Escola do Bem e do Mal - Soman Chainani

3 de julho de 2018



Título: A Escola do Bem e do Mal, 1
Autor: Soman Chainani
Páginas: 352
Ano: 2017
Editora: Gutenberg
Gênero: Literatura infantojuvenil
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon | Americanas
Nota:   
Sinopse: No povoado de Gavaldon, a cada quatro anos, dois adolescentes somem misteriosamente há mais de dois séculos. Os pais trancam e protegem seus filhos, apavorados com o possível sequestro, que acontece segundo uma antiga lenda: os jovens desaparecidos são levados para a Escola do Bem e do Mal, onde estudam para se tornar os heróis e os vilões das histórias. Sophie torce para ser uma das escolhidas e admitida na Escola do Bem.
Com seu vestido cor-de-rosa e sapatos de cristal, ela sonha em se tornar uma princesa. Sua melhor amiga, Agatha, porém, não se conforma como uma cidade inteira pode acreditar em tanta baboseira. Ela é o oposto da amiga, que, mesmo assim, é a única que a entende. O destino, no entanto, prega uma peça nas duas, que iniciam uma aventura que dará pistas sobre quem elas realmente são. Este best-seller é o primeiro livro de uma trilogia que mostra uma jornada épica em um mundo novo e deslumbrante, no qual a única saída para fugir das lendas sobre contos de fadas e histórias encantadas é viver intensamente uma delas.



"Ele está manipulando as histórias, Clarissa", disse a de roxo."





Resenha: Sou fascinada por livros de literatura infantojuvenil e fazia um certo tempo que não lia. O meu último, foi ano passado e amei o que li. Esse ano fui apresentada a esse novo autor indiano, Soman Chainani que mescla diversas histórias, porém como é uma coisa comum em história assim, há o bem e o mal.

""Qualquer um que acredita na Profecia do Leitor é um tolo", estrilou Lady Lesso. "Incluindo o Diretor da Escola""
A premissa do autor de fazer-nos crer que uma menina é boa e a outra má e ainda mais fazer existir uma escola do bem e uma do mal é uma ideia muito boa e que me conquistou para ler esse livro. É uma série de quatro livro e esse é o primeiro.

""Novamente", disse Pólux, com seriedade, "os que são Maus não podem ser Bons e os que são Bons não podem ser Maus, não importa quanto sejam persuadidos ou punidos.""



Temos duas personagens principais a Sophie e a Agatha e as secundárias são muitas no decorrer da história, então fica um pouco cansativo colocar todas. Entretanto, a história inicia-se com Sophie que quer ir para Escola do Bem e que é amiga da garota mais estranha, Agatha, que tem seu jeito exótico, porém não totalmente mal. Ambas vivem em Gavaldon, onde leem as histórias das crianças que foram sequestradas por algo e foram para a escola do bem e outras para a do mal, todavia o que acontece e o que é ensinado nas escolas é bem diferente do que imaginam e o que se tem dentro de si é mais válido do que seu exterior belo.

"Na Floresta Primitiva
Há duas torres erguidas
Na Escola do Bem e do Mal,
A Pureza e a Malícia.
Não tem como escapar
Se um Conto de Fadas
Não vivenciar."


O livro é narrado em terceira pessoa, e nos remete aos contos de fada. Essa característica, reforçada pela presença de um narrador observador, fez da leitura uma experiência única.

Apesar de ser um pouco enrolada em alguns momentos, a narrativa foi bem cativante e fluída. Para um início de série, a história conseguiu apresentar um bom desenvolvimento e manter o leitor ansioso pela continuação.

Portanto, a meu ver esse primeiro livro é muito bom e vale a pena ser lido e têm tudo para ser uma ótima série. O livro, assim como todos desse gênero, sempre nos trazem algum ensinamento e esse sem dúvida me agregou e tem que ser lido por todos.

11 comentários

  1. Oi, Raquel.

    Livros assim, que sempre nos passam algo, pra mim, são sempre bem vindos.

    Principalmente quando podem ser recorrentes e aplicados em nossas vidas, em nossa realidade.

    A genialidade do autor é muito evidente aqui, afinal, o mesmo conseguiu transpor com magnitude e de forma única, diversos conceitos acerca do bem e do mal e como eles nos permeiam.

    Enfim, mas no momento, não é uma série que eu leria. Talvez futuramente.

    ResponderExcluir
  2. Olá Raquel!
    Fico mais ainda com vontade de ler qdo o livro deixa algo de interessante ao leitor, sempre acompanho resenhas sobre esse livro e cada vez mais tenho interesse em ler, o enredo parece ter agradado mtos leitores que curtem o gênero, já está nos meus desejados.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Olá Raquel! Já ouvi falar dessa série mas nunca procurei saber mais dela. Gosto dessa premissa de contos de fadas, acho fascinante esse mundo mágico. Acredito que essa divisão de Bem e Mal seja parte dos ensinamentos que você falou e é sempre bom tirarmos lições de vida dos livros. Não vemos muitos autores indianos no mercado, talvez eu dê uma chance à leitura. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá! É a segunda vez que ouço (leio) sobre essa série e apesar de ser para o público mais adolescente, tem elementos no enredo que eu gosto bastante na hora da leitura, por isso, fiquei com aquela vontade de saber mais sobre a história e o seu desfecho, além disso, amo livros de fantasia.

    ResponderExcluir
  5. Primeira vez que leio algo sobre esta série, mas quando se fala em infanto juvenil, também estou dentro!!! Fase gostosa, que sempre nos vrinda com histórias gostosas e leves.
    Também adorei ler sobre essa ideia do bem e do mal, colocados desta maneira tão peculiar e ao mesmo tempo, nos fazendo refletir.
    Vai para a lista de desejados.
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Olá, Raquel
    É a primeira vez que vejo falar sobre esse livro e leio uma resenha.
    Mesmo sendo infanto juvenil fiquei muito curiosa para ler e saber mais sobre essa trilogia.
    Desde criança adoro contos de fadas e nesse enredo tem o escola do bem e mal que vai nos trazer várias questões para refletir sobre o assunto.
    Estou aguardando resenhas dos próximos livros.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá Raquel,
    assim que vi a capa desse livro e ler a sinopse, fiquei curiosa pra ler.
    Gosto desse gênero e sempre procuro por novos livros pra ler.
    Gostei de saber que tem um tipo de ligação com contos de fadas.
    Bom saber que mesmo tendo alguns momentos cansativos a estória não decepciona.
    Espero conseguir ler em breve.

    ResponderExcluir
  8. Olá, a obra de Chainani chama atenção por se distanciar dos clichés que envolvem novas abordagens dos contos de fadas, sem contar que nesse livro há apresentação bastante clara tanto dos personagens quanto do universo criado. Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi Raquel,
    Também adoro infantojuvenil, são leituras muitos cativantes e que trazem belas mensagens. Já estava de olho nesse livro desde o ano passado, mas essa é a primeira resenha que leio, e fiquei animada em saber que a leitura vale a pena. A premissa é instigante, com essa lenda da escola do bem e do mal, trazendo lições sutis e cativantes na trama. No entanto, prefiro aguardar a publicação dos demais livros da série para iniciar a leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Raquel!
    Gosto de livros com mapas e com enredo tão rico como esse.
    Não tive oportunidade de ler ainda nenhum dos livros da série, mas como entretenimento, acredito que seja um bom livro para ler, e com certa aventura.
    “Palavras gentis não custam muito, e ainda assim conquistam muito. (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JULHO - 5 GANHADORES - BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  11. Oi Raquel,
    Li em algum lugar que o livro tem bastante referência de personagens que já conhecemos, eu fiquei curiosa por isso. Acho que até consegui captar a mensagem que a história passa, eeugostei, me surpreendi e claro, fiquei curiosa para saber como a história acaba.
    Outra coisa legal é conhecer verdadeiramente as personalidades das protagonistas! Pena que fiquei sabendo que o segundo livro não é tão bom .. Pretendo ler!
    Beijos

    ResponderExcluir