Ecos - Pam Muñoz Ryan

6 de agosto de 2018

Título: Ecos
Autor: Pam Muñoz Ryan
Páginas: 368
Ano: 2017
Editora: DarkSide
Gênero: Fantasia e Ficção Científica
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:  
Sinopse: Ecos, da premiada escritora norte-americana Pam Muñoz Ryan, é uma fábula como há muito não se via – ou se ouvia. Um conto de fadas dark, que resgata o melhor da tradição dos irmãos Grimm, combinado com delicados momentos do século XX, como as duas grandes guerras e a Depressão econômica que assolou os Estados Unidos nos anos 1930. O resultado é uma fantasia histórica repleta de perigos e beleza, emoldurada pelo poder da música. A aventura começa cinquenta anos antes da Primeira Guerra Mundial — “a guerra para acabar com todas as guerras” —, quando o pequeno Otto se perde na Floresta Negra e encontra as três irmãs encantadas, prisioneiras de uma velha bruxa, que conhecia apenas das páginas de um livro, e acreditava ser apenas uma lenda. Como em um passe de mágica, as irmãs ajudam o garoto a encontrar o caminho de casa. E Otto promete libertá-las, levando o espírito das três dentro de uma inusitada gaita de boca. Ao longo dos anos, o instrumento chega à mão de novos donos: um menino que vê o sonho de se tornar músico interrompido pela ascensão do nazismo; um jovem pianista prodígio que vive num orfanato e luta para não ser separado do irmão caçula; uma filha de imigrantes mexicanos que cuidam de uma casa de japoneses enviados a um campo de concentração dentro dos Estados Unidos, durante a Segunda Guerra Mundial. Personagens com dramas diferentes, mas um amor transformador pela música. Cada um à sua maneira, eles são afetados pela magia das três irmãs. Assim como os leitores do livro em todos os países em que ECOS foi lançado. Prepare-se para também ser arrebatado e enfeitiçado por essa fábula harmônica.
Resenha:


 "Chegaram aqui por uma mensageira. Devem partir da mesma maneira. De forma humana não sairão. Seus espíritos como o vento soprarão. Salvem uma alma à beira da morte. Ou aqui definharão á própria sorte."
Ecos, da escritora americana Pam Muñoz inicia-se com Otto, um menino que se perde na floresta perto de sua casa. Sozinho e apavorado, ele é socorrido pelas irmãs, Eins, Zwei e Drei. Elas foram amaldiçoadas a perambular pela floresta até aparecer um instante em que finalmente seriam libertadas e retornariam para sua família. As irmãs o ajudam a encontrar o caminho de volta ao lar depois de infundirem sua magia em uma gaita onde seus espíritos serão mantidos cativos. Na manhã seguinte a lembrança daquele encontro inusitado desaparece da cabeça do menino e tudo o que resta é uma misteriosa profecia e uma gaita.
“Você já parou pra pensar que uma pessoa pode tocar a gaita e passar a diante sua força, sua visão e seu conhecimento?”
Décadas mais tarde, na Alemanha no ano de 1933, bem na época da ascensão de Hitler, Friedrich é um jovem alemão cuja marca de nascença em boa parte do seu rosto o diferencia e o deixa a margem de uma sociedade nazista que adora a perfeição. Um amante da música que sonha em um dia se tornar maestro, Friedrich encontra uma gaita e o som harmonioso que ela propaga o inspira e lhe dá forças para ajudar seu pai em um instante de grande aflição.
“Ele tentou se amparar com as coisas que Papai sempre dizia: Um pé na frente do outro. Siga em frente. Ignore os ignorantes.”
A mesma gaita chega aos Estados Unidos a alguns irmãos órfãos alguns anos mais tarde. Os pianistas Mike e seu irmão Frankie acalentam o sonho de serem adotados por uma família amorosa, mas quem em sã consciência iria querer filhos já crescidos? A esperança vem na forma de uma senhora rica que almeja adotar uma criança com forte inclinação musical. Aparentemente a senhora parece não os suportar e quem passa a cuidar dos dois é o advogado da família.


No início dos anos 40, onde americanos de ascendência mexicana e japonesa são recebidos com suspeita e racismo, Ivy Lopez é uma jovem garota latina que ama tocar sua gaita. Ela tenta dissuadir a família da ideia de se mudarem para a Califórnia, afastando-a de tudo que já conheceu e amou. Seu irmão está longe, lutando na Guerra, e ela é a única que consegue manter sua família unida. No entanto a vida na Califórnia fica ainda mais complicada e perigosa com a notícia de campos de concentração japoneses e a recusa de sua escola em reconhecer sua família como americana.
“Os corações estão feridos. Indivíduos que costumavam ser amigos não são mais. Vizinhos não são vizinhos. Durante uma guerra, as pessoas acham que precisam escolher um lado e jogar a culpa no outro. Os corações ficam menores.”
Unidos pelo amor a música e a família, mas separados pelo tempo, as crianças enfrentam desafios e obstáculos em suas jornadas para a vida adulta. Embora a história seja uma ficção juvenil, todos os leitores certamente apreciarão este livro. É muito simples e fácil se apegar aos personagens que lutam contra guerras externas e suas próprias incertezas e inquietações, enquanto mantem vivos a fé e a esperança.


Lindamente escrito esse conto de fadas histórico cativou meu coração. As histórias culminam em uma clara mensagem: que a música unifica as pessoas em um só coração! No final todos podemos encontrar o lugar a qual realmente fazemos parte, não importando quão diferentes somos.

“Todo mundo tem coração. Às vezes, é preciso se esforçar bastante para encontrá-lo…”

5 comentários

  1. Oi, Nádya,

    Livros com período histórico - marcado por algum acontecimento - sempre me chamam atenção. Esse livro em específico, pois possui traços de uma fábula fantástica e encantadora. Dá pra sentir toda essa magia transmitida!

    Principalmente por haver essa mistura de realidade com elementos fantásticos, e em a autora passar para o leitor como a música - conectada por diversos períodos e através dos personagens - pode ser transformadora nos mais diversos momentos.

    Além disso, acompanhar tudo que essa mudança acarretou na vida de cada um deles e em como a música os uniu, deve ser tão belo e singelo.

    Então, com certeza é um livro que eu desejo realizar a leitura do mesmo.



    ResponderExcluir
  2. Oi Nádya!
    Sempre leio comentários bons sobre esse livro, tenho mta vontade de conhecer a história já que gosto mto do estilo, ainda mais com essa edição da Dark.
    Bjs!

    https://aguardiadasresenhas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá! Parece ser um livro emocionante, é muito bacana como os autores conseguem criar enredos tão fantásticos tendo como ponto de partida eventos que ocorreram de verdade, e ainda abordam temas atuais, como o preconceito e intolerância, dica anotadíssima.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Fiquei um certo confusa pela historia mas vejo que é bem interessante, tem uma ótima premissa..Me deixou bem curiosa por ele, eu obtenho o livro na estante e ainda não li mas desejo muito ler.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  5. Li algumas resenhas negativas sobre esse livro, mas nada que fizesse desisti da leitura. Fantasia não é meu forte, mas tem històrias que não da para não ler e esse livro é um que esta na lista para ler futuramente.

    ResponderExcluir