Luz, Câmera, Ação!!! SKAM

11 de novembro de 2020

Diretor ou produtor: Marianne Furevold-Boland
Ano Início: 2015
Ano do Término: 2017
Temporadas: 4
Gênero: Juvenil, Drama.
Elenco: Lisa Teige, Josefine Frida Pettersen, Tarjei Sandvik Moe, Iman Meskini
Nota:   
Sinopse: A vida no colégio secundário Hartvig Nissen, em Oslo, não é nada fácil para os estudantes da instituição. Além das responsabilidades escolares, cada aluno vive sua própria jornada em busca de autoconhecimento e pertencimento. Mas cada olhar sobre esta caminhada pode revelar um novo mundo, que pode ser tão hostil quanto encantador.

Resenha:

Skam é uma série norueguesa que acompanha diversas situações cotidianas de adolescentes em vida escolar, em uma instituição de renome em Oslo. Com episódios curtos e apenas quatro temporadas, o telespectador acompanha desde os temas mais simples relacionados ao mundo juvenil até os mais complexos. Para compreender um pouquinho mais desse universo, a série conta com um diferente protagonista a cada temporada.... vamos conhecê-los?

1° Temporada
A história de Eva é que inicia a obra, uma adolescente que se sente cada vez mais solitária por possuir pais ausentes e não ter amigos. Seu mundo gira em torno de Jonas, seu atual namorado com quem possui uma relação cada vez mais complicada. Desta maneira a protagonista precisa aprender a se descobrir, lidar com as aflições amorosas e não se abalar com as constantes brigas entre sua ex amiga.

Portal Skam Brasil

Esta temporada introduz a formação do grupo Russ, apresentando uma amizade única e de extrema relevância no decorrer da série. Assim se forma a grande união entre Eva, Sana, Noora, Vilde e Chris, garotas extremamente diferentes umas das outras que criam grandes laços. É exatamente uma dessas meninas que ganha destaque na próxima temporada.

2° Temporada 
Noora desde a temporada anterior mostrou toda sua forte e decidida personalidade, suas concepções firmes e a luta feminista fez com que ela se tornasse a queridinha de muitos telespectadores. A personagem mexeu com as emoções de quem assiste ao se apaixonar por Willian, um desajustado e cafajeste que causou as lágrimas de muitas garotas da escola. O temperamento de William deixa o relacionamento bastante conturbado, assustando Noora e trazendo ainda mais tensão para a situação.


Como se não bastasse tudo isso, a série fica ainda mais angustiante ao levantar o seguinte tema: abuso sexual. Apesar de ser uma abordagem desconfortável para muitos a obra ressalta com sutileza a cultura do estupro, a vulnerabilidade da vítima, o medo da exposição e as inseguranças com os risco da denúncia. Somado a tudo isso, Noora busca se entender com William e encontra grande apoio em suas amigas.

3° Temporada 
A temporada que levou a série a ser sucesso mundial narra a história de Isak, um garoto cheio de segredos e concepções estereotipadas. O jovem mantém sua fachada irônica e bem humorada para seus três amigos (um deles é Jonas que foi apresentado como namorado de Eva na primeira temporada), enquanto lida com o recente divórcio de seus pais. Tudo se mostra ainda mais confuso quando descobre sua atração por pessoas do sexo masculino e se apaixona pelo enigmático Even.


A luta é grande para Isak se aceitar e livrar-se de seus preconceitos, o desafio é ainda maior quando seus amigos começam a estranham suas atitudes. Isak começa a se envolver com Evan, em uma relação apaixonante, mas ainda há muito com o que precisam lidar. Uma dessas preocupações é outro assunto ressaltado na obra, os distúrbios mentais são apresentados de forma simples e direta. Desmentindo todas as ideias discriminatórias que envolve o tema, é possível aprender a grande lição de apenas nos importamos com o próximo minuto.

4° Temporada 
Sana é a personagem que atraía atenção e admiração desde as temporadas anteriores, sua história chega para infelizmente encerrar a obra. O telespectador acompanhou durante toda a série sua extrema sabedoria em argumentos super inteligentes, no entanto em seus episódios descobrimos suas inseguranças e falhas. Além disso, é possível conhecer o interesse amoroso de Sana pelo encantador Yousef.

Ο χρήστης teresa lynn στο Twitter: "Yousef & Sana :: "I swear that ...

A principal polêmica que rodeia a finalização da obra é a religião islâmica, refletindo sobre a intolerância religiosa que há até hoje. O tema é abordado levando-nos a descobrir um pouco mais sobre as ideias e preceitos que envolve tal religião, mas também com uma forma de combater o preconceito religioso. Embora a discussão sobre a diversidade cultural e religiosa estejam muito presentes, há ainda certo debate em relação ao cyberbullying.

Pode-se concluir que toda a série é um grande acréscimo para o mundo, ao debater e levar a pensar temas importantes da realidade. Os dramas vividos pelos protagonistas e pelos personagens secundários, fez e faz parte do cotidiano de muitos jovens. Muitas lições são expostas a cada episódios, levando a um grande número de aprendizagens.

Acredito que é uma série necessários, que contém assuntos atuais e ainda assim diverte a quem assiste. É muito curto e fácil de maratonar, então não deixe de assistir. A série já ganhou diversos remakes por todo o mundo então seu sucesso não é por nada, concordam?

10 comentários

  1. A louca das séries aqui admite com muita vergonha que não sabia da existência desse série e olha que são quatro temporadas!
    Puxa, eu amo esse universo mais juvenil que mesmo assim, traz temas ainda tabus e de suma importância a todos nós.
    Com toda a certeza do mundo, já vou caçar agora!!!
    Obrigada pela dica!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  2. Andressa!
    Quem estava no Twitter em 2016/2017 sabe o quão grande Skam foi!
    A série nos conquista justamente por fugir do padrão que encontramos em produções norte-americanas (Neflix, estou falando de você e suas 29827837384738438 séries adolescentes vazias e triviais) sem contar que percebe-se que a televisão norueguesa é muito mais de boa em relação a certas cenas, né?
    A quarta temporada do show com certeza é a mais relevante, principalmente por levantar reflexões interessantes sobre religião.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Que legal!! Estava mesmo em busca de indicações de séries para assistir. Mesmo essa tendo 4 temporadas, eu não me lembro de ter visto nada sobre ela, além de nunca ter assistido nada norueguês. Achei demais o fato de ser dirigido/produzido por uma mulher e por ter tantas no elenco.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Ja ouvi falar muito dessa serie antes, mas nao sei por onde ver, queria muito que a netflix passasse ela! Muita preguiça de ver por outros meios. Ou tem na netflix e nao sabia?!

    ResponderExcluir
  5. Conheço a série por causa do Twitter. Sigo o séries Brasil e toda vez que tem enquete lá, Skam e seus personagens são sempre mencionados estando em destaque na votação.
    Nunca procurei assistir, não faz muito meu estilo, mas dou valor a ela pelos temas que aborda.

    ResponderExcluir
  6. Andressa!
    Parece uma série importante, principalmente para adolescentes, porque traz problemas que eles passam e alguns podem até trazer gatilhos, mas é necessário para que possam perceber toda parte emocional que eles vivem durante essa época.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. Nunca fui uma pessoa muito de séries, mas tem algumas que a gente gosta muito e acaba que influencia a busca por outras séries parecidas. Por exemplo, enxerguei um pouco de Elite nessa sua indicação, e ela foi uma das poucas séries que assisti tudo e toparia outra parecida.
    Fiquei mais animada ao saber que cada temporada tem um protagonista, parece sempre algo novo, mesmo sendo a mesma série né? Que legal! Achei cada história super interessante :)

    ResponderExcluir
  8. Oi Andressa!
    Confesso que só ouvir falar dessa série por nome e nunca fui atrás de saber o que era pois o fato de ser colegial + adolescentes me afastou (eu vi tanto que enjoei) mas gostei bastante do ciclo apresentado nas temporadas e pretendo assistir um dia!

    Amei a resenha 🖤🖤🖤🖤🖤

    ResponderExcluir
  9. Fátima Menezes13/11/2020 11:28

    Quase fui conquistada já na parte "episódios curtos e poucas temporadas", kk. Também achei interessante a ambientação e a proposta. Obrigada pela indicação!

    ResponderExcluir
  10. Amo séries, e achei muito interessante as temporadas e com assuntos tão atuais. Casos adolescentes me interessam muito, o ambiente da escola principalmente. Com certeza vou procurar para assisti.

    ResponderExcluir