Uma Herdeira Apaixonada - Os Ravenels, 5 - Lisa Kleypas

24 de novembro de 2019

Título: Uma Herdeira Apaixonada - Os Ravenels, 5
Autor: Lisa Kleypas
Páginas: 282
Ano: 2019
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:  
Sinopse: Viúva ainda jovem, Phoebe já viveu um grande amor e não cultiva mais ilusões românticas. Agora, ela precisa ser prática – e cuidar dos dois filhos pequenos e da propriedade da família. Mas quando vai passar alguns dias no Priorado Eversby, a bela dama se surpreende ao conhecer um cavalheiro incrivelmente charmoso.

Seu encanto se desfaz no momento em que ele se apresenta como ninguém menos que West Ravenel: o homem que tornou a vida de seu falecido marido um tormento. E ela jurou nunca perdoá-lo por isso.

West sabe que é um homem com um passado manchado e que não está à altura de uma mulher como Phoebe, mas, ao conhecê-la, é consumido por um desejo irresistível e um sentimento inteiramente novo. Sem terras nem fortuna, tudo que ele pode lhe oferecer é prazer.

O que West não imagina é que, apesar da aparente ingenuidade, Phoebe está decidida a tomar as rédeas da própria vida. Será que essa paixão esmagadora será suficiente para superar os obstáculos do passado?

Para ler as resenhas anteriores, clica nas imagens abaixo:



Resenha: E nossa senhora! Felizmente para mim que adoro séries longas, eu acho que essa ainda não acabou! Porque tem mais uma irmã para casar né? A Gêmea da Pandora!

Mas bom, deixemos a menina para depois e vamos focar na Phoebe e no West!

O West apareceu já no primeiro livro. Quando o irmão dele herdou um título, propriedades, a viúva do primo que morreu e mais três primas para cuidar. Ele bem que poderia ter vendido tudo, mas a viúva o encantou, o que fez com que West, que é inseparável do irmão, fosse junto para a propriedade.

"-Ah, por favor - disse ele, bem-humorado. - Não é possível que não tenha percebido como ele a olhava, como se você fosse uma lagosta prestes a ser cozida. Faz tanto tempo que já nem sabe identificar quando um homem se sente atraído por você?"

Ele era um libertino, que vivia bêbado, não respeitava ninguém, fora de forma completamente. Até meio gordo pelo que deu a entender lá no primeiro livro!

Mas tudo muda quando ele acaba assumindo os cuidados das propriedades para ajudar o irmão, ele encontra ali um abjetivo de vida. Algo que faz e faz bem. Que gosta de fazer.

"A carta que Raphael mandou para Gabriel ontem dizia: 'Caro irmão, parabéns pelo casamento. Sinto muito não estar presente para alertar sua noiva do imbecil inútil que você é. Com todo o meu amor, Raphael.'"

O West que conhecemos no primeiro livro já não exite mais. Agora ele é o administrador das terras do irmão. Bebidas e libertinagens são coisas do passado e seus quilos a mais ficaram no caminho para dar ludar a um cara lindo, atlético e muito trabalhador.

Mas solteiro. Ainda!


Então ele conhece Phoebe, que o odeia, mesmo sem conhecê-lo, já que West foi o terror do marido na escola e o marido de Phoebe era uma pessoa muito doente, todo sensível, mas a amava de verdade. Sabendo que ia morrer logo, deixou a vida da esposa toda ajeitadinha. Com dois filhos e um provável casamento arranjado com um primo dele, que convenientemente administrava as terras que viriam a ser do filho de Phoebe e do então falecido marido...enfim, tudo certinho né?

"Isso foi um acidente - disse Ravenel acima da cabeça dela, ofegante.
- Sim - Concordou, ainda zonza. - Eu compreendo.
- O livro estava caindo...eu fui pegá-lo e...sua boca estava no caminho."

Até que no livro Um Acordo Pecaminoso, Pandora conhece Gabriel, irmão de Phoebe. Agora estão todos reunidos na propriedade rural da família de Pandora para o casamento, e claro, Phoebe vai ter que tolerar West.

Mas ela acaba percebendo, não com muita dificuldade, que tolerar West não é tão difícil assim, ao contrário, é até bem fácil conversar com ele! Claro que daí vai surgir uma amor avassalador, que ambos lutam para evitar, e lógico que evitar não vai ser nada fácil, principalmente quando suas famílias não ajudam muito quando o objetivo é mantê-los separados!

"Sra. Bracegirdle, ele é apenas semidomesticado - Disse Phoebe, lançando um olhar divertido e incrédulo para a babá.
- O que é isso milady...Não há homem vivo que a senhora não seja capaz de domar..."

Como todos os livros da série, eu adorei! É uma leitura rápida e divertida! Leve com cenas picantes é bem verdade, mas o romance é bonitinho e apaixonante!

8 comentários

  1. Mesmo sem ter lido nenhum dos livros dessa série, acompanho todas as resenhas e desde o início e valhei-me minha Nossa Senhora dos homens que mudam com o tempo!rs
    Acho que todas as resenhas, esta foi a que mais deu vontade ler o livro e saber como tudo terminou(tomara que bem)
    Uma jovem com uma dor, um sentimento ruim, um homem com um passado daqueles e tendo que mudar a custa também de dor e perdas. Um encontro!
    Ai ai..suspira!!!
    Lisa é uma das grandes promessas dos romances de época e com certeza, já quero todos os livros!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. Denise,
    Adoro as resenhas de romance de época do blog. Fico nervosa para ler todas. Essa parece ser uma história interessante. Então, nosso protagonista mudou de vida e tem um passado conturbado com o marido falecido de Phoebe? Parece muito interessante. Eu adoro romances avassaladores e esse parece ser cheio de descobertas. Adorei a indicação.
    Ótima resenha,
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  3. Olá! A.M.E.I. esse livro, estava ansiosa pela história do West, foi incrível acompanhar nos livros anteriores seu amadurecimento, e nesse entender melhor suas ações, Phoebe também é uma personagem ótima, (também né filha de quem ela é, não poderia ter sido diferente), e foi ótimo rever os personagens da série As Quatro Estações Do Amor da autora, me despertou aquele desejo de reler os livros, outro personagem que roubou meu coração foi o pequeno Justin, agora é aguardar a conclusão da série com a história da Cassandra.

    ResponderExcluir
  4. Olá Denise!
    As capas dessa da série da Lisa Kleypas são LINDAS, sonho em ter essas belezinhas na minha estante.
    Neste volume, o leitor se depara com uma história de época padrão, e o ponto negativo é o fato de que falta originalidade e profundidade nos protagonistas, que por conta da caracterização genérica são ofuscados, e, ouso dizer, facilmente esquecíveis.
    É claro, contudo, que a obra não deixa de ser um entretenimento divertido, sem contar que a escrita de Kleypas é muito acolhedora, atraindo a atenção do leitor.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Estou bastante interessada por ler essa serie, já li varias resenhas dos demais livros e me agradou bastante a trama, esse não seria diferente. Tem uma ótima premissa e um romance fofo. Espero ler logo!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  6. 😍😙 oieee
    Esses livros parecem tão fofinhos! Adorei
    Ja quero ler ❤

    ResponderExcluir
  7. Denise!
    Preciso continuar a leitura dos livros dessa série.
    E saber que tem muitos trechos hots e um romance fofo, já estou aqui querendo acompanhar toda mudança que acontece com West e seu relacionamento.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  8. Oi, Denise
    Tô louca para iniciar essa série.
    Confesso que não gosto muito de romances de época, mas essa dos Ravenels parece ser linda, romântica e muito divertida.
    Que legal que o West mudou pra melhor, é sempre ótimo ver os personagens crescerem, e já deu pra ver que será meio gato e rato a relação dele com a Phoebe! kkkk
    bjss

    ResponderExcluir