O Cisne e o Chacal - J. A. Redmersk

Título: O Cisne e o Chacal - Na Companhia de Assassinos, 3
Autor: J. A. Redmersk
Páginas: 248
Ano: 2016
Editora: Suma de Letras
Gênero: Suspense e Mistério
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon | Saraiva
Nota:       
Sinopse: Fredrik Gustavsson nunca considerou a possibilidade de se apaixonar certamente nenhuma mulher entenderia seu estilo de vida sombrio e sangrento. Até que encontra Seraphina, uma mulher tão perversa e sedenta de sangue quanto ele. Eles passam dois anos juntos, em uma relação obscura e cheia de luxúria. Então Seraphina desaparece. Seis anos depois, Fredrik ainda tenta descobrir onde está a mulher que virou seu mundo de cabeça para baixo. Quando está próximo de descobrir seu paradeiro, ele conhece Cassia, a única pessoa capaz de lhe dar a informação que tanto deseja. Mas Cassia está ferida após escapar de um incêndio, e não se lembra de nada. Fredrik não tem escolha a não ser manter a mulher por perto, porém, depois de um ano convivendo com seu jeito delicado e piedoso, ele se descobre em uma batalha interna entre o que sente por Seraphina e o que sente por Cassia. Porque ele sabe que, para manter o amor de uma, a outra deve morrer.


Resenha: De todos os livros dessa série, esse foi o que mais me marcou. Sabe aquele livro que você meio que presume o que vai acontecer e que quando o lê descobre que nada do que imaginou acontece? Pois é, esse O Cisne e o Chacal me pegou de jeito. O mocinho Fredrik Gustavsson nos outros livros tem um perfil que tu pensa que já sabe tudo sobre ele, pois os dois anteriores o descrevem brevemente, mas sempre as mesmas coisas. Ele é um assassino frio e calculista, que tem a função de ser o interrogador, aquele que tira das pessoas a verdade, mesmo que para isso ele tenha que tirar sangue ou ate mesmo partes do corpo. O homem é um sádico assumido, isso ele não esconde de ninguém, mas o que ninguém sabe é que ele tem esse lado negro por um motivo, e que se não fosse uma mulher que ajudou a controlá-lo, ele seria um assassino totalmente sem controle. Ela se chama Seraphina e também uma assassina sádica, mas que tem algo de diferente.

Essa mulher fez de Fredrik um homem diferente, eles também faziam parte da Ordem ao qual Victor Faust deserdou por causa de Izabel (Sarai) que o fez ver o mundo sob outra ótica (resenhas anteriores aqui). Seraphina e Fredrik se apaixonaram, mas não podiam se relacionar abertamente por que a Ordem não permitia que os seus membros mantivessem algum envolvimento, pois não queriam que a vida pessoal dos assassinos interferisse no trabalho. Mas eles se casaram secretamente, viveram felizes por dois anos. Nesse período os dois derramaram muito sangue, pois tinham essa necessidade de ver o sofrimento dos outros. Fredrik era louco por ela, pois nela ele via sua cara metade, aquela que sentia prazer na dor assim como ele.

Mas um dia ela simplesmente surtou e fez o que antes eles nunca tinham feito. Começou a matar inocentes, mais especificamente mulheres, e que fossem loiras. E desde então sumiu no mundo deixando um Fredrik sozinho e quase indo a loucura, pois não entendia o porque de sua amada te-lo abandonado. Mas aí seis longos anos depois ele encontra uma mulher que o levaria a Seraphina, só tinha um problema, essa mulher sofreu um trauma e estava com amnésia. E é aí meus amigos que o livro fica mais que bom, hahaha. Ele a mantem presa no porão de sua casa por um ano, e nesse período tentou de tudo para que ela se lembrasse do paradeiro de sua ex mulher.

Ela era o contrario de Seraphina. Calma, inocente, doce, e o transmitia paz. Com o tempo Fredrik passou a gostar dela, a querer fazer de tudo para vê-la sorrindo e feliz, mesmo presa em seu porão. E Cassia o amava e cheguei a cogitar que ela tinha desenvolvido a Síndrome de Estocolmo, pois meu povo, como que você é mantido preso a correntes, obrigado a assistir pela TV as torturas de seu algoz e ainda o amar? Sério eu já estava prestes chamá-la de maluca. Mas como a Redmerski sempre faz, acontece algo que explica tudo. E tu fica sem saber se fecha a boca ou lembra de respirar. Por que o negócio é bafônico e não tem como você não se impressionar.
"Cassia tem sido minha prioridade há muito tempo, muito tempo, logo depois que a trouxe para cá. E só agora estou me permitindo aceitar isso."
A partir daí a gente passa a entender o Fredrik, a se por no lugar dele. Entendemos o porque da obsessão dele em encontrar Seraphina, mesmo convicto de seu amor por Cassia.
 Esse livro é diferente dos outros não somente por descrever a mente de um assassino sádico, mas por que ele trabalha muito o psicológico do leitor. Quando finalmente Cassia se lembra da sua relação com Seraphina, de onde a conhece e porque ela a queria morta, aí gente eu confesso que caiu um cisco no meu olho e derramei umas lagrimazinhas.

O Fredrik precisa tomar uma decisão, ficar com Cassia a quem queria mais que tudo, ou finalmente resolver suas coisas com sua ex mulher. Só digo uma coisa: foi horrível vê-lo despedaçado pela decisão que tomou, e mais horrível ainda ver o homem em quem ele se transformou depois de tudo. O livro teve um final um tanto diferente dos demais. Temos dor, sofrimento, perda e até mesmo situação que envolve TDI (Transtorno Dissociativo de Identidade). A Redmerski não estava de brincadeira quando escreveu esse livro, acho que ela falou assim: vou destruir os corações dos meus leitores.

Livro incrível, como já era de se esperar dessa aurora. História linda, que nos mostra que mesmo os assassinos mais cruéis tem coração e podem amar. E mostra também que ninguém nasce sabendo no que se transformará quando crescer. Todos somos moldados por outras pessoas, e nesse caso, infelizmente Fredrik e Seraphina passaram por pessoas nada legais.
"Eu nunca vou parar . Nunca posso parar. O passado me transformou em um monstro. Um monstro de coração obscuro e alma morta."
Já deu para perceber que eu super recomendo esse livro não é? Hahaha, na verdade ele entrou para a minha lista de melhores leituras do ano.
Não deixem de conferir as resenhas dos livros anteriores hein!! Bjs e até a próxima resenha!!

A Morte de Sarai , O Retorno de Izabel

14 comentários

  1. Oi Marcinha, tô curiosa e preocupada com esse final, mas quero sim ler e pra falar a verdade já devia ter lido rsr, li os dois primeiros tem um tempo e gostei demais da trama e faz tempo que esse livro tá esquecido na lista dos livros que quero ler, a resenha reascendeu a vontade de ler e acho que ele vai subir umas casas pra que eu possa adquiri-lo ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mulher não pense muito, tu não sabe o que está perdendo de descobrir, hehehe!! Leiaaaa😂😂

      Excluir
  2. Mah Marcinha que isso.
    Meu coração sofreu, raridade, com essa resenha. Quanta dor e sofrimento esse homem passa.
    Acredito nessa teoria de que somos moldados, pois amadurecemos com aa coisas quw ocorrem e que passamos na vida.
    Partiu procurar essa trilogia.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quel eu amei esses livros e digo de coração super recomendo. Esse aí então, nunca vou me cansar de recomenda-lo, hehehe!!

      Excluir
  3. Olá! Não conheço a série. Pele resenha dá pra deduzir que é uma história bem intensa. Quando presumimos algo sobre um livro e depois descobrimos que nada do que pensávamos era verídico isso nos dá um sentimento de frustração, mas ao mesmo tempo é fascinante ver que o autor nos enganou tão bem hahaha. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é a marca dessa autora viu. A danada nos surpreende bem na hora em que achamos que sabemos o que virá a seguir, rsrs. Qd puder leia esses livros Aline, acho que você iria gostar😉.

      Excluir
  4. Marcinha!
    Estou com os dois primeiros livros aqui e em breve espero poder ter esse a mão e começar a leitura deles, porque só quero iniciar uma série quando tiver todos os exemplares para não ficar na agonia de ter de esperar.
    Achei ótimo ver que o desfecho ficou a contento e que ainda temos a possibilidade de nos apaixonarmos pelo assassino, um verdadeiro crush...kkk
    Desejo um mês repleto de realizações e um ótimo final de semana!
    “A vida guarda a sabedoria do equilíbrio e nada acontece sem uma razão justa.” (Zíbia Gasparetto)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE AGOSTO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  5. Eu simplesmente amo os livros dessa autora!! Eu amei o primeiro livro dessa série, gostei também do segundo (mas não tanto quanto o primeiro), e me apaixonei por esse livro! No começo eu também ficava sem entender como a Cassia conseguia passar por tudo isso e ainda amar ele, mas quando teve aquela revelação literalmente bafônica, também fiquei completamente chocada. E eu também sofri bastante com o Fredrik, aquele final acabou comigo. Agora estou doida pelos próximos livros dessa série (só espero que a Suma continue publicando a série, porque ela é perfeita...)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Olá, a série se sobressai por abordar uma nova perspectiva dos assassinos, aqui o foco não é para a sede de sangue e sim para evolução pessoal. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Tenho muita vontade de ler esta obra, principalmente porque já li outras obras desta autora, e gostei muito da sua estória e de suas estória. Vejo que vamos nos deparar com uma estória muito bem desenvolvida, e iremos conhecer um personagem bastante sádico, e com problemas psicológicos, e pelo visto a autora consegue trabalhar isto de maneira muito clara. Tenho altas expectativas em relação a esta obra.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá.
    Sinceramente não conhecia a série. A proposta da autora, é bem interessante. Fiquei curiosa para saber mais dos personagens e o enredo que os envolve. Espero ter a oportunidade de conferir.
    Resenha perfeita!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Eu já li o primeiro livro dessa série, e gostei muito do livro. Ele é bem diferente do que eu imaginava (eu estava esperando algo tpo Entre o Agora e o Nunca). Mas eu gostei muito do livro, ele me prendeu do início ao fim. Estou com muita vontade de ler os próximos livros. Esse livro também parece ser muito bom mesmo. O Fredrik é bem diferente da maioria dos protagonistas que vejo, e fiquei super curiosa pra saber mais da Cassia e da Seraphina. O livro já está nas minhas próximas leituras.
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Um livro bastante interessante e bem sadico. A premissa do livro é bem incrível, tem uma história bastante assistadora é um romance bem raro, achei bem legal o livro e me chamou bastante minha atenção.

    ResponderExcluir
  11. Oi! Nunca ouvi falar dessa série, mas só de ver que é uma história de assassinos eu já me interessei, pois amo esse gênero de livros. Vou procurar as outras resenhas! Beijoss

    ResponderExcluir