Luz, Câmera, Ação: Death Note

Diretor ou produtor: Adam Wingard

Ano (filmes): 2017
Gênero: Terror, Fantasia

Elenco: Nat Wolff,Keith Stanfield,Margaret Qualley, Paul Nakauchi

Nota:     
Sinopse: Um jovem em Seattle chega a possuir um caderno sobrenatural, o Death Note, que lhe dá o poder de matar qualquer pessoa simplesmente escrevendo seu nome nas páginas. Ele decide usar o caderno para matar criminosos e mudar o mundo, mas um detetive enigmático tenta localizá-lo e terminar seu reinado de terror.



Resenha: Death Note é um filme baseado no mangá, de mesmo nome, de Tsugumi OhBa publicado no Brasil pela JBC em 2006.

Death Note
conta a história de Light Turner, um estudante do Ensino Médio que "recebe" um livro preto caído do céu, intitulado "Death Note". Ao abrir percebe que se trata de um caderno e além de folhas em branco ele encontra algumas regras e explicações de como o caderno funciona:



1.O humano que tiver seu nome escrito no Death Note morrerá;
2.A escrita do nome não terá efeito se o escritor não tiver em mente o rosto da vítima. Assim, pessoas que compartilham o mesmo nome não serão afetadas;
3.Se a causa da morte for escrita dentro dos próximos 40 segundos após o nome ser escrito, assim acontecerá, desde que a causa não seja impossível;
Essas são apenas algumas das regras descritas no caderno.

Tendo as regras e a finalidade do caderno em mente, Light decide escrever o nome do menino valentão da escola, e descreve sua morte de forma violenta  e de fato ele vê acontecer já que estão na escola.

Ele então acredita no poder do caderno e decide criar um novo mundo, punindo criminosos foragidos e perigosos de que alguma forma conseguiram escapar da prisão, como o cara que atropelou sua mãe.
Para colocar seu plano em ação, conta com a ajuda de Mia, a qual contou sobre o Death Note e consegue ser tão ou mais psicótica que ele em relação às mortes.


 Temos também o deus da morte que acompanha o Death Note: Ryuk. Ele aparece e somente Light, o portador do caderno, pode vê-lo. Ele age como um vigia para ver se todas as regras estão sendo seguidas, porém ele não tem boas intenções.


Light decide escolher um nome - Kira- para o "Deus justiceiro" que já matara pelo menos 400 pessoas pelo mundo. Ele faz os criminosos escreverem mensagens sobre Kira antes de morrer, já que ele pode manipular os atos do alvo antes de morrerem.
"Esse mundo está podre, e quem apodreceu junto com ele deve morrer."
Suas ações chamam a atenção do renomado detetive L. Um jovem que mora no Japão e é sempre chamado para resolver crimes que são muito elaborados e difíceis de resolver.



L é um órfão misterioso que foi treinado desde pequeno- por um grupo secreto- para ser um super detetive. Ninguém sabe seu nome  e ele não mostra seu rosto pois acha que Kira precisa do rosto e nome da pessoa para mata-lo.




Esse é um resumo muito pequeno da história de Death Note, e o filme foi apenas baseado no mangá, ou seja,  não tem muita coisa a ver com a obra original.

Death Note é um dos meus mangás favoritos, e desde 2003 (quando foi lançado e li em inglês) para cá já lançaram anime, live actions e filmes , sua maioria com atores asiáticos, esse é o primeiro filme americano baseado na história.

Confesso que não odiei, pois assisti sabendo que não seria tão bom quanto aos live actions ou ao mangá, não gosto muito do anime e também tenho maturidade suficiente para aceitar várias versões das coisas que gosto, mesmo as não tão boas no meu ponto de vista, vai que funciona para você né?

Dica: Se você nunca leu, ou assistiu nada relacionado ao Death Note, pode assistir sem medo e não tem problema se você gostar ou não. Mas se quiser saber mais sobre a história original, procure o mangá ou o anime que é muito fiel ao mangá e pode ser encontrado na Netflix também.


9 comentários

  1. Oi! Tenho muita curiosidade em assistir o filme, mas não vi nenhuma critica positiva a respeito que to com um receio enorme de perder tempo. Acho que vou procurar o mangá que vale mais a pena. Beijoss

    ResponderExcluir
  2. Hello Karlinha😘, menina eu assisti Death Note anime, e confesso que o filme me decepcionou um pouco 😁; eu meio que já sabia que não ficaria bom, mas curiosa como sou, fui ver mesmo assim. Não é todo ruim, teve ótimas cenas, mas sabe aquele "Q" que falta? Pois é. Resenha maravilhosa, pegou todos os pontos relevantes, adorei. Bjs💋

    ResponderExcluir
  3. Olá Karla! Eu não sou fã de terror, pois até livros de suspense me dão medo rsrs. Meu irmão é fascinado por animes e com certeza vai adorar. Vou indicar para ele. Excelente resenha. Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu confesso que não sou muito fã de mangás e anime, e nunca tive interesse em Death Note. Eu só conheci essa história agora, porque tem bastante gente criticando o filme. Eu acho que eu poderia até gostar do filme, já que eu não sei nada sobre a história. Então talvez um dia eu até assista a esse filme, mas não é prioridade...
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  5. Descobri outro dia que este filme estava relacionado a um mangá super famoso, como não leio nada do gênero, sou leiga no assunto, mas lendo sua resenha e opinião sobre a obra, até que fiquei interessada, mas sem esperar muitas revira voltas, ou algo que irá me surpreender, espero gostar pelo menos da premissa da estória.


    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá.
    Não tenho conhecimento do mangá ou anime, então, talvez assista o filme, por curiosidade. Mas somente depois que sair dos cinemas.
    No mínimo, deve ser interessante.
    Sua resenha está muito bem escrita.
    Obrigada pela indicação.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Eu já assisti a esse filme, e confesso que não achei tão ruim quanto as pessoas estavam falando, mas eu não tinha assistido o anime. Mas eu não gostei tanto do filme, esse não é o tipo de história que me interessa :/

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olá, apesar de todos falarem mal do filme, estou louco para assisti-lo, pois conta com uma fotografia e um processo de pós-produção acima da média. Como não tive contato com os materiais originais, a falta de fidelidade não será um problema. Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Ola!
    Eu já tinha ouvido fala desse nome mas nunca procurei saber o que era, ao ler a história fiquei bem curiosa e ao mesmo tempo me deixou com medo. Será um filme de terro e misterio incrivel, estou desejando assistir.

    ResponderExcluir