Uma Dama Fora dos Padrões - Os Rokesbys, 1 - Julia Quinn

17 de novembro de 2018

Título: Uma Dama Fora dos Padrões - Os Rokesbys, 1
Autor: Julia Quinn
Páginas: 272
Ano: 2018
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:  
Sinopse: Primeiro livro da nova série de Julia Quinn, Os Rokesbys.
Julia Quinn já vendeu mais de 850 mil livros pela Editora Arqueiro.
Às vezes você encontra o amor nos lugares mais inesperados...
Esta não é uma dessas vezes.
Todos esperam que Billie Bridgerton se case com um dos irmãos Rokesbys. As duas famílias são vizinhas há séculos e, quando criança, a levada Billie adorava brincar com Edward e Andrew. Qualquer um deles seria um marido perfeito... algum dia.
Às vezes você se apaixona exatamente pela pessoa que acha que deveria...
Ou não.
Há apenas um irmão Rokesby que Billie simplesmente não suporta: George. Ele até pode ser o mais velho e herdeiro do condado, mas é arrogante e irritante. Billie tem certeza de que ele também não gosta nem um pouco dela, o que é perfeitamente conveniente.
Mas às vezes o destino tem um senso de humor perverso...
Porque quando Billie e George são obrigados a ficar juntos num lugar inusitado, um novo tipo de faísca começa a surgir. E no momento em que esses adversários da vida inteira finalmente se beijam, descobrem que a pessoa que detestam talvez seja a mesma sem a qual não conseguem viver.

Resenha: 
"Ela era dona de um sorriso largo e uma risada contagiante, e Deus do céu, como era possível que ele fosse a única pessoa na Inglaterra que parecia perceber o perigo que ela representava para a humanidade?"
Queria saber porque eu demorei tanto para ler esse livro viu...o pior é que quando peguei o danado pra ler, o fiz em um dia!

Eu ganhei esse livro no evento da Arqueiro lá na Bienal...pra ver como eu demorei, logo eu que não deixo passar nada da autora gente!

Em minha defesa, preciso dizer que o problema são os livros que já estão na fila. Uma fila aliás que parece nunca ter fim!

Tá, vou parar de chorar e vou contar um pouco da história... vamos rever a família Bridgreton, mas não vamos rever nenhum dos nossos antigos conhecidos, tive a impressão que um personagem já é conhecido, mas não vou contar não, já que a autora não falou nada e só tocou no nome dele algumas poucas vezes.  Mas bom, vamos conhecer Billie Bridgerton, uma dama realmente (e completamente) fora dos padrões para a Inglaterra de 1779. A criatura até usa calças! hehe...
“Mesmo naquela época, ela já sabia que não era como as outras garotas. Não queria tocar piano ou costurar. Queria estar ao ar livre, voar na garupa de seu cavalo, a luz do sol dançando pela sua pele enquanto seu coração pulava e corria com o vento. Ela queria levantar voo."
Começamos a leitura com essa intrépida dama presa em cima do telhado de uma casa abandonada. Ela caiu lá em cima! Ao subir numa árvore para salvar um gato, que aliás ela nem conhecia, o assustou e os dois caíram da árvore para o telhado.
 "Ela estava em apuros, portanto ele não tinha escolha. Precisava ajudá-la, por mais irritante que a achasse. E ele achava. Ah, ela sabia que achava. George nunca fizera qualquer esforço para disfarçar isso. Embora, para ser sincera, nem ela."
E lá estava ela presa, com o tornozelo machucado quando justamente quem a encontra é o cavalheiro que ela menos deseja ver, George. O primogênito da família vizinha que a viu crescer, ou melhor, cresceu junto com ela e seus irmãos...só que como ele era uns 4 ou 5 anos mais velho que ela, mantinha distância, até porque, como ele dizia, Billie era a pedra no seu sapato! Mas como o destino não sabe brincar, quisera ele que fosse George a tentar salvar a moça. Sim, tentar, porque acabou que ele ficou preso lá também, tendo agora que contar com a boa vontade de seu irmão Andrew que em alguma hora do dia, passaria por ali e os salvaria.
"George Rokesby era exatamente o tipo conservador e retrógrado que se esperaria do herdeiro de um condado. Seria justo dizer que George Rokesby, o filho mais velho do conde de Manston e atualmente conhecido pelo mundo civilizado como o visconde de Kennard, era um cavalheiro sereno."
Acontece que, ao ficarem presos e sozinhos eles meio que começam a se enxergar com outros olhos e a animosidade de toda uma vida agora poderá dar lugar à outro sentimento....
"- Você está determinado a me elogiar.
- É o único ponto alto do dia. - murmurou George."
Então tem início uma história que, na minha opinião, é a mais divertida da autora! Sério, não esperava menos do que um romance maravilhoso e gostoso de ler, ainda assim me surpreendi! Simplesmente amei esse livro, é divertido do começo ao fim. O romance, custa a começar de fato, porque eles precisam brigar muito primeiro, mas é isso que faz da história, uma das melhores que eu já li da autora!
"- Você está aqui para me animar.
- Deus do céu, é claro que não. Estou aqui pelos biscoitos amanteigados.
- Andrew estendeu a mão e pegou algumas cartas da mão dela. -E talvez para construir um castelo.
- Enfim alguma sinceridade.
Andrew riu e se jogou no sofá.
- Nunca escondi minhas motivações.
Billie piscou diante do comentário. Andrew comera uma quantidade surpreendente de biscoitos amanteigados nos últimos dias."

7 comentários

  1. Nossa ao que parece esse livro é realmente divertido e maravilhoso hein!!? Típico dos livros da tia Julia♡. Resenha top, como era de se esperar D. Bjs😘

    ResponderExcluir
  2. Oi Denise,
    Eu amo a narrativa da Julia Quinn, quando soube desse lançamento, pirei, sempre quis saber mais e mais sobre os Bridgerton.
    Eu gosto bastante de mocinhas como Billie, determinadas e não seguem as regras que a sociedade da época impõe, mas, sabemos que na realidade, nem tudo seria fácil assim para elas, já que as mulheres quase não tinham voz, não é?
    É o tipo de clichê que eu amo... Não vejo a hora de ler <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá! Mulher super te entendo, no começo da resenha parecia que você estava falando de mim (risos). Também estou com esse livro aqui, mas ainda não tive a oportunidade de ler, e olha que não foi por falta de vontade viu! Eu simplesmente amo a escrita da Júlia e adorei saber que esse livro tá bom demais da conta, acho que agora o jeito é passar ele na frente.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Denise!!
    Adoro romances de época e a Julia Quinn é uma das minhas autoras favoritas!! Gosto bastante quando os personagens são como cão e gato e pelo visto esse livro é do jeitinho do que gosto!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Dei uma parada com romances de época, são sempre a mesma historia e isso se torna cansativo até não dar uma boa desintoxicada. O fato é que além dos livros da Quinn serem super bem comentados (devido ao meu trauma, ainda não li nenhum dela), esse em si, está sendo um dos queridinho, isso se comprova na forma com que tu comentou dele, e olha que para se surpreender com esse gênero, tem realmente que ser bom. Valeu o entusiasmo em comentar sobre ele. Entrou pra lista, fazer o que?ahahahahah

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Julia Quinn sendo Julia Quinn..Eu praticamente estou amando os livros dela, a historia, o romance é super maravilhoso..Esse com certeza estar na minha listinha de leitura para ano que vem porque esse ano já não dar mais..kkkkk

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  7. Oi Denise!!
    Aaah eu qro mto ler os livros da autora, acredita que ainda não tive essa oportunidade?
    Eu até ganhei um, chegou por esses dias, estou ansiosa pra conhecer a escrita e a história, assim como este livros e os outros tbm...
    Já está nos desejados.
    Bjs!

    ResponderExcluir