The Beauty of Darkness - Crônicas de Amor e Ódio, 3 - Mary E. Pearson

16 de janeiro de 2019

Título:  The Beauty of Darkness - Crônicas de Amor e Ódio, 3
Autor: Mary E. Pearson
Páginas: 576
Ano: 2017
Editora: DarkSide Books
Gênero: Ficção, YA
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:  
Sinopse: A trilogia Crônicas de Amor e Ódio chega ao fim de maneira arrasadora. A história de Lia inspirou muitos leitores a embarcarem em uma jornada extraordinária repleta de ação, romance, mistérios e autoconhecimento, em um universo deslumbrante criado pela premiada escritora Mary E. Pearson, onde o poder feminino é a força motriz capaz de mudar e fazer toda a diferença no novo mundo em construção.

Lia sobreviveu a Venda, mas não foi a única. Um grande mal pretende destruir o reino de Morrighan, e somente ela pode impedi-lo. Com a guerra no horizonte, Lia não tem escolha a não ser assumir seu papel de Primeira Filha, como uma verdadeira guerreira — e líder.

Enquanto luta para chegar a Morrighan a tempo de salvar seu povo, ela precisa cuidar do seu coração e seus sentimentos conflituosos em relação a Rafe e as suspeitas contra Kaden, que a tem perseguido. Nesta conclusão de tirar o fôlego, os traidores devem ser aniquilados, sacrifícios precisam ser feitos e conflitos que pareciam insolúveis terão que ser superados enquanto o futuro de todos os reinos está por um fio e nas mãos dessa determinada e inigualável mulher.
Leia as Resenhas anteriores aqui

Resenha: 


"Aquela que é mais poderosa,
Aquela nascida do infortúnio,
Aquela que era fraca,
Aquela que era caçada,
Aquela marcada com a garra e a vinha,
Aquela nomeada em segredo,
Aquela chamada Jezelia"
Mas olha que eu me arrependi demais de não ter lido essa trilogia antes! Simplesmente maravilhosa.Toda ela, com exceção do final, que me deixou com gostinho de quero mais!

Lia, que havia sido levada para Venda por Kaden, estava, definitivamente, enrascada! Sem chance de fuga, ou de uma vida longe daquele lugar...Quando ela já havia perdido as esperanças e estava cansada de fingir que Rafe não significava nada para ela, seu príncipe, numa jogada perigosa e mortal, arma sua fuga.
"Se em algum momento houve três cavaleiros ímpares, éramos nós: o príncipe da coroa de Dalbreck, o assassino de Venda e a princesa fugitiva de Morrighan. Filhos e filha de três reinos, cada qual determinado a dominar os outros dois."
Obviamente, antes das coisas darem certo, elas têm que dar muito errado né, então Lia terminou o livro anterior mortalmente - ou quase - ferida. Durante a fuga, ela perdeu uma grande amiga que fez em Venda e agora isso a atormenta porque é claro que ainda que a garota seja corajosa e destemida, a ponto de abrir a boca na hora que não deve, seu coração e sua consciência pesam pelos amigos que vão ficando pelo caminho!
"Amor... é um truquezinho bem legal se você conseguir encontrá-lo."
E assim começa o terceiro e último livro! Lia fugindo, mas sem ter lá muito consciência do que está acontecendo porque está mesmo muito ferida e só podendo contar com a ajuda de Rafe e seus homens mais confiáveis.

Alguma coisa muito estranha aconteceu durante a fuga, mas Lia aos poucos vai lembrando de tudo, retomando as rédeas da sua vida e fugindo. Estão indo agora para o refúgio do Príncipe Rafe, mas ela não está lá muito conformada com isso e está decidida que, assim que sua saúde e seu amor deixar, voltará para Morrighan, ainda que seja procurada por traição e agora, pelo assassinato de seu irmão. Está decidida que vai voltar e desfazer toda essa mentira, além de desmascarar os verdadeiros traidores.
"Os soldados davam ouvidos a ela, e vi o que já sabia e eu não queria aceitar lá em Venda. Ela era uma líder nata. Aqui era onde ela precisava estar. Deixar que ela viesse foi a escolha certa, mesmo que essa decisão ainda ardesse no meu âmago." 
Bom, ela vai e nossa...na hora de sua partida, é tudo muito triste e eu achei que o amor dela e de Rafe não resistiria à separação, sobretudo porque  - pasmem - ela levou consigo Kaden. O traidor que parece que está mudando de lado. Confundi sua cabeça? Ah essa foi a intenção...hehe...não vou contar quem ficou com quem, só vou contar que toda a panela encontrou sua tampa afinal...ainda que algumas tampas estivessem meio amassadas e precisando de uma remodelagem...enfim....

Só que ao retornar para casa, ela e seus amigos descobrem que o Komizar está marchando para seu território com um exército muito maior do que ela é capaz de enfrentar e agora ela terá que ser muito esperta e muito habilidosa se quiser primeiro: proteger seu pescoço em sua própria corte e segundo: proteger sua corte da aniquilação.
"...E nós não devemos apenas estar preparados para o inimigo de fora, mas também para o inimigo de dentro... E assim será, irmãs do meu coração, irmãos da minha alma, família da minha carne, Para Todo o Sempre."
Ah e como eu fiquei contente de ver que, bem nesse ponto, onde Lia mais precisava, reencontrou antigos amigos que não se acovardaram diante do perigo e jamais saíram do lado da garota...
"Você é forte, mais forte do que sua dor, mais forte do que seu pesar, mais forte do que eles. E eu me forço a ficar de pé de novo." 
Eu teria muito mais a contar, acontece que acabaria contando o livro todo e eu não posso fazer isso agora porque preciso ler o próximo livro da autora, para ver se ela contou um pouquinho mais de como esses personagens estão, tempos depois...hahaha....apesar de saber que a história é sobre outros personagens né. Estou curiosa agora para ler Dance Of Thieves.

Preciso destacar a beleza desses livros, pelo amor de deus, que capas lindas! Que acabamento perfeito, e os erros de ortografia e gramática? revisão impecável, aos meus olhos, não vi erro nenhum durante a leitura e só posso dizer que eu recomendo muito essa trilogia!

6 comentários

  1. Olá! O que mais me chamou atenção nessa série, sem dúvida, foram as capas, edição realmente encantadora, primorosa, ai ai, linda demais. Confesso que ainda não comecei a leitura (#vergonha), mas desse ano não passa, amo esse tipo de história e quero por demais conferir tudo, pois finalmente tenho a coleção completa!

    ResponderExcluir
  2. Oi Denise,
    Adoro acompanhar livros que os personagens evoluem, é interessante perceber como o clima, as coisas que precisam enfrentar, as dificuldades os fazem crescer ne?
    Não tenho mto o que dizer do livro, amei sua resenha, e é claro que assim que puder irei comprar os livros para ler! Desejo loucamente essa trilogia ...
    Vi alguna comentários sobre a autora ter deixado um pouquinho a desejar nas cenas de ação, se isso realmente aconteceu, seria uma pena, o enredo é riquíssimo, e muito bom!
    Ah, não tem como não se apaixonar pelas edições!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu estou muitoooo ansiosa para ler esse livro! Li o primeiro no final do ano passado e simplesmente se tornou um dos meus favoritos! A Lia é incrível (assim como o Kaden e o Rafe hahaha AMO OS DOIS, SOCORRO).
    Tô muito animada para continuar essa saga linda. Sua resenha fortaleceu ainda mais meus sentimentos. Louca para saber o desfecho disso tudo!
    Bjss

    ResponderExcluir
  4. Para começar, não tem como falar das crônicas de Amor e Ódio e não destacar as capas lindas desses três livros. Sobre a história: eu amei a narrativa do primeiro livro, achei o segundo meio parado e tô com medo desse terceiro. Alguns pontos da narrativa, como desconfiança e machismo deveriam ter sido mais explorados no anterior e não condizem com o que já nos foi apresentado. Quero sim ler, mas pra falar a verdade nem tô com tanta pressa assim.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Denise
    Ainda não li essa trilogia, mas estou muito instigada a ler.
    Cada resenha que leio fico mais curiosa para começar logo a leitura.
    Gostei que os personagens tem uma evolução durante a trilogia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Ainda não li nenhum desses três livros, mas quero muito conhecer essa trilogia.
    Vou concordar com você, as capas estão lindíssimas. O enredo é bem interessante

    ResponderExcluir