Fio da Trama - Alessandra e Consuelo Blocker

12 de novembro de 2020

Título: O Fio da Trama
Autor: Alessandra e Consuelo Blocker
Páginas: 512
Ano: 2019
Editora: Tordesilhas 
Gênero: Biografia, Moda.
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:    
Sinopse: Parece ficção, mas é tudo verdade: a trajetória das mulheres da família Pascolato, uma das maiores referências no mundo da moda brasileira, é apresentada aqui como um romance cheio de suspense e emoção. Na primeira parte do volume, “Alta Costura”, o volume se concentra nos diários escritos pela matriarca italiana, Gabriella Pascolato, ao longo de 30 anos, descrevendo suas angústias de juventude, o casamento e as adversidades enfrentadas na Segunda Guerra, até a vinda da família para o Brasil. Na segunda parte, “Prêt-a-porter”, o leitor desvenda os diários de Costanza Pascolato, filha de Gabriella, acompanhando os depoimentos emocionantes de Alessandra e Consuelo Blocker. Uma narrativa surpreendente, em que mulheres fortes confessam suas fragilidades, revelando como reconstruíram laços de família e superaram desafios de toda ordem.

Este livro foi cedido pela Editora Tordesilhas, porém as opiniões são completamente sinceras. Não sofremos nenhum tipo de intervenção por parte da Editora. 



Resenha:

O Fio da Trama é uma biografia da família Pascolato, com foco em três gerações formada por mulheres que deixaram uma marca na sociedade Brasileira e na moda nacional.

O livro lançamento da editora Tordesilhas, nos foi enviado com cortesia. Escrito por Alessandra e Consuelo, com a participação de Constância Pascolato e usando os diários da Matriarca da família Gabriela que veio da Itália para o Brasil fugindo dos desdobramentos da segunda guerra mundial.

O livro tem 3 partes distintas. A primeira focada em Gabriela e sua experiência de vida.

 Gabriela cujo marido era ligado ao fascismo, só sentiu o peso da Segunda Guerra quando o lado defendido pelo marido já estava prestes a perder a guerra, com isso usando uma rede de apoio dos ricos burgueses italianos ela foge com a família para o Brasil, onde protegida pelo dinheiro e status recomeça a sua vida.

A primeira parte do livro então tem um lado histórico recontado e mostra um pouco da realidade da época.



Na segunda parte do livro temos o foco agora em Constanza Pascolato, essa sim uma mulher que sua história de vida, já tinha me chamado a atenção antes e estava curiosa em saber um pouco mais. A brasileira que se tornou uma referência nacional e mundial na moda e foi por anos a força motriz da Revista Cláudia.

A terceira parte tem o foco nas duas herdeiras de Constanza, jornalistas bem sucedidas, mas cujo foco narrativo dessa biografia esteve mais em suas relações familiares. Apesar de não ter me empolgado tanto quanto as duas outras partes. Já que o pioneirismo de Gabriela e Constanza me prendeu mais a atenção, as jornadas de Alessandra e de Consuelo Blocker, suas relações profissionais com os meios editoriais foram bem interessante de conhecer um pouco mais. É sempre gratificante ler a história de mulheres que triunfam em suas escolhas profissionais, mesmo quando nem tudo são flores em suas vidas.

Nesse livro ficou muito claro a importância da família e das relações de apoio que a família Pascolato forjou ao longo dos anos. Pois em muitos momentos essas mulheres foram ajudadas por essas redes de apoio para conseguirem atingir seus objetivos.

O livro é uma indicação para quem gosta de biografias e se interessa por moda e história nacional. Já que entrega retratos de épocas cruciais para o desenvolvimento do país, porém, indico principalmente para quem tem interesse em biografias familiares e gosta de moda.

Não foi uma leitura muito fluida para mim, porque eu particularmente não sou uma ávida fã de moda, porém, gostei do aspecto histórico e de ver as diferentes gerações de uma mesma família que deixou uma marca forte na sociedade brasileira.

O livro é bem editado e possui fotografias em preto e branco, a capa é vibrante e retrata bem a personalidade de Gabriela e Constanza!

Para fãs de biografias 😄

Até a próxima.

15 comentários

  1. Mesmo amando biografias, confesso que sou totalmente avessa a moda também e sem vergonha nenhuma, assumo que sei nem que são as mulheres da família rs
    Acredito que a parte bacana de tudo isso é saber que mulheres venceram nesse universo, aliás, mulheres podem e devem vencer em tudo que se propõe e isso já sim, valeria a leitura!
    A capa é lindinha e não descarto a possibilidade de um dia, ler e sim, aprender sobre a família!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ângela
      Eu só conheço pois em casa quando criança e adolescente minhas tias assinavam a Claudia
      Ai sempre tinha algo da Constanza
      😂

      Eu e moda não somos melhores amigas kkkk

      Excluir
  2. Não é meu tipo de livro, por mais que a premissa pareça interessante. Achei legal os nomes das partes do livro terem a ver com coisas relacionadas a moda, pelo livro se tratar disso também. Essa coisa de gerações é mesmo incrível, deve ter sido uma das melhores partes.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem seus méritos mas é para quem gosta mesmo do tema 😉

      Excluir
  3. Apesar de não ler muita biografia, vez por outra me aventuro nas histórias de vida dos famosos.
    Sempre admirei o trabalho e elegância de Constanza. Então acredito que para mim seria uma excelente leitura.
    Gosto muito também de livros que acompanham gerações de uma família

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto de ler biografias mas preciso achar a pessoa interessante ou não funciona comigo!
      Eu tô de olho na do Phil Collins 🖤

      Excluir
  4. Olha, um livro sobre a Costanza Pascolato e gerações. Nao a acompanho, mas ja ouvi falar muito do nome dela na aréa da moda. Nao tinha visto esse livro por aí ainda, bem interessante, uma pena que a editora nao divulga tanto né.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo. Eu sequer conhecia a editora na verdade. Mas tem uns livros interessante!

      Excluir
  5. Confesso que eu ficaria meio assustada em ler uma biografia e ainda com um número tão grande de páginas. Mas de acordo com sua resenha, o livro é bem interessante. Gosto dessa parte mais histórica, então a primeira parte me traz uma vontade maior de conhecer do que as outras.
    Que bom que você gostou!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também fiquei ao ver o tamanho do livro!
      Mas eu sou curiosa e raramente deixo de ler um livro que ganho! 💜

      Excluir
  6. Fátima Menezes13/11/2020 11:33

    Não curto biografias, mas a resenha está de parabéns: bem construída e apresentando bem a obra, sua divisão etc.

    ResponderExcluir
  7. Vivian!
    Não sou muito ligada em moda, também não, porém, sou bem interesada em mulheres guerreiras e desbravadoras que atingem o sucesso e é o caso aqui.
    Bom ver que tem todo esse lado histórico bem interessante.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  8. Vivian!
    Naturalmente, o livro possui um público alvo bem delimitado, mas acredito que mesmo leitores curiosos podem despertar interesse, tipo eu rsrsrsrs.
    De moda eu não entendo nada, mas percebe-se que a história vai muito além, visto que as passagens das três mulheres nos permite absorver de forma bastante aprofundada os drama da época, principalmente no contexto do primeiro depoimento, que foca bastante no cenário final da Guerra, e claro, suas consequências.
    As gravuras só enriquecem o livro, sendo que há um grande constraste por ser tudo em preto e branco.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Não sou fã de biografias, mas são bem válidas para que gosta. A história dessas mulheres são bem interessantes por retrata cada parte da vida de cada uma e em como venceram na vida.

    ResponderExcluir