Luz, Câmera, Ação!!! The Act

8 de agosto de 2019


Diretor ou produtor: Nick Antosca
Ano Início: 2019
Temporadas: 01
Episódios: 08 episódios.
Gênero: Crime, Suspense, Baseado em Fatos Reais, Antologias,
Elenco: Joey King, Patrícia Arquette, Calum Worthy, AnnaSophia Robb e Chloe Sevigny.
Nota:  
Sinopse: O relacionamento entre Dee Dee Blanchard e sua filha Gypsy, que acreditou ter uma grave doença durante toda a vida por causa da mãe extremamente controladora e insegura. Em busca de independência para viver um amor proibido, Gypsy decide então orquestrar um assassinato.


Resenha:

The Act, é a nova série antológica do canal de Stream Hulu, é um drama criminal e em sua primeira temporada trouxe a historia de Dee Dee Blanchard e Gypsy Rose Blanchard, mãe e filha que por anos, enganaram a todos em uma grande e terrível mentira.


Dee Dee Blanchard, é uma mãe exemplar para todos que a conhecem, bem não realmente é claro, ou não seria uma serie baseada em eventos reais, sobre seu assassinato a mando de sua própria filha, em resposta a anos de abusos.

Joey King e Patrícia Arquette, vivem respectivamente Gypsy Rose e Dee Dee, na trama, com atuações perturbadoras e cruéis, são de nos deixar sem palavras diante de tanto sofrimento.

Não foi por acaso que ganharam indicações para o Emmy.

Nick, o namorado de Gypsy Rose, foi vivido pelo ator Calum Worthy, com uma grande atuação também.

Dee Dee, é uma mulher controladora e golpista, que por anos enganou a todos inclusive a própria filha, dizendo a ela que ela estava doente, confinada em uma cadeira de rodas, Gypsy Rose, acreditou por muito tempo, ter câncer e outras doenças que a limitariam a ter uma vida normal, se tornando totalmente dependente de sua mãe, e parceira em golpes.

Ela conseguiu não somente enganar sua filha, mas família, amigos e médicos disso.

Ambas vivem de ajuda de organizações filantrópicas e doações, porém, conforme foi crescendo Gypsy Rose, acaba descobrindo algumas das mentiras de sua mãe, e com o tempo a relação de ambas vai se deteriorando, os abusos maternos pioram, e Gypsy Rose, acaba por se tornar uma adulta presa em uma farsa, com a mentalidade e toda sua experiência de vida deturpada.


Conforme seu corpo amadurece e os desejos para sua vida ficam diferentes dos que sua mãe deseja para ela, que é que ela permaneça como uma criança para sempre, o relacionamento tóxico vai piorando muito, ate chegar ao ponto que ela cai em um mundo de busca de satisfação online e conhece aquele que irá se unir a ela no plano de assassinato de sua mãe.

Conforme fui assistindo os capítulos, uma tristeza imensa se abateu sobre mim, primeiro por tudo o que essa criança teve que suportar, difícil imaginar o que ela sentiu ou como isso afetou a mente dela, durante todos os capítulos já sabemos da morte da mãe, e mesmo sendo totalmente contra a violência, não consegui deixar de detestar totalmente a mãe dela e tudo o que ela fez.

Essa série com certeza é alem de uma dramatização interessante de um crime real, serve para que mostre ao publico a necessidade de sermos mais atentos ao nosso redor. O crime de Dee Dee, passou batido por tantos e tantos anos, porque apesar de todas as pistas, as mentiras e tudo o mais, as pessoas ao redor foram coniventes, aqueles que desconfiaram, foram calados ou não foram levados a sério. As pessoas estão aptas a acreditarem em todas as mentiras mais elaboradas, porque na realidade, não queremos ver de perto situações onde pessoas precisam de cuidados extremos o tempo todo, como era para ser a vida de Gypsy Rose se ela fosse realmente, as pessoas ajudam, mas estavam contentes em manter distancia dela. Ou teriam notado a verdade muito antes de chegar ao ponto que chegou.




Como The Act é uma antologia, na próxima temporada, iremos acompanhar outro historia baseada em eventos reais, e pela qualidade dessa primeira temporada, estou bem curiosa para o que Nick Antosca irá escolher como tema.

Uma indicação para quem curte séries rápidas, crimes reais, e atuações viscerais.





Curiosidades.

Os personagens vividos pelas atrizes AnnaSophia Robb e Chloe Sevigny, foram criados para a série porém baseados em pessoas reais, as vizinhas das Blanchard. E talvez, a única amiga que Gypsy Rose teve na vida.

7 comentários

  1. Puxa, eu confesso que já tinha "visto" esta série aí pelo mundo dos blogs de cinema e séries que passo, mas não havia dado atenção. Com certeza, estou indo atrás agora!!!
    Fiquei me perguntando até onde vai a maldade humana e aqui e como se mente assim, principalmente a uma filha?? Caramba..
    Obrigada pela dica!!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu fiquei muito triste ao assistir. Porque isso acontece muito. Os abusos de crianças por quem as devia proteger.
      A série é ótima e vale muito a pena.
      Espero que goste.

      Beijos

      Excluir
  2. Olá! Esse é aquele tipo de série que te deixa chocada com a capacidade que o ser humano tem, e o pior é saber que tais atitudes ainda ocorrem por aí! Estou bem curiosa para conferir tudo e para saber qual será a história da próxima temporada. Sem falar no talento da Joey que definitivamente se entregou ao personagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elizete.
      Exatamente isso. O ser humano é o pior inimigo de si mesmo e do mundo.

      Excluir
  3. Oiii ❤ Já ouvi falar dessa série desde quando estava sendo anunciada, mas não achei que fosse tão boa quanto realmente parece ser. Após ler a resenha, penso que essa série deve ser incrível.
    Só em alguns trechos que vi já achei a atuação de Joey King maravilhosa, ela parece entrar perfeitamente no papel.
    Fico intrigada com o fato de ninguém nunca ter percebido a farsa que a mãe de Gypsy forjou, é um absurdo que nem os médicos tenham desconfiado que a menina não estava doente.
    Um horror essa mulher fazer tudo o que fez com a filha, é bizarro ela fazer a filha acreditar que é doente e que precisa ficar numa cadeira de rodas.
    Fico imaginando o quanto a garota sofreu desde a infância com uma mãe controladora e insana.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rayane
      Verdade, anos de mentiras. Mas muitas pessoas desconfiaram. Mas é aquilo. A maioria não queria realmente saber o que estava acontecendo
      Uma série excelente, vale muito a pena assistir.

      Beijos 😉

      Excluir
  4. Olá! ♡ Nossa, não consigo nem imaginar o quanto Gypsy sofreu nas mãos da mãe ao ponto de desejar seu assassinato.
    Fico impressionada em como a mãe conseguiu sustentar essa farça por tanto tempo, o que de fato reforça a mensagem que a série quer passar ao telespectador, de que é de extrema importância que fiquemos atentos a tudo que se passa ao nosso redor.
    Obrigada pela indicação, com certeza vou querer assistir!
    Beijos!

    ResponderExcluir