Um Cavalheiro a Bordo - Os Rokesbys, 3 - Julia Quinn

29 de julho de 2019

Título: Um Cavalheiro a Bordo - Os Rokesbys, 3
Autor: Julia Quinn
Páginas: 288
Ano: 2019
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota: 
Sinopse: Julia Quinn já vendeu mais 1 milhão de livros pela Editora Arqueiro.

Ela estava no lugar errado…

Durante um passeio pela costa, a independente e aventureira Poppy Bridgerton fica agradavelmente surpresa ao descobrir um esconderijo de contrabandistas dentro de uma caverna.

Mas seu deleite se transforma em desespero quando dois piratas a sequestram e a levam a bordo de seu navio, deixando-a amarrada e amordaçada na cama do capitão.

Ele a encontrou na hora errada…

Conhecido entre a alta sociedade como um cafajeste e um corsário inconsequente, o capitão Andrew James Rokesby na verdade transporta bens e documentos para o governo britânico.

No meio de uma viagem, ele fica assombrado ao encontrar uma mulher na sua cabine. Sem dúvida sua imaginação está lhe pregando peças. Mas, não, ela é bastante real – e sua missão para com a Coroa o deixa preso a ela.

Será que dois erros podem acabar no acerto mais maravilhoso de todos? Quando Andrew que Poppy é uma Bridgerton, entende que provavelmente terá que se casar com ela para evitar um escândalo.

Em alto-mar, as disputas verbais entre os dois logo dão lugar a uma inebriante paixão. Mas depois que o segredo de Andrew for revelado, será que ele conseguirá conquistar o coração dela?

Para ler as resenhas anteriores, clica nas imagens abaixo:

                                                   

Resenha: Quando eu vi o primeiro livro dessa  série, meio que torci o nariz, pois falava dos Bridgertons sem de fato as histórias serem deles e sim de uma família vizinha. Além de os fatos acontecem bem antes dos fatos da série anterior.

"Ela - continuou Green, e a palavrinha pesou no ar como se ela fosse uma mistura de Maria Sangrenta e Medusa."

Jamais imaginei que ia acabar me encantando por outra família criada pela autora. E foi o que aconteceu. E mesmo que os Bridgertons aqui citados sejam outros e não os nossos antigos conhecidos, não tem como não gostar de cada um deles, e dos Rokesbys, Claro!

Aqui vamos rever Andrew James Rokesby, que já encontramos no primeiro livro e vamos conhecer Poppy Bridgerton. Esse dois nos trouxeram uma trama no mínimo, diferente.

O capitão James é um pirata, ou corsário, como gosta de ser chamado. Dono do seu próprio navio e tripulação.

"- Tenha santa paciência - disse o capitão, irritadiço. - Dois homens feitos...
E tirou a mordaça.
 - Você! - explodiu Poppy, praticamente cuspindo em Green.
Green ficou lívido.
- E você - rosnou ela para Brown. - E você! - terminou, olhando, irada, para o capitão.
O capitão ergueu a sobrancelha.
- Agora que a senhorita já demonstrou seu extenso vocabulário...
- Eu vou matar cada um de vocês - sibilou ela...."

Poppy é uma autêntica Bridgerton. Curiosa, metida e nada convencional. Até ali né... Ela está a passeio na casa de uma amiga, perto da praia. Num de seus passeios à beira mar, quando engana a acompanhante e vai sozinha, encontra uma caverna. Curiosa, entra...assim ela muda definitivamente o rumo de sua vida!



Lá dentro tem umas caixas e a metida resolve mexer nelas, quando chegam dois homens que a encontram. Dois piratas. Sem saber o que fazer já que o que tem ali é muito importante e  não podendo deixar que ela conte para alguém o que encontrou, levam a garota para o navio e a entregam ao capitão. Este nem está muito preocupado, até saber o nome dela. Percebe quem ela é e sabe que ela não deveria estar ali. Muito menos, sequestrada!


"...- No entanto, a senhorita acabou sendo sequestrada e está a caminho de Portugal.
Um a zero para ele. Maldição."

James sabe que não tem como ele terminar essa viagem, sem casa com ela, afinal ele é muito mais do que parece, é claro né...ele não ia ser um pirata...apenas... e agora o capitão deve proteger a honra de Poppy, mesmo estando eles numa viagem de, no mínimo duas semanas, a caminho de Portugal.

Ela não quer estar ali tanto quanto ele não quer que ela esteja. Até que ambos começam a perceber o quanto querem estar juntos. Acontece que ela não sabe quem ele é. Para Poppy, ele é realmente um corsário. Justo, honesto e de bom coração, mas ainda assim, um corsário, como ela poderia ter uma vida com ele? Impossível.

"- É estranho como estamos agindo civilizadamente, não?
- Estranho é o fato de acharmos isso tão estranho - retorquiu ela."

Já ele sabe que não é o que ela pensa. Mas a vida como vive, quem ele é realmente não permite que ele forme família.

Então agora eles precisam, de alguma forma, lidar com seus sentimentos enquanto sabem que um futuro para eles não existe. E ele sabe que vai ter que cuidar da honra dela, casando, mas sem poder casar???? hehe....Mas é romance de época né? sempre dá certo!

Mais um livro que eu amei. Uma história cativante. Um romance delicado. Sem contar que os romances da Julia Quinn são tão suaves que, para quem não gosta das cenas mais picantes, como eu, é perfeito!!!!

"Então simplesmente ficou parado, com a mão no cordame, dividido entre pensar na Srta. Bridgerton e xingar a própria incapacidade de parar de pensar na Srta. Bridgerton."


9 comentários

  1. Aqui estou com os olhinhos brilhando para essa trilogia!
    Julia parece ter acertado mais uma vez com suas tramas e esse casal tem tudo para ganhar meu coração.
    Vou ler assim que possível ❤

    ResponderExcluir
  2. Ah como eu quero ler esta série da Julia!!!
    Os livros dela são maravilhosos e apesar de não ter lido tantos assim, a gente entende muito bem os motivos dela ser tão amada pelos leitores e de ter alcançado marcas tão altas em vendas!
    Pelo que se percebe acima, mais uma vez, ela conseguiu criar um enredo bem gostoso, num cenário não tão explorado. Navios,roubos e claro, aquele "homão" que consegue ser um "bandido" e ao mesmo tempo, um sedutor natural.
    Essa mistura gostosa de história e bom humor me fascina e com certeza, quero muito conferir todos os livros!
    beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi Denise, Eu estou doida para ler este livro, adoro esta série e outras da autora!
    Preciso comprar urgente mesmo, amei a capa, é tão linda e achei original falar sobre os corsários e tudo o mais...

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
  4. Um romance cheio de percalços e uma mocinha que inspira simpatia. Ah já amei. Tem aquela graça por mostrar um tiquinho a mais dessa família que a gente ama e adicionando outra pra guardar no coração. Ansiosa pra conhecer esses benditos novos personagens. A autora consegue mesmo criar uns romances gostosos de ler e parece que temos aí mais um cheio de graça e muito amor ^^

    ResponderExcluir
  5. Sabe que eu nunca li um livro da Julia Quinn. E sinceramente eu até acho interessante a ideia de um corsário, mas vc não acha que a questão da mocinha rebelde e que não se encaixa em padrões num livro de época já é mais que batida? Cansada, sinceramente, desses livros que são mais do memso.

    ResponderExcluir
  6. Olá Denise!
    Sempre me atrapalho um pouco com essas conexões entre as obras da autora, a qual adora colocar easter eggs de outros personagens de outras famílias para atiçar os fãs. Mas como já esperado, aqui temos um romance leve e gostoso de acompanhar, com um fundo histórico bem construído que sem sombra de dúvidas agrega mais profundidade à situação que o casal está sujeito. É importante apontar, contudo, que a maçante caracterização repetitiva dos personagens masculinos pode desagradar leitores mais íntimos das obras de Quinn, que buscam inovação por parte da autora.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Olá! Ahhhhhhhhhhhh.... Como não AMAR um livro da rainha JQ! Essa história foi muito divertida, Poppy é tão Bridgerton e Andrew já havia me conquistado lá no primeiro livro né, o melhor é que o livro tem romance, diversão e bastante ação, ingredientes perfeitos para uma leitura deliciosa. E essas capas são maravilhosas, a Arqueiro está de parabéns.

    ResponderExcluir
  8. Olá Denise!
    Achei esse o casal mais cativante da série até agora <3. Ambos os personagens me pareceram bem espirituosos, Poppy é adoravelmente irritante, e Andrew exala charme na pele de "pirata". Mal posso esperar pra saber no que essa aventura a bordo do navio vai render. Agradeço pelas cenas hot mais comedidas, quando o romance é MUITO apimentado me incomoda também.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá Denise ;)
    Já li os dois primeiros livros dessa série da Julia, e adorei os dois!
    Estou doida pra começar a leitura de “Um Cavalheiro a Bordo”, e já amei que vai ser um livro com mais aventura.
    Imagino que o Andrew seja tão maravilhoso quanto o George e o Edward haha e sinto que vou adorar a personalidade da Poppy, ainda mais ela sendo uma Bridgerton *-*
    Bjos

    ResponderExcluir