Uma Paixão e Nada Mais - Clube dos Sobreviventes, 4 - Mary Balogh

27 de outubro de 2019

Título: Uma Paixão e Nada Mais - Clube dos Sobreviventes, 4
Autor: Mary Balogh
Páginas: 288
Ano: 2019
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:  
Sinopse: QUARTO VOLUME DA SÉRIE CLUBE DOS SOBREVIVENTES.

Mary Balogh já vendeu mais de 100 mil exemplares pela Arqueiro e é presença constante na lista de mais vendidos do The New York Times.

Ao voltar para casa depois das Guerras Napoleônicas, Flavian, o visconde de Ponsonby, ficou arrasado ao ser abandonado pela noiva.

Agora a mulher que partiu seu coração está de volta, e todos estão ansiosos para que eles reatem o noivado. Exceto Flavian, que, em pânico, corre para os braços de uma jovem sensível e encantadora.

Apesar de ter sido casada por quase cinco anos, a viúva Agnes Keeping nunca se apaixonou, nem quer se apaixonar. Aos 26 anos, ela prefere manter o controle de suas emoções e de sua vida. Porém, ao conhecer o carismático Flavian, fica tão arrebatada que acaba aceitando seu impetuoso pedido de casamento.

Quando descobre que Flavian pediu sua mão apenas para se vingar da antiga paixão, Agnes decide fugir. Mas Flavian não tem a menor intenção de deixar a esposa partir, principalmente após descobrir que, para sua própria surpresa, está completamente apaixonado por ela.

Para ler os livros anteriores, clica nas imagens abaixo: 
Obs: O Pretendente é um conto, seria o volume 1,5



Resenha: Flavian, o visconde de Ponsonby, faz parte do Clube dos Sobreviventes. Um grupo de feridos de guerra, que ao se reunir sob os cuidados de um viúvo, de certa forma também vítima da guerra, se tornaram amigos.

Eles são tão amigos e tão ligados que ainda, mesmo anos após a guerra,  se reúnem durante três semanas por ano para ter alguns momentos com outras pessoas que os entendem. Suas marcas e cicatrizes não são apenas físicas, são emocionais, algumas tão profundas que chega a ser difícil alcançar!

E é o caso de Flavian, que levou um tiro na cabeça, teve uma recuperação complicada, e tem algumas lacunas em suas lembranças. Lacunas essas que acabam sendo preenchidas de uma maneira um tanto equivocada!

"Havia no rosto dele a força de seu caráter, bem como cinismo, intensidade e tanto mistério que seria impossível desmascará-lo por completo mesmo depois de uma vida inteira a seu lado. Havia nele algo cruel, espirituoso, encantador e doloroso."

Flavian era noivo, disso ele lembra. Quando voltou, tão destruído que os médicos disseram que ele jamais se recuperaria, sua noiva o deixou e casou com seu melhor amigo. Ou assim ele lembra!



O tal amigo morreu e sua "noiva" agora está livre para ele. Mas, não sabendo porque, não quer saber dela. Claro que tem a dor da traição e do abandono, mas tem mais...deve ter!

Então chega a data do encontro anual dos Sobreviventes. Esse ano será diferente, porque três deles agora levarão as esposas. Além disso pela primeira vez o encontro será em outro lugar, Na casa de Vincent, que casou e agora tem um filho recém nascido e não quer deixar a esposa sozinha em casa durante três semanas!

Pois bem, Sophie, que é a esposa de Vincent é muito amiga de Agnes, uma viúva de 26 anos que vive ali perto. Seis meses  antes do encontro, Sophie e o marido dão um baile, onde Flavian conhece Agnes, dança com ela uma vez a pedido de Sophie e uma segunda vez, porque mesmo?

Pois é, o cara tem problemas de memória, fala e faz coisas meio aleatórias, sem entender porque. Pelo menos é o que parece num primeiro momento.

Agnes é uma viúva, resignada com a própria vida, sem nada de novo ou diferente, segue a vida pintando seus quadros e deixa a vida passar por ela, sem grandes expectativas. Até que dança com Flavian e numa única noite, se apaixona por ele.

"E Agnes estava apaixonada.
Loucamente, profundamente, desesperadamente, gloriosamente apaixonada.
Por um homem cínico, experiente, talvez perigoso e versado nas artes do flerte.
Um homem que ela provavelmente nunca mais voltaria a ver depois daquela noite.
O que talvez fosse mesmo o melhor.
Sim, sem dúvida seria o melhor."

Seis meses se passam e ela pensa que a paixonite acabou, até que ele chega e o mundo de Agnes vira de cabeça para baixo!

Agora ela vai ter que entender seus sentimentos e a bagunça que é a cabeça do homem que ama, além de ter de ajudar o cara a decifrar o seu passado, afinal é fácil colocar memórias na cabeça de quem as perdeu!

Um livro doce, gostoso de ler, de cara impliquei com Flavian e suas conversas estranhas, mas depois de entendê-lo, não tem como não gostar dele!

" - Como é fácil descartar as aparências sem ter um pingo de noção de toda a beleza interior que está despercebida."

7 comentários

  1. Adoro quando tem aquela pimentinha ali em cima!rsrss
    Mary é maravilhosa e mesmo que não tenha lido esta série da autora, já li alguns livros dela e amei a maneira como ela conduz seus enredos.
    Essa série trazendo os sobreviventes de guerra e suas marcas é um ponto altíssimo e oh, com mulheres fortes e sim, que sabem bem onde pisam!
    E fiquei curiosa na parte do ter algo mais..rsrsrs(sempre tem)
    Espero ler todos os livros em breve!
    Beijo

    Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. Acabei de ler um livro de romance de época e estou extasiada com o gênero. Esse parece mais um livro para se apaixonar. Adoro romance que acontecem em nuances de guerras e conflitos políticos, parece que este tem uma esfera parecida conforme dita na resenha. Adoro protagonistas que são frívolos e machucados pela vida. Aff, mais um para se apaixonar. Que noiva idiota né, se separar dele por causa de uma sequela? Que coisa mais absurda! Esse romance parece prender bastante e fiquei muito empolgada com a história.
    Ótima resenha, Denise.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Denise!
    Romances de época são sempre bem vindos para leitura, né?
    Fiquei bbem intrigada com essa falta de memória do Flavian e muito curiosa para ver se vai rolar romance entre ele e Agnes ou se ele vai voltar com a ex noiva.
    Não li ainda nenhum livro desa série.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Oi Denise,
    Acho a proposta dessa série maravilhosa e, além do fato de eu ter muita curiosidade em conhecer a escrita de Mary Balogh, esse foi o principal motivo que iniciei a leitura dos livros. Uma paixão e nada mais e o Pretendente são os únicos que ainda não li, mas do jeito que fui cativada pelas tramas acho que isso não irá demorar a acontecer. Eu ainda não havia conseguido entender qual a situação de Flavian pós guerra, mas agora que isso foi esclarecido fiquei bem curiosa para saber o desenrolar dessa história. Acredito que o passado do protagonista terá um grande papel e temo pelo romance, pois na certa ambos irão sofrer um pouco.

    ResponderExcluir
  5. Olá! Eu gosto muito da escrita da Mary, essa série em particular é bastante intensa, protagonistas bem sofridos, mais maduros e cheios de traumas, eu gostei muito da Agnes, ela é uma mocinha que também possui alguns traumas para superar, AMEI a relação dela com sua irmã, já o Flavian, realmente no começo deixou um pouco a desejar, mas com o passar da história eu fui aprendendo a entendê-lo, eu particularmente achei o final um pouco corrido, acredito que merecíamos mais algumas páginas para entender melhor tudo que o que Flavian lembrou, ainda assim, essa é uma das minhas séries preferidas, poder rever os personagens dos outros livros, sem dúvida, foi a melhor parte.

    ResponderExcluir
  6. Olá! ♡ Romance de Época é vida kkk ♡ Não posso ler uma resenha nesse gênero, que já quero devorar o livro imediatamente. Minha lista de leituras agradece kkk ♡
    Ainda não li nada da Mary Balogh, mas deveria, já que ela se destaca muito dentro do gênero. Morro de vontade de conhecer essa série, as premissas da mesma me encantam. Estou curiosa para ver o romance dos personagens é claro, mas uma das coisas que mais quero ver é essa amizade que os integrantes do Clube dos Sobreviventes tem entre si, parece uma amizade bem bonita ♡
    Já quero conhecer Agnes e Flavian e me apaixonar por sua história! ♡
    Adorei a resenha! Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oiii ❤ Estou ansiosa para começar essa série, já que adoro ler romances de época e o fato de Agnes e Flavian parecerem um casal incrível, só me faz querer ler esses livros ainda mais.
    Achei legal que nesse livro tem uma reunião do Clube dos Sobreviventes, deve ser um momento ótimo da história.
    Deve ter sido horrível para Flavian o que os ferimentos causaram e toda a dor de ter estado na guerra.
    Estou curiosa para saber como um romance vai surgir entre os dois agora que vão se reencontrar novamente.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir