Últimas mensagens recebidas - Emily Trunko

9 de abril de 2018

Título: Últimas mensagens recebidas
Autor: Emily Trunko
Páginas: 176
Ano: 2017
Editora: Seguinte
Gênero: Jovem Adulto, Não Ficção
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:   
Sinopse:

Quando uma mensagem é a última, ela pode significar um fim, uma perda, ou até um alívio. E se você fosse o destinatário?
A partir de contribuições anônimas, a jovem Emily Trunko reuniu nesta coletânea mensagens que contam histórias reais sobre os mais variados tipos de despedida: o fim de uma amizade, o término de um relacionamento ou até mesmo um acontecimento trágico que muda a vida do destinatário e do remetente para sempre.
Enviadas por celular, por e-mail ou pelas redes sociais, essas mensagens narram perdas profundas e inspiram muita reflexão. Será que não deveríamos expressar mais o amor que sentimos pelas pessoas enquanto isso ainda é possível? Ou, em alguns casos, nos afastar o quanto antes daquelas que nos fazem mal?
Resenha: 
''Você nunca sabe qual mensagem será a última trocada com alguém.''
Emily Trunko, uma adolescente na época, criara uma conta no Tumblr aonde ela postava mensagens recebidas de qualquer pessoa que havia recebido uma última mensagem; Sejam pais, amigos, irmãos ou namorados, qualquer mensagem, são postadas na sua conta como uma forma da pessoa desabafar e ver que não está sozinha no seu sofrimento ou na sua situação.



"Você foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida, e também a pior. Principalmente a pior."

A edição da Seguinte está linda, capa dura, com imagens e frases que nos fazem refletir, Últimas Mensagens Recebidas é de uma delicadeza sem tamanho que ao mesmo tempo  traz uma força contida  em cada palavra escrita ali, uma emoção diferente a cada página lida.

São poucas páginas mas com um teor tão significativo e maravilhoso que é impossível não se emocionar.

"Não é que eu não te amo mais, é que na verdade eu nunca te amei."

Um dos livros mais sensíveis que já li até hoje, me tocou por ser algo feito de pessoas reais para pessoas reais. Acho que as mensagens que mais marcaram para mim, foram aquelas de pessoas que partiram, algumas se suicidando outras sumindo da vida de alguém, me fazendo pensar na pessoa que recebeu a mensagem, compartilhando da sensação de impotência, culpa ou saudade.

Um projeto lindo e válido, que com certeza ajuda a amenizar a solidão, a dor e o sofrimento.

Qualquer pessoa deve ler esse livro, mas lembre-se que nem todas as mensagens têm um final feliz, ou mesmo um final. Não é ficção, é simplesmente a vida acontecendo.

Vou deixar mais algumas mensagens aqui para que fiquem curiosos quanto ao livro.

"Reciclei a carta de amor que você me mandou para que o fim da nossa história possa ser o início de outras pessoas."

"Você vai descobrir qual é seu problema. Você é igualzinha a sua mãe."

"Eu simplesmente não sentia aquele frio na barriga quando te via."

"Você é a filha mais desgraçada do mundo e o maior erro da minha vida. Parabéns por finalmente  ter acabado com a nossa família".


Então é isso, até a próxima.

7 comentários

  1. Oi, Karla.

    A Emily teve uma boa ideia, em, através de mensagens bem reais, passá-las para o público. Para quem sabe assim, tocá-las, e elas tirarem algum proveito disso.

    ResponderExcluir
  2. Olá Karla!
    É a primeira resenha que leio desse livro, achei um máximo essa capa, enredo parece mto bom e pelo que li a leitura além de linda é bem delicada, qro mto ler!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Oi Karla.
    Achei a premissa desse livro bem interessante.
    Parece uma leitura bem delicada, mas desperta grandes sentimentos e reflexões no leitor. Pensar na última mensagem recebida de alguém que gostamos é algo triste.
    Achei a capa linda e gostei bastante das ilustrações e da fonte escolhida para retratar as mensagens.
    Já vai para a lista de desejados.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. "Você é a filha mais desgraçada do mundo e o maior erro da minha vida. Parabéns por finalmente ter acabado com a nossa família".

    Caramba, o que é isso? Só posso imaginar a dor de um pai ou de uma mãe diante do suicídio de uma filha.
    Primeira resenha que leio deste livro e não fazia ideia do conteúdo desta pequena/grande obra e já quero muito poder ter esse manual de dor e amor nas minhas mãos!
    A capa é lindíssima e pelo que vi pelas imagens, diagramação perfeita!
    Vai para a lista de desejados com certeza.
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Nossa, que pesado. Inicialmente achei que seria um livro super fofo com final fofo, mas você disse que nem todas as mensagens tem final feliz ou mesmo final. Mas em geral, edição maravilhosa.

    ResponderExcluir
  6. Olá Karla.

    O livro traz mesmo muita sensibilidade, e o fato de ser perto da nossa realidade deixa ele mais tocante. Bem diferente, para mim seria uma leitura diária, daquelas que você lê uma mensagem por dia e reflete sobre ela sabe? Também achei a edição incrível, muito bela, combinou com o que o livro deseja mostrar!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Karla,
    Achei tão linda a edição, cheia de detalhes maravilhosos.
    A leitura parece bastante intensa e que arranca lagrimas do leitor. Parece também algo pra se refletir. Gostei bastante!
    Bjs

    ResponderExcluir