A Lady de Lyon - Julie Garwood

18 de novembro de 2020

Título: A Lady de Lyon
Autor: Julie Garwood
Páginas: 464
Ano: 2018
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Romance de Época
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:   
Sinopse: Julie Garwood, aclamada autora dos best-sellers Esplendor da honra e Um amor para Lady Johanna, traz novamente uma inesquecível história
de amor...

Christina Bennett causou furor na sociedade londrina. A arrebatadora beldade esconde com sucesso o segredo de seu misterioso passado até a noite em que Lyon, o Marquês de Lyonwood, rouba-lhe um beijo ousado e sensual. O arrogante aristocrata com coração de pirata prova o gosto do fogo selvagem que arde por baixo do charme indiferente de Christina e anseia por possuí-la
intensamente.
Mas a destemida e insolente Christina não será conquistada com tanta facilidade. Dona do próprio coração e de sua fortuna, ela resiste às sensuais carícias de Lyon. Ela se atreve a não se render ao seu amor... pois, se o fizer, também terá que abrir mão de seu precioso segredo... e de seu destino prometido!


Resenha: Vamos de Romance de Época? Porque sim e porque é um dos meus gêneros favoritos! Não gosto muito das cenas mais picantes, mas fora isso é tudo de bom...

Christina Bennett é um mistério ambulante! Confesso que custei a entender a garota! E para o Marquês de Lyonwood, ou Lyon, não foi diferente. Ela o intriga e o enlouquece!

"Então, ela olhou para ele. Seu olhar era direto, inabalável, cativante. Lyon não conseguia se lembrar de seu próprio nome." 

Acontece que ela foi criada pelos Dakotas e sem que ninguém na alta sociedade Londrina saiba, ela é apresentada à todos como uma dama da sociedade. Só que uma dama com costumes meio diferentes, apesar de tentar escondê-los.

Lyon, que é um homem fechado e que jurou não casar novamente, se vê imediatamente fisgado pela garota. No começo, o que o move é a curiosidade. É o mistério que cerca Christina. Tudo, porém, começa a mudar à medida que ele vai conhecendo e se encantando por ela!

A menina tem um propósito, ela não veio à Londres apenas atrás de um marido, ela veio atrás de vingança contra aquele que fez com que sua mãe fosse obrigada a fugir, seu pai!

"Lyon continuava refletindo sobre a estranha conversa que havia tido com a dama, mas depois de um tempo desistiu. Teria de vê-la novamente, disse a si mesmo. Ela ainda não lhe dera pistas suficientes para satisfazê-lo.
E, em nome de Deus, em que lugar ela teria ouvido o rugido dos leões?"

Christina é conhecida como "Princesa" por conta de seus modos impecáveis e de sua aparência. Ela é uma mulher linda, de longos cabelos loiros e olhos muito azuis. Nossa história começou lá em 1797 e a menina traz consigo o diário de sua mãe. Lá ela conta tudo o que aconteceu e porque ela fugiu e é por lá que acompanhamos a passagem do tempo, desde a fuga até o momento que ela finalmente chega à Inglaterra. Seus pais adotivos a criaram sabendo que um dia ela encontraria seu destino e teria que cumprir a promessa feita a sua mãe: reparar os erros do seu pai.


Existe um plano, claro que existe...que fica completamente esquecido e depois é absolutamente mudado enquanto ela tenta arrumar alguém que case com ela apenas por um curto tempo, para que a sua gananciosa tia não lhe tire a herança ao mesmo tempo que precisa fugir das investidas de Lyon, encontrar seu pai e não deixar que ninguém descubra onde e por quem ela foi criada!

"...Tão confuso quanto lhe ter dito que ele a deixava tão nervosa quanto um búfalo.
E onde, em nome de Deus, ela tinha visto búfalos?"

É claro que o romance é o ponto alto da trama e os diálogos são impagáveis! A criação da Christina, por ter sido tão diferente da de Lyon traz diálogos sensacionais e eu jamais conheci uma mocinha de um romance de época tão divertida e sem noção!

A leitura é prazerosa e divertida, flui perfeitamente bem e quando percebemos, terminamos a leitura, completamente arrebatados por esse casal sem igual!

Recomendadíssimo!

9 comentários

  1. Quem não ama um bom romance de época que atire o primeiro saiote!
    Eu não li quase nada deles neste ano, sei lá, a pandemia deu uma reviravolta enorme nos meus livros escolhidos para leitura e consequentemente, ando lendo muito!
    Mas isso passa rs
    Eu adoro essa pegada mais hot, mas também isso dos diálogos engraçados. Eu amo muito tudo isso!
    Já vai pra listinha de mais desejados!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  2. Romance de Época é comigo mesma!! Simplesmente amoooooo.
    Esses livros da Julie estão há algum tempinho na minha wishlist.
    A Lady de Lyon me parece ter todos os ingredientes que curto ler em um romance de época

    ResponderExcluir
  3. Acredita que esse livro tá na minha lista e só agora percebi que é a mesma autora de Um amor para lady Johanna? EU AMEI ESSE LIVROO!!! Se for do mesmo nível, vai ser tão maravilhoso quanto o outro :)
    Romance de época é o meu gênero favorito, e ao contrário de você, amo as cenas picantes, acho que deixa a história mais completa. Fiquei ainda mais animada pra fazer a leitura! Amei a resenha, tem todos os aspectos que eu adoro nesse gênero.

    ResponderExcluir
  4. OLA
    Que otimo ver esse romance sendo resenhado aqui e ver a nota alta que ele recebeu me deixa muito animada para le- lo
    eu ganhei esse livro no mes passado e amo romances ambientados nesse periodo
    uma pena que não temos tantos romances de epoca dessa autora lançados por aqui .
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Esse livro esta na minha wishlist ja tem um tempinho junto com os outros da autora. to lendo aos poucos romance de epoca, pq sao muitas series de varias autoras rsrs. Mas esse pelo que me lembro é bem mais hot né?

    ResponderExcluir
  6. Denise!
    Gosto muito de romances de época também.
    Achei diferente, primeiro porque ela quer vingança, geralmente é o personagem masculino que quer vingança nos livros e também, porque como falou, ela é um pouco sem noção então, deve render um bom enredo.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. Já confesso que todo o plano de vingança me fisgou! Gosto de tramas mais elaboradas do que só romance!

    Veremos quando leio esse que chamou minha atenção apesar de ter detestado a capa!

    😘😘😘😘

    ResponderExcluir
  8. Olá Denise!
    Que instigante! Aparentemente o livro parece equilibrar muito bem o romance com esse mistério em relação aos objetivos de Christina Bennett, a qual com certeza é aquele tipo de protagonista que a gente gosta logo de cara, principalmente por não se encaixar aos padrões da época (na verdade eu não vejo qual é o objetivo dos romances de época se não tirar onda com o patriarcado).
    O Marquês de Lyonwood, por sua vez, aparenta ser um mocinho mais do mesmo, mas gostei de saber que pelo menos seus diálogos com Christina rendem ótimas cenas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Fátima Menezes23/11/2020 11:06

    Eu e meu eterno desinteresse pelos romances de época, rs. Não sei o que fazer a respeito.

    ResponderExcluir