Dinastia de Ladrões - Vow of Thieves, 02 - Mary E. Pearson

12 de dezembro de 2020

Título: 
Vow of Thieves
Autor: Mary E. Pearson 
Páginas: 464
Ano: 2019 
Editora: DarkSide® Books
Gênero: Aventura, Fantasia, Ficção, Jovem adulto, Literatura Estrangeira
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:    
Sinopse: A conclusão de uma jornada emocionante no universo das Crônicas de Amor & Ódio.
A trilogia Crônicas de Amor & Ódio encantou os leitores da DarkSide® Books com sua trama inteligente, disputas políticas e reviravoltas mil. O universo criado pela premiada escritora Mary E. Pearson se expandiu na duologia Dinastia de Ladrões, e levou os apaixonados leitores a revisitarem este mundo fantástico que, a cada história, cresce e se fortalece.
Para todos os leitores que ficaram em choque com o final de Dance of Thieves, a DarkSide® Books apresenta uma novidade: Vow of Thieves, o segundo e último livro da duologia Dinastia de Ladrões. Chegou a hora de obter respostas para as perguntas que ficaram na ponta da língua.
Kazi e Jase têm suas vidas entrelaçadas, agora mais do que nunca. O futuro parece belo e promissor, mas uma repentina desventura arrasta cada um deles para seu próprio inferno. Eles se veem capturados em uma teia de enganos tecida por seus maiores inimigos — e diante de um lugar onde as traições são mais profundas do que era possível imaginar. Ambições longínquas ameaçam destruir os dois.
Vow of Thieves tem romance, ação, aventura e charadas de sobra para deixar os leitores do maravilhoso universo de Mary E. Pearson cada vez mais apaixonados. Com uma narrativa repleta de tensão, fugas estratégicas, planos de última hora e muitas lutas travadas, a autora presenteia os leitores com uma história perspicaz, divertida e empoderada — em outras palavras, o desfecho perfeito.
A voz de Mary E. Pearson ressoa no coração de milhares de brasileiros, e a autora foi recebida de braços abertos pelos leitores apaixonados da linha DarkLove. A coleção da DarkSide® Books dedicada a revelar novos talentos femininos da literatura, deste mundo e de tantos outros, tem uma rainha em sua história.
E a rainha nos espera.

Resenha:

“O dragão conspirará,
Usando suas muitas faces,
Enganando os oprimidos, reunindo os perversos,
Empunhando o poder, como um deus, imbatível.
Canção de Venda.”

Vow of Thieves... Acredito que nem sei por onde começar essa resenha...

Que livro!

O último livro da duologia da autora americana Mary E.Pearson, Dinastia de Ladrões, cumpre exatamente o que ficou prometido com o primeiro livro Dance of Thieves, que é uma história de fantasia épica, para arrebatar nossos corações.

                         

No Brasil, é publicado pela editora Darkside Books, que presenteia os leitores com uma edição belíssima. Do selo Darklove, ele é capa dura e com uma diagramação delicada que combina muito com os demais livros da autora da editora. Tão lindo que ainda me arranca suspiros toda vez que olho para ele.

“Lideres realmente grandiosos não tem de correr atrás do amor. O amor vai ao encontro deles...”

Antes de falar da minha experiência de leitura desse livro maravilhoso vou relembrar brevemente o primeiro livro. Mas aqui nós temos resenha de todos os livros da autora, para conhecer um pouco mais de cada um deles, basta clicar na imagem abaixo:




Na série inicial, As Crônicas de Amor e Ódio, conhecemos a jovem princesa Lia, que foge no dia de seu casamento e desencadeia uma onda de acontecimentos que a levam em uma jornada que não somente a levará ao seu grande amor, mas o destino de sua vida e mudará o destino de todo o mundo como é conhecido.

Uma guerra, segredos do passado desvendados e um novo mundo é o legado da série inicial, para a duologia Dinastia de Ladrões.

“Kazi de brightmist... você é o amor do qual eu não sabia que precisava.”

Aqui temos a jovem Kazi, uma raatan – jovem treinada nas artes da guerra e soldada do exercito pessoal da rainha, que junto a suas duas companheiras, é enviada a Torre de Vigília de Tor, uma cidade controlada por uma família chamada Ballenger, que se auto proclama ser a verdadeira senhora daquela cidade e povo, mesmo que a cidade esteja nos domínios de um rei, que no primeiro livro, nada mais é que um tolo.



Com a missão de descobrir o que acontece realmente no lugar e uma outra missão secreta, Kazi, conhece Jase, o novo Patrei da cidade e com ele vive uma aventura que mudará a vida de ambos.

Com direito a traições e reviravoltas o primeiro livro acaba com uma promessa de felizes para sempre, porém o segundo já começa quebrando nossos corações.

Em Vow of Thieves, temos agora Kazi e Jase, lutando por suas vidas e pela vida de todos que lhe são importantes.

Porque enquanto Kazi levou Jase, da cidade contra a vontade dele e da família do mesmo, algo horrível se desenrola.

Nesse ponto eu vou parar de falar da trama em si para que todos possam ser surpreendidos pela criatividade de Mary, ela tece uma intricada teia de manipulações e traições desde o primeiro livro, várias situações que acreditamos já saber sobre tudo no primeiro livro, vamos descobrir que não sabemos de nada na realidade. A traição é um punhal afiado.

O antagonista desse segundo livro me surpreendeu muito, e foi extremamente interessante conhecer este personagem realmente, sua mente e os motivos que o tornaram ser quem é. E provando que sabe muito bem tornar sua história muito bem entrelaçada, personagens da primeira série aparecem de forma pontual e importante, e ações do passado são as causadoras da tragédia deste livro.

É um livro com bastante ação e tensão, porém, ainda é um livro de fantasia delicado e cujo cerne é amor e lealdade. Kazi e Jase são dois personagens complexos, e do tipo de heróis que desperta nossos corações, o conquistando.

“... Nunca. Nem em mil amanhãs eu lamentaria. Meter-me em encrenca com você me faz feliz. Eu amo você com todo o meu fôlego...”

Também é uma história de amor, da importância da família, do legado e da história. Da responsabilidade de quem está no poder de proteger aqueles que vivem sobre a sua sombra.

“A Torre de Vigília de Tor. Cabe a você agora. Protegê-los.”

Como podem ver, eu simplesmente amei esse livro. As crônicas de amor e ódio já são livros que eu amo demais, e os personagens são maravilhosos, mas nesta duologia Mary, mostra o crescimento de sua escrita com uma história mais madura, que nos leva pontualmente ao passado nos momentos corretos, para mostrar o quão o passado molda as futuras gerações, e também responde algumas perguntas interessantes que todos os leitores deste universo têm.




O final do livro é de trazer algumas lágrimas aos olhos, mas não foi somente neste ponto que chorei.

Recomendo a leitura para todos os fãs de fantasia, e de livros emocionantes, com uma pitada de ação, reviravoltas e romances. Leiam essa duologia! Ela é apaixonante.

Já a espera do próximo livro da Mary, e espero que não demore.

Até a próxima.

13 comentários

  1. Eu ainda consigo me emocionar muito com o jogo de imagens/fotos que são feitas nas postagens! Acho isso um presente delicado a quem está aqui do outro lado!
    Eu ainda não li os livros,mas como fã de fantasia, eles estão com certeza, aqui na infinita listinha de desejados!
    As edições da Dark são lindíssimas e não dá para negar que a danada cobra caro pelos livros,mas cada centavo é muito bem empregado!
    Espero muito ler eles!!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  2. Vivian!
    As edições da Darkside são sempre um luxo.
    Não li ainda nada da autora, entretanto, pela resenha com um pequeno resumo dos anteriores, parece uma fantasia bem escrita e que prende o leitor do início ao fim.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Tenho tanto medo de eu nao conseguir ler essa duologia e a darkside nao publica mais kkkkcrying. Designs lindos e quero dar continuidade ja que li a trilogia inicial e ja curti e falam que esses sao muuuito melhores como a sua resenha tb.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Vivian!

    Primeiramente, estou extremamente apaixonada pelas capas dessa duologia que nem conhecia. Eu não sou muito fã das capas da Darkside, porque no geral, são muito poluídas, embora o conteúdo sempre seja bem caprichado, mas essa duologia está de tirar o chapéu. O que mais gostei é: são só dois livros!!! HAHAHAHAHA Pensa numa pessoa que não gosta de séries longas. Fantasia é um dos gêneros que menos leio, mas vou considerar ler esses livros.

    ResponderExcluir
  5. OLA
    A ediçao está belissima ,não tenho nenhum livro dessa editora .Um dos motivos é o preço ,muito alto . essa duologia parece ser bem frenetica ,com todos os ingredientes de uma boa fantasia ,envolvendo uma serie de fatores que prende o leitor. esses enredos que contem traições ,romances ; mas que tambem mostra o valor da lealdade ,do amor deixa até mesmo os que não são tão fãs de fantasia querendo ler .como é o meu caso . E o melhor de tudo é que são apenas dois livros . otima resenha

    ResponderExcluir
  6. Sempre que vejo uma resenha assim me pergunto porque não leio mais fantasias. Esse ano coloquei o mês setembro como meta ler ao menos 2 fantasias, porque se não fico só nos romances kkkkk Consegui... li Princesa das Cinzas e o primeiro da série As Peças Infernais. Fiquei tão feliz! Comprei nessa black friday o box da Cassandra, quero muito continuar nas minhas férias.
    Fiquei muuito animada com sua resenha, deu vontade de ir correndo conhecer. Você colocou só pontos positivos que eu adoro em um livro, e vamos combinar que as capas são lindas né??? Coloquei na minha listinha :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Como não desejar uma duologia que nos leva de volta a esse universo tão intenso e empolgante? Ainda mais com uma capa tão baphonica quanto essa.

    ResponderExcluir
  8. Olá Vivian!
    Eu li o primeiro livro da outra trilogia da autora e confesso que não gostei, embora a proposta fosse de fato muito interessante.
    Mas aqui vejo que há um foco maior em fantasia, e como um fã do gênero é claro que surge aquela faísca de curiosidade, ainda mais quando temos como protagonista uma mulher tão forte e destemida.
    Além disso, o desfecho não parece decepcionar, entregando boas cenas de ação sem deixar contudo de introduzir um pouco de romance para equilibrar um pouco as coisas.
    Como se trata de duologia, a leitura deve ser bem ágil, e essa edição está linda.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Olá! Muito me interessa essas respostas para acontecimentos desse universo, afinal esse ano, finalmente, li a trilogia Crônicas de amor e ódio e adorei, só não AMEI por causa daquele final, enfim, agora que sei um pouco mais sobre essa duologia preciso arranjar um tempo para poder ler mais esse dois livros desse universo tão rico e maravilhoso.

    ResponderExcluir
  10. Oie Vivian! Eu sou apaixonada pelas capas de todos os livros dessa autora, e sou doida pra ler essa duologia. Acho a história super interessante, e já tenho até o primeiro livro. Mas queria começar só quando terminasse a outra série, e já fiquei feliz por saber que a autora teve uma evolução nessa duologia.

    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  11. Olá Vivian!
    Eu li As Crônicas de Amor e ódio e gostei bastante, apesar de ter me incomodado um pouco com a imaturidade dos personagens, mas como nessa duologia você falou que a trama é mais adulta eu já fiquei animada pra ler. Adoro as reviravoltas que a autora cria, ela tem muita criatividade mesmo. Está pra nascer o dia em que a Dark side vai nos decepcionar com suas edições, e espero que esse dia nunca chefe.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. O melhor de tudo são essas capas, daria ate orgulho de ler! darkside nunca decepciona ne... fiquei cm vontade de ter esse

    ResponderExcluir
  13. Oi,
    Eu não gostei de The kiss of deception, mas amei sua resenha. Pelo jeito é um livro que aborda muitos temas e com carisma, boa escrita e personagens interessantes.
    A capa ta um primor.
    Bjs

    ResponderExcluir