Amante Sombrio - Irmandade da Adaga Negra 1 - JR Ward

6 de junho de 2019

Título: Amante Sombrio - Irmandade da Adaga Negra 1
Autor: JR Ward
Páginas: 468
Ano: 2009
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Erótico, Fantasia, Ficção, Literatura Estrangeira, Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:    
Sinopse:
Uma Irmandade secreta, formada pelos seis vampiros mais fortes e poderosos defensores de sua raça está em ação em Caldwell, Nova York. E nenhum deles deseja a aniquilação de seus inimigos mais que Wrath, o líder da Irmandade da Adaga Negra.
Wrath é o vampiro de raça mais pura e ao perder um de seus mais fiéis guerreiros, que deixou órfã uma jovem mestiça (filha de pai vampiro e mãe humana) ignorante de sua herança e destino, não terá outra saída senão cuidar da bela garota e levá-la para outro mundo.
Ela, Beth Randall, vê-se impotente em tentar resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente e sensual, que a visita durante a noite, envolto em sombras. As histórias dele sobre a Irmandade e o mundo dos vampiros a aterrorizam e fascinam. Seu simples toque faísca, um fogo que pode acabar consumindo a ambos.


Resenha:

"Bem-vindo ao maravilhoso mundo do ciúme — ele pensou. — Pelo preço de sua entrada, você ganha uma maldita dor de cabeça, um desejo quase irresistível de cometer um homicídio, e um complexo de inferioridade.
Viva!"

Este é o primeiro livro da série de vampiros guerreiros Irmandade da Adaga Negra da autora americana J.R Ward, publicado no Brasil pela editora Universo dos Livros, que atualmente tem o seu décimo sétimo livro lançado. E ainda conta com uma série Spin-Off, cuja trama se entrelaça com a IAN.

Lançado no Brasil no ano de 2009, rapidamente atingiu um público especifico de fãs de literatura sobrenatural e Hot.

O enredo principal do primeiro livro é centrado no poderoso vampiro Wrath, que além de membro da Irmandade da Adaga Negra é o herdeiro do reino vampiríco, porém que reluta em aceitar o fardo do reinado. Centrado na luta contra os inimigos de sua raça, a vida de Wrath muda totalmente a conhecer a humana Beth Randall, que na realidade não é bem humana e sim uma mestiça de vampiro e humana, prestes a ter a transição do corpo mortal para o sobrenatural.
Tendo a missão de ajudar ela a passar pela transição a pedido de seu pai vampiro, que infelizmente morreu, Wrath precisa enfrentar pela primeira vez algo que ele não tem controle: O amor.

Beth, que nunca soube de sua origem ou sequer imaginava que existia um mundo sobrenatural secreto, mostra muita forca de vontade e fibra para enfrentar todas as novidades que cercam sua vida, porém, nada mais importa do que a conexão instantânea entre ela e Wrath, o poder do vinculo entre eles surge de uma forma rápida e eles fazem as páginas pegarem fogo. Suas personalidades são opostas de certa forma, contudo, eles tem algo em comum alem da atração: Ambos tem personalidades fortes e não tem medo de dizerem o que pensam ou lutar pelo que a acreditam. Inclusive, acredito que o fato dela não temer dizer o que pensa exatamente para ele seja algo que Wrath considera essencial e encantador.

As cenas do casal são empolgantes e mesmo em pouco tempo, nos vemos torcendo para que eles consigam vencer todos os obstáculos (Sim terão alguns, inclusive alguns deles causados por outra fêmea), e ficarem juntos. Beth é exatamente o que Wrath precisa em sua vida, ele vive tão fechado e solitário que não se da conta que não está realmente vivendo e sim sobrevivendo, sem jamais deixar para trás os traumas de seu passado.

"Um grunhido gutural vibrou através de seu peito e saiu por sua boca.
Ela é minha."

A Irmandade da Adaga Negra é uma série muito dinâmica cujos personagens principais são extremamente carismáticos.

A autora nos leva a acompanhar o romance do casal principal, enquanto nos mostra o mundo vampiríco, seu complexo universo que vive sob as sombras da sociedade mortal, como temos Beth que cresce como uma humana como protagonista, tudo é apresentado a ela e assim podemos ter o vislumbre do que esperar nos próximos livros, as tramas que nos esperam incluem os membros da IAN, cada um mais misterioso e intrigante que o outro: Os seis irmãos são: Rhage, Vishous, Tohrment, Phury e Zsadist e são eles que roubam a cena em muitos momentos, e nos deixam extremamente curiosas.

Além, de todo o romance temos também a apresentação dos inimigos dos vampiros a Sociedade Redutora, formados por outrora humanos, porém, metamorfoseados em algo maligno e sem alma por uma entidade sombria conhecida como Ômega, o contraponto da Virgem Escriba deusa e criadora da raça vampiríca.

"Tinha-o agora. E o desejava agora.
Beth se inclinou para frente na cadeira, abriu a boca, colocando os lábios ao redor do morango e o tomou inteiro. As narinas de Wrath se dilataram ao vê-la morder. E quando um pouco do doce sumo escapou e escorreu para o queixo, ele chiou.
-Deixe-me limpar isso - murmurou baixinho. Esticou-se para frente e segurou-lhe o queixo. Ergueu seu guardanapo.
Ela colocou a mão sobre a dele.
-Use sua boca."

É um romance cheio de paixão (muitas cenas HOT) e momentos de ação, onde temos um grupo de guerreiros formidáveis que por acaso também são vampiros, unidos por uma lealdade e determinados a lutar contra o mal para proteger a todos com que se importam e toda a raça.

“- Não sabe?
- O quê?
Ele deu de ombros e olhou para o corredor do vestíbulo. Primeiro em uma direção, depois na outra.
- A Irmandade protege o que é nosso – seus olhos voltaram a se concentrar nela – Nunca deixaríamos você ou ele desprotegidos.”


Curiosidades sobre o Universo IAN

♚ Alguns poderes dos Vampiros nesse universo são: Força, Controle Mental, Capacidade de se Teleportarem (eles usam o termo desmaterializar), Longevidade.

♛ Eles se alimentam apenas de membros do sexo oposto de sua raça e a alimentação pode ser uma experiência extremamente sensual, ou ser controlada apenas para fins de sobrevivência.

♚ Os vampiros são divididos em várias sub raças. Aguardem para conhecer algumas vertentes deles nos próximos livros, incluindo vampiros que podem se transformar em sombras ou controlar as emoções dos demais.

Até o próximo livro da série e o irmão Rhage, em Amante Eterno.

16 comentários

  1. Oi Vivian,
    Essa é uma das séries mais desejadas por mim, mas, infelizmente, ainda não consegui inicia-la. Eu sempre gostei de histórias de vampiros ou outros seres sobrenaturais e quando comecei no mundo literário muito procurei por histórias com essa temática. A grande questão é que a IA é voltada para um público mais adulto e por isso fez e faz ainda tanto sucesso. Ser uma humana que é inserida nesse universo deveria ser bem assustador, mas pelo que pude perceber, Beth vai conseguir encarar isso muito bem, pois coragem não lhe falta. Já para Wrath um pouco de medo pode se fazer presente, pois também estará lidando com coisas novas, como novos sentimentos. Só a premissa desse primeiro livro já instiga e unida da promessa do que pode vir a seguir é um prato cheio para quem, assim como eu, amo esse tipo de história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gislaine

      Que logo você possa ler IAN
      São livros bem intensos
      E com personagens para todos os gostos pessoais
      Sou uma fã
      Beijos

      Excluir
  2. Olá! Sou uma amante de séries de livros, adoro livros narrados no mesmo universo e da sensação de poder viver novas aventuras com personagens que a gente já conhece e com outros que partilham também do mesmo universo. Mas ultimamente não estou com muito tempo disponível para embarcar em séries longas, por mais que eu queira.
    Entretanto, tenho uma curiosidade imensa sobre a IAN, percebi que essa série é bem aclamada.
    Adoro romances sobrenaturais, pois eles mesclam duas das coisas que eu mais gosto: muito romance e seres sobrenaturais com poderes incríveis. Outra coisa é que adoro histórias que envolvam vampiros ♡
    Enfim, fiquei bem intrigada com a resenha e espero um dia ler todos os livros da série ♡
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rayssa
      Que logo possa ler essa série.
      Uma vez lendo você acaba sendo mordida e se apaixona por ela.

      Beijos.

      Excluir
  3. Ai que delícia relembrar dessa história. Li faz tanto tempo, mas até hoje lembro que amei demais esses personagens logo de cara e todo esse mundo criado por ela. Ainda tava naquela de coisas de vampiro e tal, mas adorei o tom adulto e cheio de ação dessa trama. Foi bem diferente pra mim na época. E hot né, tem lá suas cenas hot. Mas amo como tudo isso se entrelaça bem na trama, não é só um livro hot ou só um livro de fantasia. Tem drama, tem ação, mistério com essa outra sociedade e a luta deles, romance e curiosidade pelos outros personagens...ah é muito bom. A escrita é viciante também né. E amo demais esse tom de irmandade, de uma amizade mais forte que família que eles tem. É uma coisa tão legal de ir acompanhando nos próximos livros, ah adoro demais esse povo. Dá vontade de reler xD
    Mas fez lembrar que tô uns 3 livros atrasada nessa série e precisava ler esses benditos logo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cristiane
      Um amor relembrar esses livros.
      Sou apaixonada
      No momento estou ansiosa pelo livro do Murdher
      Sempre digo que IAN tem um pouco de tudo. Hot, ação e drama.

      Beijos

      Excluir
  4. Olá!
    Eu tenho muita curiosidade com essa série de livros. Sempre gostei muito da temática de vampiros, e essa história consegue ser diferente de tudo o que já vimos anteriormente. Achei bem interessante que os vampiros são divididos em sub-raças, e que também temos o fator hot, que vem muito a calhar nessa temática. A única coisa que me desanima um pouco são a quantidade de livros! Mas quem sabe eu não crio coragem?
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol
      A série é longa mas, acaba sendo empolgante e quando menos percebi li tudo!
      Vale a pena.

      Beijos

      Excluir
  5. Juliana Silva09/06/2019 18:40

    "Dois metros de puro terror trajado em couro..." Adoooro!IAN é viciante. Sensação de quero saber o fim mas não quero que acabe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana
      Exatamente isso!!!
      Me sinto assim também
      Beijos.

      Excluir
  6. Olá Vivian!
    Estou chocada com a quantidade de livros, 17 é MUITA coisa! Não conhecia essa série, apesar de ser uma grande fã do universo vampiresco. Eu achei esse casal bem em sintonia, um complementa o outro e ambos tem bastante atitude. Com certeza o que não falta é enredo nesse trama. Achei bem bacana os poderes diferenciados que os vampiros tem nesse universo, algo super original na minha opinião.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline.
      Muitos livros e no entanto, não enjoa. Eles são maravilhosos e trazem histórias bem diversas o que faz com que não caia no tédio.

      Super indico.

      Beijos.

      Excluir
  7. Olá! Confesso que relutei e muito em começar essa série, apesar de trazer um tema que adoro, são tantos livros que sempre bate aquele receio de não dar conta, não gostar e por ai vai. Mas depois de muito relutar, enfim me rendi e foi uma grata surpresa e vendo a resenha, acabei de lembrar que preciso retomar a leitura, nem lembro direito no qual eu parei (memória não é mais a mesma).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elizete

      Eu demorei a ler também. Apesar de ter ganho o segundo livro
      Só fui começar a ler uns anos depois.
      Agora sou fã

      Volte a ler. Logo iremos resenhar os demais
      Beijos.

      Excluir
  8. Oiii ❤ Tenho muita curiosidade em ler essa série, já que ouvi falar muito bem da escrita da JR Ward. Faz tempo que não leio nenhum livro sobre vampiros, seria uma boa voltar a ler com essa série.
    Parece que esses vampiros são mais bem aprofundados do que o da série Crepúsculo, o que é um ponto muito positivo pra mim. Vampiros carismáticos, tem como não gostar?! Rsrsrs. Gostei que os vampiros dessa série tem poderes, acho que isso torna a história ainda mais legal.
    Me agrada saber que o próximo livro é de outro irmão, gosto muito de séries nesse estilo.
    Obrigada pela indicação ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rayane
      Oi
      Eles não tem nada de crepúsculo!
      Pelo contrário. Leia e verá que eles são digamos adultos!

      Beijos

      Excluir