Um Acordo Pecaminoso - Os Ravenels, 3 - Lisa Kleypas

12 de dezembro de 2018

Título: Um Acordo Pecaminoso - Os Ravenels, 3
Autor: Lisa Kleypas
Páginas: 304
Ano: 2018
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance de Época
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:  
Sinopse: Lady Pandora Ravenel é muito diferente das debutantes de sua idade. Enquanto a maioria delas não perde uma festa da temporada londrina e sonha encontrar um marido, Pandora prefere ficar em casa idealizando jogos de tabuleiro e planejando se tornar uma mulher independente.

Mas certa noite, num baile deslumbrante, ela é flagrada numa situação muito comprometedora com um malicioso e lindo estranho.

Gabriel, o lorde St. Vincent, passou anos conseguindo evitar o casamento, até ser conquistado por uma garota rebelde que não quer nada com ele. Só que ele acha Pandora irresistível e fará o que for preciso para possuí-la.

Para alcançar seus objetivos, os dois fazem um acordo curioso, e entram em uma batalha de vontades divertida e sensual, como só Lisa Kleypas é capaz de criar.

Este livro foi cedido pela Editora Arqueiro, porém as opiniões são completamente sinceras. Não sofremos nenhum tipo de intervenção por parte da Editora. 

Leia as resenhas dos livros da autora aqui.

Resenha: Que história mais fofa e mais picante! Me surpreendi com esse livro, ainda mais porque eu  li os três em sequência, apesar de ter gostado bastante da história do casal, não é o meu par preferido, devo confessar. Talvez não tanto pelos personagens, mais mesmo pela tanto de descrição que a autora fez, de tudo!

Bom, mas vamos falar um, pouco desses personagens um tanto diferentes.
"Toda mulher é um mistério, não para se compreender, mas para se apreciar."
Pandora, já havíamos conhecido desde o primeiro livro, ela e sua gêmea Cassandra foram criadas meio que "a vontade", por assim dizer. Seus pais não davam muita importância para as filhas e após a morte deles, o irmão mais velho se importava menos ainda. Então lá no primeiro livro, quando o irmão sofreu um acidente e morreu, um primo distante, assumiu a responsabilidade pelas meninas, juntamente com sua irmã Helen e a então viúva. Pela primeira vez,  elas tiveram uma família de verdade. O tempo passou e chegou a hora de as garotas serem apresentadas à sociedade. E aí começa o martírio de Pandora.
"O casamento costuma ser a pior coisa que acontece a uma mulher, por sorte, isso nunca as detém."
Ela não dança, fica sempre arrumando desculpas para rejeitar à todos e acaba sempre ficando em um canto no salão. Mas nunca contou à ninguém o grande segredo que guarda e a faz ser assim, tão reclusa. Além de ser uma menina selvagem, um espírito livre que não pretende obedecer à marido nenhum. Quer mesmo é poder se virar sozinha.

Acontece que para ajudar uma amiga, ele se mete em apuros, ficando presa em um banco ao tentar juntar um brinco para devolver à dona. E é nesse momento que Gabriel a conhece, ou melhor, conhece o traseiro da garota, que está presa em uma posição pra lá de estranha e comprometedora.
Gabriel, o lorde St. Vincent, não pretendia se casar, até ser pego em uma situação que não dava à ele outra alternativa. O rapaz já era confundido com um libertino da pior qualidade, visto que seu pai, na juventude, o foi. Seu pai aliás, e sua mãe, já são velhos conhecidos da gente, ele é filho de Evie e Sebastian, personagens do livro  Pecados no Inverno ( As quatro estações do Amor, 3), (você encontra a resenha no link acima) e eu achei muito gostoso ler como esse casal estava agora, tanto tempo depois!
"Milady,
Seu chinelo foi sequestrado. Se algum dia quiser vê-lo de novo, venha sozinha ao salão formal de visitas. Para cada hora de atraso, um enfeite será removido.
St. Vincent"
Mas bem, em nome da honra de Pandora e do nome da família de Gabriel, ele está decidido à se casar, ainda que aquela garota seja o contrário de tudo o que ele imaginava para uma esposa. O problema é que ela não está nem aí para o que vão dizer e casar não está em seus planos. Nunca!
"–Maldição – murmurou o homem que a encarava. – Quem é a senhorita?
–Lady Pandora Ravenel. Direi a eles...
A voz de Pandora falhou quando ela se viu olhando para um jovem deus de aparência arrogante, alto e de ombros largos, exalando graça felina."
A solução então foi convidar Pandora e sua família para passar uma semana na casa dos pais de Gabriel, para se conhecerem melhor....Ah e vão se conhecer viu....muito bem!
"– Você é tão linda... tão preciosa para mim... Não estou lhe pedindo sua rendição. Estou lhe oferecendo a minha. Tem que ser você, Pandora... apenas você... pelo resto da minha vida. Case-se comigo... Diga que vai se casar comigo."
Apesar de tanta descrição da parte da autora, tanto dos ambientes quanto das roupas, gostei da história. Pandora, que me parecia uma menininha boba e indefesa se mostrou forte e determinada. decidida a não se dobrar à ninguém, nem mesmo ao marido!

Esse livro é mais apimentado que as anteriores, apesar disso é uma leitura gostosa, rápida e fluída que, como todo romance de época, deixa sempre com gostinho de quero mais.
"Pegue um marido exausto e administre repouso compulsório na cama. Aplique quantos abraços e beijos forem necessários até os sintomas se amenizarem. Repita quando necessário."


8 comentários

  1. Oi Denise, tudo bem? Eu estou babando nas capas dessa série, tão maravilhosas. Ainda não tive a oportunidade de começar a ler, mas espero em breve ler o primeiro e me deliciar com os Ravenels... cada resenha só enaltece as qualidades das histórias, e estamos falando de Lisa Kleypas, então é certeza de destaque no romance de época.
    Beijos, Adri
    Espiral de Livros

    ResponderExcluir
  2. Oi, Denise!!
    Adoro os livros da Lisa Kleypas e estou louca para ler esse série Os Ravenels. Gostei muito da Pandora e achei uma personagem super forte e determinada a não se casar e o Gabriel é que vai fazer de tudo para salvar a honra da família. E também achei bacana a autora colocar o Gabriel como filho de Evie e Sebastian, personagens do livro Pecados no Inverno por que vamos matar a saudades da Evie e Sebastian e descobrir um pouco como eles estão depois de tantos anos.
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Olá, confesso que também não gosto muito de excesso de descrição, pois costumo me distrair facilmente haha. Porém, esse fato de não desmerece a trama maravilhosa de Kleypas, que entrega ao leitor uma história divertida recheada de diálogos ácidos que combinam perfeitamente com romances de época. A construção da relação dos protagonistas também não deixa a desejar, sendo que o leitor rapidamente passa a torcer pela casal. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Gosto muito da escrita Lisa, esse livro parece ser muito divertido, estou doida para ler, Pandora é uma mocinha bem diferente, e super me identifiquei com ela, afinal também tenho uma irmã gêmea. Também é muito bacana que o mocinho desse livro seja o filho do casal de outra série (que li, e amei!), pois é sempre encantador saber como anda a vida dos nossos personagens favoritos, e pelo visto ele pode não ter puxado a libertinagem do pai, mas puxou o carisma e força de vontade.

    ResponderExcluir
  5. Já gostei pela garota com muito mais do que só uma garota boba. Ela é forte, tem uma personalidade legal e umas coisas bem diferentes. Gostei do jeito que esse casal se encontra e como uma coisa leva a outra. Tem aqueles clichês desse tipo de história mas também parece ótimo de ler. O casal me parece bom. E amei a ligação com os personagens que mais amei na outra série dela. Só isso já me deu aquela vontade de ler. Espero conseguir!

    ResponderExcluir
  6. Olá Denise!
    Adoro quando os autores resgatam personagens das séries anteriores e dão um panorama ao leitor de como foi a vida deles depois do "felizes para sempre". Eu gostei bastante da premissa dessa nova série da Lisa, porém sou suspeita pra falar pois amo romances de época. Pandora em especial me cativou com esses pensamento de ser uma mulher independente, muito ousado para a época. Não vejo a hora de ler essa história.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, Denise
    Apesar de nunca ter lido nada da autora, tenho gostado muito dos livros dessa série.
    Gostei da premissa do livro, que Pandora é forte, geniosa e que a autora trouxe personagens de outro livro. Uma maneira de saber mais da vida deles.
    Quero muito poder conferir essa série de pertinho.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Não sou muito chegada à romances de época, mas tô tentando ler mais ultimante devido ao tanto que me indicam.
    Li Uma chance para recomeçar também da Lisa Kleypas na véspera de natal e adorei, e agora quero ler algum de época dela.
    Um acordo pecaminoso parece ótimo, fofo, muito divertido e muitoooo romance!
    A Pandora parece ser bem engraçada kkk
    bjs

    ResponderExcluir