Lançamentos de Novembro e Dezembro: Companhia das Letras

18 de novembro de 2020

COMPANHIA DAS LETRAS


Três roteiros, de Kleber Mendonça Filho

Sinopse: Pela primeira vez disponíveis ao público, três roteiros que mostram o processo criativo do principal cineasta brasileiro contemporâneo.

Nem sempre é possível ter acesso à construção de uma obra de arte. Poucas formas artísticas se prestam tão bem a essa análise retrospectiva quanto um filme e seu roteiro, principalmente se roteirista e diretor forem a mesma pessoa. Ao ler os roteiros finalizados de Kleber Mendonça Filho é possível identificar as decisões tomadas por ele como diretor, com as filmagens já em movimento, e compreender de forma muito mais elaborada o processo criativo de um dos principais cineastas da atualidade.

Se em O som ao redor vemos a diferença entre os começos do roteiro e do longa-metragem, no texto de Aquarius temos um final bastante diferente do que foi filmado, mostrando a vivacidade de uma arte que se molda à medida que se desenvolve. Já em Bacurau, as cenas de violência extrema ganham um novo contorno depois da leitura deste livro.

Formando uma trilogia ímpar para entender o Brasil, que se mostra cada vez mais simétrica com os acontecimentos reais, os três roteiros de Kleber Mendonça Filho são uma forma de encarar o país de frente, tanto na tela quanto nas páginas.

"Nos melhores dias, acredito que o roteiro é uma peça de literatura, certamente peculiar. Roteiros talvez tenham uma textura telegráfica, mas ainda assim podem ser capazes de apresentar um fluxo claro de ideias e sugestões maliciosas como qualquer bom texto. Ideias de cinema embutidas em observações sobre gente e mundo. Descrições compactas de sonhos ou pesadelos." -- Kleber Mendonça Filho


A fazenda dos animais, de George Orwell

Sinopse: Uma das obras mais emblemáticas do século XX ganha edição atualizada com nova tradução, projeto gráfico especial e ampla fortuna crítica..

A história é conhecida: cansados da exploração a que são submetidos pelos humanos, os animais da Fazenda do Solar se rebelam contra seu dono e tomam posse do lugar, com o objetivo de instituir um sistema cooperativo e igualitário. Mas não demora para que alguns bichos voltem a usufruir de privilégios, fazendo com que o velho regime de opressão regresse com ainda mais força.

Escrita em plena Segunda Guerra Mundial e publicada em 1945, A Fazenda dos Animais é uma alegoria satírica sobre os mecanismos do poder e tudo aquilo que leva à corrosão de grandes ideias e projetos de revolução. Pela primeira vez no Brasil, o clássico de George Orwell é publicado com seu título original. Com nova tradução, de Paulo Henriques Britto, e projeto gráfico especialíssimo -- com capa em tecido, corte impresso e obras da artista brasileira Vânia Mignone --, este A Fazenda dos Animais conta também com uma série de ensaios que cobrem a recepção crítica do livro desde o seu lançamento até os dias de hoje.


Uma terra prometida, de Barack Obama

Sinopse: Um relato íntimo e fascinante da história em formação -- feito pelo líder que nos inspirou a acreditar no poder da democracia.

No comovente e aguardado primeiro volume de suas memórias presidenciais, Barack Obama narra, nas próprias palavras, a história de sua odisseia improvável, desde quando era um jovem em busca de sua identidade até se tornar líder da maior democracia do mundo. Com detalhes surpreendentes, ele descreve sua formação política e os momentos marcantes do primeiro mandato de sua presidência histórica -- época de turbulências e transformações drásticas.

Obama conduz os leitores através de uma jornada cativante, que inclui suas primeiras aspirações políticas, a vitória crucial nas primárias de Iowa, na qual se demonstrou a força do ativismo popular, e a noite decisiva de 4 de novembro de 2008, quando foi eleito 44º presidente dos Estados Unidos, o primeiro afro-americano a ocupar o cargo mais alto do país.

Ao refletir sobre a presidência, ele faz uma análise singular e cuidadosa do alcance e das limitações do Poder Executivo, além de oferecer pontos de vista surpreendentes sobre a dinâmica da política partidária dos Estados Unidos e da diplomacia internacional. Obama leva os leitores para dentro do Salão Oval e da Sala de Situação da Casa Branca, e também em viagens a Moscou, Cairo e Pequim, entre outros lugares.

Acompanhamos de perto seus pensamentos enquanto monta o gabinete, enfrenta uma crise financeira global, avalia a figura de Vladímir Pútin, supera dificuldades que pareciam insuperáveis para aprovar a Lei de Assistência Acessível (Affordable Care Act), bate de frente com generais sobre a estratégia militar dos Estados Unidos no Afeganistão, trata da reforma de Wall Street, reage à devastadora explosão da plataforma petrolífera Deepwater Horizon e autoriza a Operação Lança de Netuno, que culmina com a morte de Osama bin Laden.

Uma terra prometida é extraordinariamente pessoal e introspectivo -- o relato da aposta de um homem na história, da fé de um líder comunitário posta à prova no palco mundial. Obama fala com sinceridade sobre os obstáculos de concorrer a um cargo eletivo sendo um americano negro, sobre corresponder às expectativas de uma geração inspirada por mensagens de "esperança e mudança" e sobre lidar com os desafios morais das decisões de alto risco. É honesto sobre as forças que se opuseram a ele dentro e fora do país, franco sobre os efeitos da vida na Casa Branca em sua esposa e em suas filhas e audacioso ao confessar suas dúvidas e desilusões. Jamais duvida, porém, de que no grande e incessante experimento americano o progresso é sempre possível.

Brilhantemente escrito e poderoso, este livro demonstra a convicção de Barack Obama de que a democracia não é uma benção divina, mas algo fundado na empatia e no entendimento comum e construído em conjunto, todos os dias.


Os viajantes, de Regina Porter

Sinopse: A história envolvente de duas famílias, uma branca e outra negra, da década de 1950 aos dias de hoje. Um romance sobre amor e memória, preconceito e identidade, trauma e destino.

James Samuel Vincent, um rico advogado, tenta se afastar de sua origem humilde de descendente de imigrantes irlandeses em Nova York. Seu filho, Rufus, se casa com Claudia Christie, uma mulher de família negra cujo pai tem uma vida atravessada pela guerra do Vietnã e pelas tensões raciais que tomam conta dos Estados Unidos nos anos 1960. Histórias se alternam, se cruzam. E assim somos levados por Regina Porter neste seu extraordinário romance de estreia. Através da perspectiva de diversos homens e mulheres, numa trama que avança e volta no tempo, o que vemos desenrolar é um panorama rico e variado da vida na América entre os anos 1950 e a eleição de Barack Obama. Porter justapõe uma série de breves episódios, vozes e fotografias -- num recurso que ecoa o mestre W. G. Sebald --, criando um efeito único.

*Eleito um dos livros do ano pela Esquire.*

*Finalista do Pen/Hemingway Award na categoria romance de estreia.*

"Uma jornada eletrizante. Porter é uma cronista incrivelmente astuta das fragilidades humanas." -- The Guardian

"Um relato poético, direto e muitas vezes engraçado sobre pessoas comuns em busca de conexões significativas no mundo." -- The New York Times Book Review


Sapiens, de Yuval Noah Harari

Sinopse: Na nova edição do livro que conquistou milhões de leitores ao redor do mundo, Yuval Noah Harari questiona tudo o que sabemos sobre a trajetória humana no planeta ao explorar quem somos, como chegamos até aqui e por quais caminhos ainda poderemos seguir.

O planeta Terra tem cerca de 4,5 bilhões de anos. Numa fração ínfima desse tempo, uma espécie entre incontáveis outras o dominou: nós, humanos. Somos os animais mais evoluídos e mais destrutivos que jamais viveram.

Sapiens é a obra-prima de Yuval Noah Harari e o consagrou como um dos pensadores mais brilhantes da atualidade. Num feito surpreendente, que já fez deste livro um clássico contemporâneo, o historiador israelense aplica uma fascinante narrativa histórica a todas as instâncias do percurso humano sobre a Terra. Da Idade da Pedra ao Vale do Silício, temos aqui uma visão ampla e crítica da jornada em que deixamos de ser meros símios para nos tornarmos os governantes do mundo.

Harari se vale de uma abordagem multidisciplinar que preenche as lacunas entre história, biologia, filosofia e economia, e, com uma perspectiva macro e micro, analisa não apenas os grandes acontecimentos, mas também as mudanças mais sutis notadas pelos indivíduos.

"Interessante e provocador. Nos traz a sensação de quão breve é o tempo em que estamos nesta Terra." -- Barack Obama

"Recomendo Sapiens a qualquer pessoa que esteja interessada na história e no futuro de nossa espécie." -- Bill Gates

"Uma incrível investigação para compreender o passado, situar o presente e pensar para onde iremos. Num momento de crise civilizatória, a obra de Harari é um convite à reflexão." -- Djamila Ribeiro

"Sapiens não só trata das questões mais importantes da história de nossa espécie como é escrito numa linguagem vívida e inesquecível." -- Jared Diamond

"O livro de Yuval Noah Harari é muito bom. Fui surpreendido por pontos de vista que nunca tinha imaginado." -- Leandro Karnal

"O modo como Harari narra a história de nós, humanos, e enxerga nosso futuro é arrebatador." -- Natalie Portman

"Sapiens é uma exploração fascinante sobre como aquilo que nos torna humanos é muito mais do que uma biologia notável: é o mundo mental que construímos em conjunto." -- Suzana Herculano-Houzel


Ressurreição, de Liev Tolstói

Sinopse: Último romance do autor, publicado pela primeira vez em 1899.

No tribunal para compor o júri que vai definir o futuro de Máslova -- prostituta acusada de roubar e envenenar um cliente --, o príncipe Nekhliúdov reconhece a serva por quem, no passado, se apaixonou. Depois de seduzi-la e abandoná-la, ele agora se vê às voltas com a difícil decisão de definir sua sentença. Ao abordar a tensão social, os privilégios da justiça e a situação carcerária, o autor de Guerra e paz e Anna Kariênina narra uma trama fascinante que tem como pano de fundo a Rússia às vésperas da revolução.

Para Natalia Ginzburg, que assina o prefácio desta edição, "nos romances de Tolstói, descoberta e compreensão se desenvolvem e crescem quase sob nossos olhos, num ritmo de festa solene; e cada romance, cada destino de cada personagem se encerra numa festiva e solene celebração da realidade".

Prefácio de Natalia Ginzburg.

Tradução do russo e apresentação de Rubens Figueiredo.


O diabo e outras histórias, de Liev Tolstói

Sinopse: Escritos entre 1858 e 1904, os cinco contos aqui reunidos são pequenas obras-primas do autor de Guerra e paz.

"Três mortes", "Kholstomier", "O diabo", "Falso cupom" e "Depois do baile" sintetizam, com maestria, os temas presentes na vasta produção do autor de Anna Kariênina: paixão, ciúme, morte, traição, consciência moral, decadência da aristocracia, vida no campo e dilemas da justiça.

Em "Três mortes", o autor examina como o final da vida pode ser distinto ao descrever a morte de uma velha senhora, de um cocheiro e de uma árvore. Os entraves da civilização e da natureza retornam em "Kholstomier", conto sobre um puro-sangue que, para decepção de seu dono, nasceu malhado. Publicado postumamente, "O diabo" narra uma história de amor atormentada pelo ciúme, enquanto "Falso cupom" condensa as ideias do escritor sobre a religião, a utopia e o modo como a fé e o Estado se relacionam. "Depois do baile", por fim, traz a produção tardia de Tolstói em um conto sobre política e moral, entremeado por uma paixão arrebatadora.

Posfácio de Paulo Bezerra.


Livro de sonetos, de Vinicius de Moraes

Sinopse: Nova edição, ilustrada e em capa dura, de um clássico da poesia brasileira.

A matéria-prima da obra de Vinicius de Moraes é a vida, "e só a vida, com tudo o que ela tem de sórdido e sublime". O Livro de sonetos revela a naturalidade e o engenho com que o poeta é capaz de transpor pequenos e grandes momentos -- das alegrias e asperezas mais cotidianas às emoções mais elevadas -- para a forma metrificada e rimada.

Lançado originalmente em 1957, o volume passaria a incluir, nas décadas seguintes, novas composições: aos 57 selecionados pelo próprio autor, somaram-se dezesseis poemas esparsos. Para Eucanaã Ferraz, que assina a organização e o prefácio desta edição, os sonetos de Vinicius "impressionam pela carga emotiva que encerram, mas também pela maleabilidade que a forma fixa adquire nas mãos do poeta". Estão aqui verdadeiras joias da poesia brasileira, como "Soneto de fidelidade" e "Soneto de separação", que seguem conquistando gerações de leitores com igual arrebatamento.

Prefácio de Eucanaã Ferraz.

Posfácio de Otto Lara Resende.


QUADRINHOS NA CIA


Sapiens, de Yuval Noah Harari

Sinopse: O primeiro dos quatro volumes em quadrinhos do fenômeno mundial Sapiens.

Nesta versão graphic novel de Sapiens: Uma breve história da humanidade, que vendeu mais de 16 milhões de exemplares em sessenta idiomas mundo afora, você é convidado a viajar pelo lado selvagem da história, acompanhado por personagens como Bill Pré-Histórico, dra. Ficção e detetive Lopez, e tendo o historiador e filósofo Yuval Noah Harari como guia. Com roteiro do belga David Vandermeulen e arte do francês Daniel Casanave, o formato HQ dá uma nova perspectiva ao passado e às nossas origens. A evolução humana é repensada como um reality show. O primeiro encontro entre os sapiens e os neandertais se dá através das obras-primas da arte moderna. A extinção dos mamutes e dos tigres-dentes-de-sabre é recontada como um filme policial.

Esta série em quadrinhos é uma versão radical da história da humanidade, recheada de inteligência, humor e personagens pitorescos, e pensada para cativar quem gostaria de saber, entre outros assuntos, como um reles primata se tornou governante do planeta Terra, capaz de dividir átomos, viajar à Lua e manipular o código genético da vida.


1984, de George Orwell

Sinopse: A obra-prima de George Orwell adaptada para os quadrinhos. Clássico moderno, 1984 ganha vida e movimento na arte de Fido Nesti.

No traço magistral do artista paulistano Fido Nesti, a obra mais poderosa de George Orwell ganha sua primeira adaptação para os quadrinhos. 1984 conta a história do angustiado Winston Smith, refém de um mundo feito de opressão absoluta. Em Oceânia, ter uma mente livre é considerado crime gravíssimo. Numa sociedade em que a mentira foi institucionalizada, Winston se rebela e, em seu anseio por verdade e liberdade, arrisca a vida ao se apaixonar por uma colega, a bela Julia, e se voltar contra o poder vigente. Publicada originalmente em 1949, a profecia de Orwell encontra seu rosto neste romance gráfico extraordinário.

"A arte sublime de Fido Nesti faz deste livro um prazer completo. Um triunfo visual da mais alta ordem!" -- Emil Ferris, autora de Minha coisa favorita é monstro

"Nenhum livro do século XX teve maior influência do que 1984." -- George Packer

"A obra mais impressionante de Orwell." -- V.S. Pritchett

"Um pesadelo em que a política removeu a humanidade e o Estado asfixiou a sociedade, 1984 nos leva ao fim da linha." -- Irving Howe

"Um alerta ao mundo, uma apresentação vívida do terror que poderia se instaurar no futuro próximo se todas as implicações das ideias totalitárias fossem implantadas na prática, e fôssemos obrigados a viver num mundo de medo." -- Golo Mann

"O fim dos seres humanos como os conhecemos." -- Martha C. Nussbaum


PARALELA


Querido Edward, de Ann Napolitano

Sinopse: Como sobreviver e continuar vivendo? Esta é a história de um menino obrigado a seguir em frente depois de perder tudo. Mas também é a história de personagens inesquecíveis e de como pessoas salvam umas às outras de inúmeras maneiras. Acima de tudo, este livro é um retrato sensível e inspirador de um coração partido aprendendo a amar de novo.

Em uma manhã de verão, Edward Adler e sua família embarcam em um voo junto com outros 183 passageiros. Entre eles há um prodígio de Wall Street, uma jovem grávida, um veterano de guerra e uma mulher fugindo do marido controlador. Pouco depois, porém, todas essas histórias são interrompidas pela queda do avião -- menos uma. Edward foi o único sobrevivente.

Depois da tragédia, o garoto vai morar com seus únicos parentes em uma cidadezinha de Nova Jersey. É lá que ele conhece sua nova melhor amiga e passa a frequentar o consultório de um psicólogo, tentando construir uma nova vida.

Ainda assim, ele não se sente tão vivo: é como se uma parte de si continuasse sentada na poltrona ao lado do irmão, para sempre voando com desconhecidos. Quando Edward descobre uma série de cartas enviadas a ele desde o acidente, essa sensação começa a mudar, e ele é levado a procurar respostas para uma pergunta que ninguém deseja responder: depois de uma tragédia, como seguir adiante e encontrar um novo sentido para a vida?


SUMA


Trocas macabras, de Stephen King

Sinopse: Após anos esgotado no Brasil, Trocas macabras volta às livrarias como parte da Biblioteca Stephen King, coleção de clássicos do mestre do terror em edição especial, com capa dura e conteúdo extra..

Compre agora. Pague depois.

Há uma nova loja na cidade. ARTIGOS INDISPENSÁVEIS, diz a placa. Um nome curioso, que se torna tema de rumores e especulações entre os moradores de Castle Rock.

Para cada cliente que entra na loja, Leland Gaunt tem algo perfeito -- um objeto há muito sonhado, desesperadamente desejado. O preço parece sempre razoável, mas vem acompanhado de pedidos estranhos.

O que começa como brincadeiras e pegadinhas inocentes aos poucos sai do controle, transformando a cidade em palco de disputas caóticas e brutais. Mas, quando você encontra um artigo indispensável, como saber se o custo para obtê-lo é alto demais?


SEGUINTE 


Fangirl, de Rainbow Rowell

Sinopse: Da mesma autora de Eleanor & Park, uma história emocionante sobre amor em suas diversas formas e o poder da literatura em momentos difíceis, agora em uma nova edição.

Cath é fã de Simon Snow, uma série de livros que faz sucesso no mundo todo sobre um garoto feiticeiro. Mergulhar nessas histórias foi a única maneira que ela encontrou de lidar, junto com sua irmã gêmea, Wren, com a partida da mãe quando eram crianças. Desde então, a vida da garota se resume a ler, participar de fóruns sobre Simon Snow na internet, escrever fanfics, fazer cosplay dos personagens... Sempre ao lado da irmã.

Mas agora Wren parece pronta para se distanciar do fandom de Simon Snow -- e da própria Cath. Afinal, ela deixou bem claro que é hora de cada uma trilhar seu próprio caminho quando avisou que não queria dividir o mesmo quarto na faculdade.

Pela primeira vez, Cath se vê sozinha -- e totalmente fora de sua zona de conforto --, e com uma colega de quarto mal-humorada que tem um namorado (bem fofo) que não sai do dormitório das duas. Para completar, ela também precisa se preocupar com o pai solitário e com sua professora de escrita literária, que abomina fanfics. Será que ela vai conseguir sobreviver a tantas mudanças e começar a viver a própria vida? E será que seguir em frente significa deixar Simon Snow para trás?

* Best-seller do New York Times.*

* Escolhido como um dos melhores livros juvenis pelo New York Times Book Review (2013).*


Clássicos Zahar


A ilha do tesouro, de Robert Louis Stevenson

Sinopse: Com personagens inesquecíveis e cheio de reviravoltas, traições e golpes de sorte, A Ilha do Tesouro é, há mais de cem anos, um dos maiores e mais queridos clássicos de aventura -- e a grande referência para o imaginário das histórias de piratas.

No quarto de um velho pirata, na estalagem de seus pais, Jim Hawkins encontra um mapa com as coordenadas para a fortuna escondida do lendário Capitão Flint -- e em pouco tempo vê-se a bordo do Hispaniola navegando rumo à Ilha do Tesouro, numa viagem conduzida pelo digno capitão Smollett, financiada pelo intempestivo cavalheiro Trelawney e guardada pelo pragmático dr. Livesey. Parte da tripulação, porém, tem planos próprios para o butim...

Sucesso estrondoso desde a sua publicação em 1893, A Ilha do Tesouro segue conquistando novas gerações de leitores graças à sua narrativa arrebatadora e um elenco formidável de personagens -- no qual sobressai o carismático e envolvente Long John Silver, bucaneiro mais célebre da literatura ocidental, com sua muleta, perna de pau e o inseparável papagaio no ombro.

Esta edição traz o texto integral de Robert Louis Stevenson em tradução de José Roberto O'Shea, também responsável pela apresentação e pelas notas, além de cronologia de vida e obra do autor e mais de trinta ilustrações originais de Louis Rhead.

8 comentários

  1. Denise!
    De olho em todos os lançamentos, entretanto o do Obama é o mais desejado, mas o preço está bem salgadinho:(
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus que foi tiro atrás de tiro agora!!!
    Demorou mas a CIA trouxe vários desejados e queridos de uma única vez!

    🖤🖤🖤🖤🖤🖤

    ResponderExcluir
  3. Até que enfim o final de ano está trazendo novidades maravilhosas!!!Quantos lançamentos incríveis e claro, eu já quero tudo rs
    Mas tem Mestre King(preço tá amargo) e Obama que preciso muito também conferir!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  4. Uma capa mais maravilhosa que a outra! Lançamentos cheios de clássicos! Felizmente não me interessei em nenhum (mesmo querendo ler algo do Orwell algum dia), já tenho tantos livros acumulados na lista de leitura, que nem sei como vou dar conta. Meu bolso também agradece hahah
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Desses lançamentos quero muita ler Uma terra prometida e Ressurreição. Adorando essas novas publicações dos russos.

    ResponderExcluir
  6. Olá Denise!
    Nem preciso dizer qual livro da lista é o meu queridinho, né? Como falarei no post das novidades literárias, Trocas Macabras estava sendo muito aguardado pelos fãs do Mestre, e com certeza essa edição lindíssima da Suma não vai decepcionar ninguém.
    Ahhhhh e essa biografia do Barack Obama é outra obra que me chamou atenção. Sabemos que a história de um dos melhores presidentes do EUA é muito bonita.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Adorooo ver todos os lançamentos das editoras nos blogs que eu visito. É tanta novidade que às vezes perdemos alguma coisa né?
    Obrigada por compartilhar :)

    ResponderExcluir
  8. Fátima Menezes23/11/2020 11:08

    Adoro postagens sobre lançamentos editoriais. Os da Suma, em particular, me agradaram muito. =D

    ResponderExcluir