Resenha: Cavaleiro Eterno (Crônicas Arcanas, 2) - Kresley Cole

Autor: Kresley Cole
Páginas: 320
Ano: 2013
Editora: Simon & Schuster Books for Young Readers
Gênero: Fantasia
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:      
Sinopse: Neste segundo livro emocionante das Crônicas Arcanas, Evie se esforça para aceitar seu lugar na profecia que vai salvar o mundo — ou destruí-lo.                         Evie já está de posse plena de seus poderes no tarô como a Imperatriz, e Jack estava ali para ver tudo. Como um dos 22 adolescentes que recebeu poderes após o apocalipse, agora ela sabe que uma guerra está se formando, e é matar ou ser morta.Quando Evie encontra Morte, o lindo e perigoso Cavaleiro Eterno, as coisas ficam ainda mais complicadas. Apesar de apaixonada por Jack, ela é atraída para Morte também. De algum modo, a Imperatriz e Morte compartilham uma história romântica, uma que Evie não consegue se lembrar — mas Morte não consegue esquecer...


Resenha: Neste segundo livro (a resenha do primeiro, você lê aqui) eu me surpreendi ainda mais com a Kresley Cole, como ela ousa me fazer passar por tanta aflição gente? Achei este livro ainda melhor que o primeiro, tipo ela foi de 0 a 100 aqui. O mundo está ainda mais sombrio, e a aliança da Evie com os Arcanos sofre umas mudanças, e seu mundo já abalado sofre mais uma reviravolta. Quando você acha que sabe mais ou menos o que pode acontecer, fica pasma com uma reviravolta, coisas inesperadas acontecem, porém nossa mocinha se mostra mais forte e inteligente. É possível viciar numa série tão rápido? Vivo me perguntando isso.

Eles seguem sua viagem para o norte, em busca de uma explicação, ou orientação de alguém que poderia ensiná-los como proceder neste jogo cada vez mais sangrento e perigoso. Mas o caminho não é fácil e alguns obstáculos surgem deixando nossos heróis em algumas saias justas. Atrás deles há a milícia, um exército conhecido por usar as mulheres que encontram pelo caminho como objetos sexuais. Há também traficantes de escravos, mas o que os aterroriza muito, mas muito mesmo, são os canibais, chamados de Os Dentes. Eles tornam a vida de Evie e Cia um inferno, ainda mais quando descobrem que eles estão sob o poder de um Arcano que manipula a mente, não têm vontade própria.
Evie se vê obrigada a fazer mais uma aliança, algo que não agradou em nada seus companheiros, principalmente Jack que não tem uma boa impressão dessa nova personagem. Mas eles não tem tempo para discussões, pois há zumbis e canibais em seus encalços. E o que mais temiam acontece, são capturados. Porém o que torna este livro mais interessante não é isso.
"[...]Não conseguia decidir o que era mais perturbador: como fui diabólica em vidas passadas ou que estivesse sequer considerando repetir a história... Eu faria qualquer coisa para retornar para meus amigos. Para voltar para perto de Jack. Ate seduzir um cavaleiro de nome Morte[...]"
O arcano que representa a Morte entra na equação, nos tornando tementes pela vida de Evie; com pena de Jack, que se vê sozinho sem ela; e pela mudança na torcida pelo melhor par para a Imperatriz. Hahaha, é meus amigos o temido Morte se mostra cruel no início, mas no decorrer da história vamos vendo que todas as suas atitudes foram tomadas por livre e espontânea pressão. Ou ele matava, ou morria... E além de lindo, não é tão mal como sua carta da a entender. Ele captura Evie, e deixa seus companheiros para trás.

São 11 meses juntos, ele não a mata, mas a deixa entender que em algum momento o fará. Em seu castelo sombrio e opulento ela se vê cada dia mais atraída por ele. Principalmente depois da revelação que ele a faz sobre Jack, seu amado.

Eu não vou negar, me peguei torcendo por eles dois. Morte é atencioso, inteligente, protetor... Apaixonado. Apesar de serem inimigos, ele daria a vida por Evie. Isso porque nos jogos passados eles tiveram uma historia, um vinculo...
"Você tem gosto de vida. Você é minha vida agora."
Porém o clima de romance entre eles é quebrado, e uma terrível notícia abala o período de felicidade de Evie, ela se ver diante de uma decisão inesperada e difícil. Sair do castelo e seguir seu caminho, ou ficar e mudar os rumos do jogo. Mas cada decisão põe Jack e Morte numa direção diferente.

A autora novamente se superou, nos mostrando o poder de sua criatividade. Ela trabalhou aqui o tema Apocalipse de forma incrível, e alem do mais, juntou ele com um jogo, jogo esse que torna a história cada vez mais interessante. Cada Aracano novo representa uma reviravolta incrível que a mocinha se ver obrigada a passar. Eu me apaixono cada vez mais pela Evie, pois apesar de se mostrar ingenua e fraca na maioria dos episódios, consegue usar seus poderes de forma majestosa e inesperada. Uma hora ela é Evie uma garota sensível, sem habilidades nenhuma, em outra hora ela é a Imperatriz, uma carta totalmente paradoxal a sua representante. Forte, perspicaz, ardilosa e extremamente inteligente.

Espero que leiam e gostem assim como eu. Estou com os quatro pneus arriados por esta série. Não tenho do que reclamar, e querem saber do que mais? Super indico a vocês, hahaha!!

PRATIQUEM LIVROTERAPIA e saiam um pouco da realidade 😉

3 comentários

  1. Olá, que resenha boa.
    Gostei da resenha, ainda mais por ser fantasia.

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Que resenha!!!Nem é meu gênero favorito, mas já quero ler!!
    Com certeza já está na lista,
    Beijos!!

    ResponderExcluir