, uma resenha diferente do que estou habituada a fazer, com muito menos do livro e muito mais da minha opinião, porque, digo de novo, vocês precisam ler!

É um livro sem pimentas, mas com muitos corações! Uma leitura prazerosa, fluída e gostosa de fazer, que eu adorei. Tenho uma capa diferente da última lançada pela Editora, vou deixar abaixo a imagem da capa nova, está linda!


Que leitura linda gente, dá para nos imaginarmos nessa casa, de tão ricas em detalhes que são as descrições, sem ser cansativo!

Abaixo, vou deixar o cronograma com a idade da Anne em cada livro, acho que dá para ajudar a entender as mudanças que acontecem na vida da menina:

• Anne de Green Gables: 11-16 anos
• Anne de Avonlea: 16-18 anos
• Anne da Ilha: 18-22 anos
• Anne de Windy Poplars: 22-25 anos
Anne e a Casa dos Sonhos: 25-27 anos
• Anne de Ingleside: 34-40 anos
• Vale do Arco- Íris: 41 anos
• Rilla de Ingleside: 49-53 anos



6 comentários

  1. Quinto livro já!!E tem mais um???
    Ah meu Deus, aí meu coração não aguenta não. Puxa, como só vi a série na tv, estou doida por todos os livros e a cada resenha, meu coração vibra.
    E pelo que li acima, a nossa Anne continua tendo essa sede de viver, esse amor pela vida, esse amor por quem está perto dela.
    Só sei afirmar que quero todos!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Ain, que fofura. Cada vez que leio uma resenha dessa serie fico com mais vontade de ler, tem uma ótima premissa e bom ver o crescimento da personagem. Espero conseguir ler!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  3. Meu ship!
    Esses dois são tão fofos.
    Eu reparei nesse detalhe da escrita em outras autoras de época como a que escreveu Mulherzinhas e os 8 primos, Louisa May Alcoot
    Existe um resguardo no estilo de escrita delas.
    Pretendo ler em breve os livros da Anne 😍

    ResponderExcluir
  4. Olá! Ahhh mais uma lindeza em forma de livro, e eu aqui só nos suspiros e isso sem ter lido nenhum ainda! O que espero mudar o mais rápido possível. Acho que temos aqui aquele tipo de leitura que fica marcado para toda a nossa vida!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Denise
    Aiii não teve cena hot kkkkkk
    Nossa, mas que capa lindaaaaa!
    Achei fofa a história, parece que o casamento da Anne será bem especial.
    Tô ansiosa pra começar a série.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei bastante do livro. A leitura é prazerosa e sinto um calorzinho no coração sempre que tô lendo. É o meu terceiro favorito (1° lugar, o livro 3 e em 2°, o livro 2). Entretanto, creio que a autora poderia mostrar mais a relação de Anne e Gilbert (pelo menos um beijinho kkk). Sinto falta dos diálogos e momentos só deles em momentos cruciais como na chegada à casa dos sonhos e na perda precoce de Joyce. Também tenho muitas saudades da turma de Green Gables, apesar de saber que novos personagens são importantes pra a história continuar e evoluir.

    ResponderExcluir