Amante Revelado - Irmandade da Adaga Negra, 4 - JR Ward

7 de julho de 2019

Título: Amante Revelado - Irmandade da Adaga Negra, 4
Autor: J.R. Ward
Páginas: 496
Ano: 2010
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Erótico, Fantasia, Ficção, Literatura Estrangeira, Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:    
Sinopse:
Butch O’Neal é um lutador por natureza. Ex-policial da divisão de homicídios, durão, ele é o único humano que já foi admitido no círculo da Irmandade da Adaga Negra e deseja mergulhar ainda mais fundo no mundo dos vampiros, na guerra contra os redutores. Não tem nada a perder. Seu coração pertence a uma vampira, uma beldade aristocrática inatingível para ele. Se não pode ter Marissa, então, pelo menos, quer lutar lado a lado com os Irmãos.
O destino o amaldiçoa realizando precisamente o seu desejo. Quando Butch se sacrifica para salvar um vampiro dos assassinos, cai vítima da força mais sinistra dessa guerra. Deixado para morrer, é encontrado por um milagre, e a Irmandade recorre a Marissa para trazê-lo de volta. Mas mesmo o seu amor pode não ser suficiente para salvá-lo


Resenha:



Está é a nossa quarta resenha da IAN, caso queiram ler as três primeiras cliquem nas imagens abaixo.




“- A escuridão nunca vai me levar. Porque eu tenho você. Luz da minha vida.”

No quarto livro da série Irmandade Da Adaga Negra, publicado no Brasil pela Editora Universo Dos Livros. Temos a historia de Butch, um humano e a beleza da raça a vampira Marissa.

Este livro é um dos mais controversos da série, por um simples fato, muitos fãs estavam torcendo para que Butch acabasse se envolvendo com outro vampiro da irmandade, porém, o ex detetive, irlandês, católico e fanático pelo Red Sox, só tem olhos e coração para uma única vampira desde o primeiro livro.

Butch, passou por um grande trauma ainda muito jovem, sua irmã mais velha foi atacada e brutalmente morta, quando ele tinha onze anos, sua vida nunca mais foi à mesma, apesar de sempre ter tido um relacionamento ruim e distante com seu pai, após a morte da irmã, a culpa, por não ter conseguido a salvar, já que ele foi o ultimo da família a ver sair, não o deixou. A vida familiar piorou e assim que foi possível, ele abandonou Boston e nunca mais voltou.

Dedicou a sua vida a ser um policial e garantir que criminosos como os que destruíram sua irmã fossem encontrados e punidos.

Ao descobrir a existência de uma raça a parte, Butch que nunca encontrou um lugar para si no mundo, acaba encontrando entre eles. O vinculo de amizade entre ele e o vampiro Vishous da irmandade, é um dos mais fortes da série, e neste livro, temos além do romance entre ele a Marissa, o relacionamento entre ele e Vishous, que está apaixonado por ele.

“- Então, essa é a minha história, Marissa. Sempre tive um pedaço faltando, por toda a minha vida. Sempre fui diferente das outras pessoas, não apenas em minha família, mas quando eu estava trabalhando aqui na policia também. Eu nunca me encaixei... ate conhecer a Irmandade. Conheci as pessoas de sua espécie e, droga, agora eu sei por que.”

Butch é experiente enquanto Marissa é ingênua, e o romance entre eles é muito divertido, para nós que estamos lendo, acredito que eles tenham sofrido muito, Butch colocou Marissa em um altar, e tem medo de fazer qualquer coisa que possa assustar, o fato dela ser uma vampira e ele um humano também atrapalha muito, a sociedade vampiríca simplesmente não aceita muito bem relacionamento entre humanos e vampiros, e ela por pertencer a glymera – a nobreza da sociedade vampiríca – tem um irmão que simplesmente a renega ao ver que ela esta envolvida com um humano.

Mas ao ser seqüestrado pela sociedade redutora, os inimigos da raça e usado pelo próprio Omega, para ser transformado em uma arma contra a irmandade a vida de Butch se altera totalmente.

Ao ser resgatado por Vishous, Butch, está permanentemente envenenado pela essência de Omega, porém, isso também revelou que ele faz parte de uma antiga profecia da raça. E trouxe uma verdadeira revelação de sua origem.



Então como podem ver, o livro tem muita ação, romance, e amor em suas mais variadas formas.

O relacionamento de Butch com Marissa e Vishous é incrível. Amor romântico e o amor fraternal em sua maior potencia.

Um livro excelente que expandiu ainda mais a visão como um todo que temos do mundo dos vampiros e suas complexas estruturas de sociedade.

Marissa, tem um crescimento como personagem incrível, neste livro e ao final dele, não somente a vida de Butch muda, e sim a dela, ela se reinventa e se tornar uma das shellan com missão pessoal mais interessante da saga.

Leiam este lindo livro, para acompanharem a jornada do casal para encontrarem seu lugar no mundo e no coração um do outro.

E como já esperado, neste livro tivemos muito foco em Vishous, o guerreiro conhecido por ter a mente mais brilhante e carrega em si um poder capaz de destruir a todos, recebe um importante foco, e é dele o próximo livro, onde ele irá conhecer sua fêmea e ver que o que ele sentia pelo amigo não era o amor destinado a ser seu.

Vemos-nos na próxima resenha com Amante Liberto.

Até.




6 comentários

  1. Pra mim não foi controverso nada. Gostei do casal. O V. e ele tem uma conexão muito legal e não reclamaria se a coisa fosse pra outro lado, mas achei que esse personagem combinava mais com a outra la mesmo. O V. precisava de mais. Adorei o que foi feito com esse casal e ficou bem aquela coisa de feitos um pro outro. As coisas que ele passa e como ficou esse bromance com o da irmandade foi bem legal. Ação e romance e muita coisa doida acontecendo. Foi um livro que gostei pelos rumos que o personagem levou e como acabou se encaixando melhor na irmandade. Não me animou tanto quanto os outros mas foi bom. E ja deixou aquela ponta pra outro personagem que só anima de ler mais.

    ResponderExcluir
  2. Olá Vivian!
    Nesse quarto volume da série, podemos perceber que J. R. Ward se aprofundou melhor no universo, fazendo com que o leitor possa conhecer melhor essa mitologia envolvendo vampiros, bem como a hierarquia vigente. Além dessa expansão, o desenvolvimento dos personagens permanece excelente, sendo que Butch rapidamente conquista a simpatia do leitor, sem contar que sua amizade com Vishous é muito bem construída.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Eu sinceramente não consigo ver Vishous apaixonado por Butch, eu acho que ele o que ele sente pelo amigo parece mais um fascínio sexual misturado à amizade pura. Hahaha
    Devo confessar que Butch não é um dos meus preferidos da séria, justamente por ficar endeusando Marissa o tempo inteiro e colocando a vampira numa prateleira como se ela fosse de cristal (coisa que, convenhamos, ela não é). Mas a história de Butch ganha muito mais força nos livros que são destinados aos outros vampiros, e ele se torna essencial para a Irmandade, então não tem como não amá-lo depois de tudo <3

    Aguardando a próxima resenha de IAN, que provavelmente será incrível, pois será feita pela Vivis, a especialista em vampiros lindos.

    ResponderExcluir
  4. Vou admitir que só dei uma passadinha por cima desta resenha..rs
    Tenho somente o primeiro livro e sei que quando o ler, vou querer os demais. Mas com desemprego dentro de casa, estou nem podendo sonhar com a lista de desejados. Por isso, fico me segurando para não ler.
    Acho que será um caminho sem volta!
    A série é uma das mais elogiadas há anos e as capas e enredo são fascinantes, por misturarem todo este conjunto de situações e personagens!!!
    Em breve, a começarei!
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Olá! Confesso que eu sou uma das que torceu e muito por um romance de Butch com outra pessoa (risos), na verdade desde o primeiro livro, fiquei bem curiosa para saber como se desenrolaria a história desse humano tão singular, a autora está até perdoada por ter frustrado os meus planos, afinal Marissa também merecia seu final feliz.

    ResponderExcluir
  6. Olá Vivian!
    Fico admirada com como a autora criou personagens reais, cada um com um passado sofrido, ou um presente atribulado, o que faz com que criemos ainda maia empatia por eles. Esse casal que sofre com tanto preconceito me encantou demais. Estava triste por Vishous, mas ainda bem que ele vai encontrar um amor verdadeiro também no próximo livro. Ansiosissima.
    Beijos

    ResponderExcluir