A Lógica Inexplicável da Minha Vida - Benjamin Alire Sáenz


Título: A lógica inexplicável da minha vida
Autor: Benjamin Alire Sáenz
Páginas: 442
Ano: 2017
Editora: Seguinte
Gênero: Ficção norte americana
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Saraiva, Submarino, Amazon
Nota:   
Sinopse: Salvador levava uma vida tranquila e descomplicada ao lado de seu pai adotivo gay e de Sam, sua melhor amiga. Porém, o último ano do ensino médio vem acompanhado de mudanças sobre as quais o garoto não tem nenhum controle, como ímpetos de raiva que ele não costumava sentir. Além disso, Salvador tem que lidar com a iminente morte da avó, com uma tragédia repentina que acontece na vida de Sam e com o fato de seu pai estar se reaproximando de um ex-namorado. Em meio a esse turbilhão de sentimentos, que vão do luto ao amor e da amizade à solidão, Sal passa a questionar sua própria origem e identidade, e tenta encontrar alguma lógica para a sua vida — uma tarefa que parece quase impossível.


"As pessoas podem ser muito cruéis. Elas odeiam o que não conseguem entender." pág.20
Resenha: Com certeza, não vou me cansar de conhecer as vidas, lugares e mundos das personagens. Sáenz tem o dom de transportar para dentro do livro, dentro da história e vivenciar, não só a personagem principal, mas também todos os outros secundários. Ele tem um talento nato de fazer você gostar das personagens, sentir o que cada um de fato, deve sentir. Se eu vir algum filme baseado em seus livros, tem ao menos que extrair a beleza da história, de cada personagem senão não fará sentido.
"Ninguém merece sofrer agressão física só porque disse alguma coisa que não te agradou."pág.19
"O interessante das lágrimas é que elas podem ser silenciosas como uma nuvem flutuando por um céu deserto." pág. 21
"Defendo a teoria de que todas as pessoas têm uma relação com as palavras - estejam elas cientes disso ou não." pág. 33
Sal é um jovem garoto que está no último ano do ensino médio, foi adotado e criado por seu pai, que é gay e tanto para ele quanto para seus amigos ele é um bom homem, justo, gentil, educado, calmo, é pintor/artista (desenha e é famoso pelos seus quadros). Sal sempre foi um rapaz calmo, tranquilo e nunca demonstrou ser diferente, mas nesse último ano ele vai socar um colega porque chamar seu pai de bicha. Ele tem um excesso/impulso de raiva e faz sem pensar. Ele sem pensar faz isso com outras pessoas em diferentes lugares e pelo mesmo motivo. Sua querida avó Mima, infelizmente tem novamente a mesma doença que se curou e ele terá que superar sua partida e entre outras coisas. Sua mãe infelizmente faleceu com a mesma doença e o deixou  quando ele tinha três anos. Sal terá que superar muitas coisas ao longo desse último ano, não só em relação à faculdade.

 Seus amigos também terão que ser fortes e vão seguir em frente à tudo que vai acontecer com eles. Muita coisa não depende deles e só Deus sabe o porquê de tudo que corre em nossa vida, ou melhor, na vida de cada um.
"Mas, veja, não importa de onde eu venho, mas sim para onde vou" pág. 42
Salvador (Sal, Salvie, Sally), isso mesmo são vários apelidos. Um adolescente de 17 anos, que está no último ano do ensino médio e que não sabe ainda se quer cursar a faculdade ou ter um ano sabático (kkkk). Ele é doce, gentil, tranquilo, inteligente, não tão estudioso, mas tira boas notas, mas em meio a algumas coisas acontecendo ele acaba perdendo o controle de quem é e não sabe exatamente quem está se tornando. Quem nunca foi assim? Passar a fase da adolescência é estranho. Várias coisas para amadurecer.

Samanta (Sam, Sammy) é a melhor amiga de Sal desde os cinco anos. Muito tempo! Muito mesmo!!! Ela é inquieta, faladora, muito esperta, audaciosa, gentil, quando quer. Tem uma mãe que nem parece mãe. Lendo você irá entender. Seu pai jamais lhe deu atenção, mas ela é forte e independente e sabe bem o que quer da vida.

Adam (Fito) sim, único apelido (kkk). Ele é um rapaz muito quieto, sempre com fome, mas extremamente inteligente, quer fazer uma boa faculdade, leitor voraz, tem dons ainda não descobertos, que vale a pena ver. Tem uma vida complicada e difícil, pois sua mãe é drogada e seus irmãos todos de certa forma foram pelo mesmo caminho, infelizmente. 
"Viver é uma arte, não uma ciência."pág. 52
Esse livro não é só sobre superações. É sobre a vida, a morte, o inevitável, coisas incríveis, momentos, pessoas únicas e especiais, conhecimento sobre si, amor, carinho, respeito, intimidade, mudanças e tantas outras coisas que eu poderia citar.
Recomendo à todos que queriam ler sobre todas essas coisas e também a pessoas que querem conhecer a escrita e beleza dos livros desse excelente escritor. Sua fama não é à toa.
"Mima dizia que nós nos tornamos quem queremos ser." pág. 65





10 comentários

  1. Olá Raquel! Eu adorei os quotes desse livro que você adicionou à resenha, são frases muito reflexivas e verdadeiras. Tramas que abordam a vida real, sem perfeccionismo e com as dificuldades que todos enfrentamos são muito boas mas confesso que o autor colocou tanta desgraça na vida dos personagens que ficou um pouco demais. É um livro que me agradou bastante, com certeza vou ler! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São quotes maravilhosos e olha que nem coloquei todo se não ficaria muito grande..kkk
      Leia, tenho certeza que você vai gostar muito. Beijo

      Excluir
  2. Olá, livros com temas de autodescoberta sempre nos deixam mensagens interessantes, e com esse não é diferente. Os personagens parecem ser bem cativantes e bem construídos, deixando a história ainda melhor. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alison, tudo bem?
      Eu estou encantada com a escrita e o desenvolvimentos dos seus livros.
      Leia, vale muito a pena.

      Excluir
  3. Olá.
    Não conheço o autor e é a primeira vez que leio uma resenha desse livro.
    Parece ser um enredo bem construído e com personagens cativantes. E, com uma mensagem muito bonita, não é mesmo? Espero ter a chance de ler!
    Linda resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia esse livro, mas ele já chamou minha atenção. A história dele parece ser ótima e bem envolvente. E os personagens parecem ser muito bem construídos, acho que vou gostar muito do Sal. Adorei a dica!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi! Nunca ouvi falar sobre o autor, mas acredito que esse livro seria um bom começo. Deve ser uma linda história de superação. Beijoss

    ResponderExcluir
  6. Além desta capa maravilhosa, vejo que o conteúdo também e muito incrível, falar sobre estes temas sempre me cativam, me pareceu que estes personagens juntos terão de se autoconhecer, e lidar com diversas situações do cotidiano, momentos bons, ruins, e ter de supera-los. Acredito que está seja uma leitura cativante, envolvente e fluida.

    Participe do TOP COMENTARISTA de AGOSTO, para participar e concorrer Ao livro "Dois Mundos", o primeiro da série "Tesouros da Tribo de Dana" da escritora Simone O. Marques, publicado numa edição linda pela Butterfly Editora.
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu preciso desse livro! Essa resenha não só me apresentou o livro como também me deixou com uma vontade insana de comprar e devorar ele inteiro. Eu já li um livro do autor e gostei muito do livro. A premissa desse livro é super interessante também, e acho que também vou amar esse livro!
    Com certeza já quero ele.
    Bjss ^^

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Que fofura de história, realmente a fase da adolescência é bastante complicada, passa de uma fase para outra, tenta descobrir o que quer fazer na faculdade e muitas coisas encima de alguém. O livro é interessante, a história é uma fofura e já entrou na lista de leitura.

    ResponderExcluir