Resenha: A Retomada da União (Anômalos 3) Bárbara Morais

Autor: Bárbara Morais
Páginas: 320
Ano: 2015
Editora: Gutenberg
Adicione: Skoob

Sinopse: Depois do atentado que ficou conhecido como Massacre Amarelo, a situação em toda a União está crítica. Para a maioria das pessoas, Sybil está morta. A tensão entre humanos e anômalos é palpável, e Fenrir se apodera da fraqueza de seus semelhantes para se intitular o herói da revolução. Com a ajuda de novos e velhos aliados, Sybil resgata seu passado ao mesmo tempo em que tenta conquistar um futuro diferente para seus iguais. Peça-chave no plano para deter os principais inimigos do Estado, a garota se encontra em meio a um jogo político abarrotado de intrigas e mortes. Prepare-se para desvendar os maiores e piores segredos que estão por trás do desfecho desta eletrizante trilogia.
Resenha: Antes de qualquer coisa, se você ainda não conhece, esse é o terceiro livro da trilogia Anômalos, um livro Nacional distópico e se quiser conhecer os anteriores é só clicar nos livros A Ilha dos Dissidentes e A Ameaça Invisível.

Depois de tudo dar errado no comício no final de segundo livro, Sybil é dada como morta e para manter a farsa deve se esconder, é conduzida então por um grupo de desconhecidos, que a salva e afirmam poder lhe dar um lugar onde ficar escondida e o mais importante, a ajuda para acabar com os desmandos de Fenrir de uma vez por todas!

Ela concorda sem saber, ou sequer desconfiar onde está se metendo e parte para o lugar onde sua base fica, sozinha já que para manter a farsa seus amigos devem continuar à vista e ir ao seu velório, junto de sua família adotiva.

Com a ajuda dos irmãos Hannan e Hassan, Sybil chega então ao "Sindicato" lugar onde os rebeldes se escondem e planejam o próximo passo, lá ela conhece a líder Ídris, além de sua tia Cléo irmã de seu pai que morrera no atentado ao comício (o que supostamente matou a menina também). Além disso ela encontra a pessoa mais inesperada do mundo, sua avó adotiva, uma senhora simples, enfermeira, que a criou desde bebê e aí ela descobre que cresceu em meio à mentiras, que sua avó não é o que demonstra e que acabar com os desmando de Fenrir não vai ser nada fácil.
"Mas é isso que eu quero? Fugir da situação, deixar que outras pessoas resolvam o problema enquanto me mantenho afastada de tudo? É exatamente o que eu fazia em Kali: nunca me importei muito com as batalhas, a guerra, o drama todo, nada fazia sentido para mim."
Então, Sybil, seu namorado Andrei e seu amigo Leon se vêem no meio de uma disputa política de proporções enormes e com consequências perigosas demais!

Junto à isso ela precisa lidar com sua tia, que tem a mesma anomalia que ela e que quer agora, reivindicar a menina para seu lado e sua família à todo custo. Ela começa seu treinamento, a fim de aprimorar sua anomalia, o que revela um poder que ela ou sua família jamais imaginara.

Paralelo à tudo isso ela conhece os motivos que levaram sua mãe a agir como agiu, abandonando seu pai e a ela própria. O relacionamento da menina e de Andrei evolui de forma simples, dentro do possível, visto todos os porquês que a situação os envolve.

Enfim, chega o dia de acabar com tudo, as equipes se separam e nesse momento, a traição aparece de onde menos é esperada e mortes são inevitáveis.

Brigas, decepções, romance, amizade e disputa de poder marcam o último livro da trilogia. No geral eu gostei da obra. Então, porque eu dei 3 estrelas? O jogo político muito intrincado, e muito bem amarrado não me deu um final convincente, foi muito tempo de tramas e treinos para um final simples demais, além disso esse é o último livro, mas claramente ele deixa pontas soltas que podem ser um próximo livro, coisas não foram explicadas que aconteceram no decorrer da narrativa e eu esperava uma explicação no final, essa não veio. Pela escrita da autora e pela tamanha teia que ela criou eu quero acreditar que essa falta de explicação foi proposital, e se foi, aí sim minha classificação aumenta.

Ainda devo salientar uma coisa importante: o cenário político criado pela autora é impecável assim como o social. Os personagens também tiveram uma evolução gradual e isso notamos com o amadurecimento dos amigos e principalmente da Sybil. Vemos com o fim da obra, que o final nem sempre é o que esperamos e que os mocinhos nem sempre levam a melhor, assim como percebemos que é mais fácil criar um mártir num vilão, e que nem sempre eles têm a punição que merece.

Enfim, mesmo eu não dando a classificação máxima, recomendo a leitura. Para quem gosta de distopia, políticas e jogos de poder, temos um prato cheio aqui!

"- Final feliz é um luxo que a maior parte de nós não tem, Andrei."



20 comentários

  1. Gostei muito! Tenho apreciado boas leituras nacionais, gostei de saber da trilogia, vou procurar pra ver se encaixo no meu orçamento. Fiquei intrigado com a relação bemXmal que você mencionou. Não gosto de ver vilões se dando bem.

    ResponderExcluir
  2. Olá Denise!
    Sempre que vejo esse livro tenho uma enorme vontade de conhecer a história. A capa é bem chamativa. Adorei saber que mesmo no terceiro livro a história continua boa e com muita ação.
    Sua resenha está maravilhosa, vou ler os livros assim que puder.
    Beijinhos!
    http://www.eraumavezolivro.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!!! Tudo bem?
    Bom saber que cada vez mais os autores brasileiros estão ganhando espaço e apresentando novas obras que podem competir com os estrangeiros.

    Aproveitando para avisar que tem indicação de prêmio no blog, passa lá e confira.
    http://livrosqueliblog.blogspot.com.br/2016/02/premio-dardos.html

    Beijos
    Carla Fernanda

    ResponderExcluir
  4. Oie, tudo bem? Não tinha ouvido falar dessa trilogia ainda e agora estou muito curiosa pra conhecê-la melhor, adoro distopias!

    ResponderExcluir
  5. Olá.
    Essa é uma série que tenho vontade de conhecer, expecialmente por causa das intrigas políticas, é uma pena que o final não correspondeu exatamente como você esperava, eu costumo ter esse problema também :( mas a gente nunca sabe até ler, né?
    Beijos

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Amo distopias, e sendo nacional, tenho mais vontade ainda de ler. Ainda não li as outras resenhas, mas vou dar uma conferida para ler melhor a série. A capa está maravilhosa!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oie, não gosto de livros com continuações... mas vez e outra até leio.
    Achei a trama da história muito boa, e com cenário político mostra que o livro tem potencial, acredito que quando tem um bom plano de fundo a história funciona melhor.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  8. Eu amo distopias! Já estava namorando a série há um bom tempo e já estava na minha lista. Acho que é o unico estilo literário que aceito protagonistas adolescentes... rsrs... bem. Fiquei intrigada com o final e espero poder ler a trilogia em breve.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  9. Saudações literárias! Adorei a capa sem antes ler a resenha e sabendo que é autores nacionais fiquei ainda mais encantado pra ler. Vai pra fila de desejados hehehehe. Massa sua resenha, esse livro vai me prender com toda certeza.

    ResponderExcluir
  10. Olá Denise,
    Eu gosto muito desse gênero e tenho muita vontade de ler essa trilogia.
    Acho que o final não foi tão bom quanto deveria ser, entretanto, isso não apaga o brilho da trilogia.
    Espero ter a oportunidade de ler logo essa trilogia para satisfazer essa minha ansiedade rs.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia essa coleção. Já li algumas distopias nacionais e todas foram bem escritas. Nossa política nacional real é bem complicada, então tendemos a complicar no livro também. Se bem que talvez essa tenha sido proposital... Só a autora pra dizer! Belo texto! Parece que você gostou muito dos livros.
    Até + ver! Nu.
    As 1001 Nuccias | Curtiu?

    ResponderExcluir
  12. Olá! Mesmo não conhecendo os outros livros, achei a premissa bem interessante. Acho que pela atual realidade em que nosso país vive, o livro está bem atual mesmo. Gostei bastante da sua resenha, beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  13. Oie, já vi muito sobre essas obras, porém, ainda nçao tive a oportunidade de lêlas. Ler sua resenha foi ótimo, pois se caso chegar a ler vou com pouco sede ao pote, rs.

    Beijos da Fê
    As Catarina´s / Fanpage / Instagram

    ResponderExcluir
  14. Hello!

    Já ouvi falar da série Anômalos, mas acho que nao li nenhuma resenha ainda dos livros.
    As capas sao bem feitas, eu gostei mto.
    A premissa está bem interessante, é o tipo de historia que sempre me envolve bem.
    Adorei saber que se trata de um livro nacional distópico, vou tentar ler sim.
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
  15. Oi, quero ler wssa trilogia faz tempo. E sua resenha foi a mais sincera que li até agora, e isso foi ótimo. Ainda quero ler, mas agora tenho uma visão diferente e vou evitar criar expectativas. Parabéns pela resenha. Beijos.

    www.eicarolleia.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Denise!

    Não li as resenhas anteriores, e talvez por isso tenha tido uma visão negativa do livro. O mesmo não despertou aquela ansiedade em ler, sabe quando o livro lhe atraí de alguma forma? Entendo as suas três estrelas, acho que pressionados pela editora alguns autores acabam deixando a desejar com esse negócio de continuidade. Mais fácil um livro excelente do que 10 sem sal. Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Olá! Essa trilogia me conquistou logo pela capa.
    Fico feliz por saber que os autores nacionais estão cada vez melhores né.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Eu tenho o primeiro volume da trilogia Anômalos, mas ainda não li e pretendo fazer isso ainda esse ano. Minha colunista gostou da trilogia, mas também tem algumas ressalvas com algumas coisas.
    Eu sou louca para conhecer a escrita da Barbara, mas vou ficar avisada sobre essas suas ressalvas. Acho as capas lindas da trilogia.
    Ótima resenha.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  19. Já tem continuação? Não li nem o primeiro!!! Não li a resenha porque eu ainda pretendo ler ambos os livros!

    ResponderExcluir
  20. Oiie
    sua resenha ficou bem legal mas infelizmente não é bem o gênero que curto ler, mesmo assim, já ouvi vários elogios sobre a série e parece ser uma ótima dica dica de leitura para quem curte

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir