Centelha Mortal - Jeffery Deaver

Título: Centelha Mortal
Autor: Jeffery Deaver
Páginas: 504
Ano: 2017
Editora: Record
Gênero: Ação, Suspense, Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:        
Sinopse: Lincoln Rhyme está de volta, em busca de um assassino que transforma a cidade de Nova York em sua refém. Um novo criminoso assola a cidade com uma arma invisível e onipresente na sociedade moderna: a rede elétrica. Quando um ataque ocorre e quase destrói um ônibus, as autoridades temem se tratar de um ato terrorista e por isso convocam Lincoln Rhyme, um dos maiores peritos criminais do mundo. Tetraplégico, ele escala a detetive Amelia Sachs e o oficial Ron Pulaski como seus olhos, ouvidos e pernas na análise da cena do crime. Conforme novos ataques acontecem, surgem cartas de exigências, o que leva a equipe a trabalhar contra o tempo e com poucas evidências para encontrar o assassino. Ou seriam assassinos?  Ao mesmo tempo, Rhyme é consultor de outra investigação importante no México: ele busca o Relojoeiro, um dos poucos criminosos a conseguir escapar do perito criminal.  Lidando com dois casos urgentes, a saúde de Rhyme é afetada, e ele precisa enfrentar mais uma batalha. No entanto, sua determinação em trabalhar apesar de suas limitações físicas ameaça colocar sua própria vida e a de seus aliados mais próximos em risco.

Resenha:



Para quem não sabe, Centelha Mortal, do escritor Jeffery Deaver é o nono e último livro da série que traz o perito criminal Lincoln Rhyme, um brilhante criminologista forense que ficou tetraplégico.

Lincoln é um tenente aposentando da polícia de Nova York. Acredito que todos já tenham assistido ou pelo menos ouvido falar do filme O Colecionador de Ossos, protagonizados por Denzel Washington (Lincoln Rhyme) e Angelina Jolie (Amelia Sachs), que foi uma adaptação formidável do primeiro livro da série.

Em Centelha Mortal, Lincoln e sua equipe são convidados a localizar um criminoso que está usando eletricidade para ameaçar e matar os moradores da cidade de Nova York. As autoridades estão pensando se tratar de ataque terrorista, tamanha sua dimensão. O primeiro ataque matou uma pessoa e feriu outras tantas ao disparar uma centelha de cinco mil volts contra um ônibus, deixando seis quarteirões inteiros sem energia elétrica.


O criminologista Lincoln Rhyme começa a trabalhar nas pistas deixadas pelo transgressor, sempre auxiliado por seu braço direito, a policial Amelia Sachs e uma equipe habilidosa que ele mesmo solicitara para ajudá-lo com as investigações, entre eles o agente do FBI Fred Dellray. Apesar de todo o empenho e interesse em solucionar o caso, ameaças e pedidos inconcebíveis começam a surgir por parte do criminoso, que vendo suas solicitações não serem atendidas, ataca novamente com mais voracidade.

Ao mesmo tempo em que essa trama acontece, um antigo conhecido de Lincoln, o Relojoeiro, um criminoso habilidoso, que caminha a solta sem nunca ter sido capturado pela polícia, reaparece no México em um contrato de homicídio e reacende em Lincoln a ânsia em capturá-lo. Essa dupla investigação coloca Lincoln e sua vida em perigo, pois o esgotamento ao qual ele se empurra para solucionar os casos está cobrando o preço em seu corpo fragilizado.


É muito suspense e volumosas reviravoltas em uma narrativa de primeiríssima qualidade. Os personagens não são caricatos, e o clima de tensão pela trama agarra o leitor pelo braço, levando a investigações de arrancar o fôlego. O autor deu uma verdadeira aula sobre tensão e corrente elétrica. Se foi necessário? Sim, afinal a ambientação e esses detalhes técnicos acabam gerando o clima da história. Que leitor não gostaria de saber que basta apenas uma pequena corrente elétrica para que sua vida seja ceifada definitivamente? É pra causar comoção e histerismo e dá o tom de suspense por toda a história. Sem coragem nem para ligar o ventilador, terminei a leitura suando, porém satisfeita em ter sido conduzida habilmente por uma história inteligente e irretocável.

8 comentários

  1. Oi Nádya, é bom saber que a série se encerra com um livro de alta qualidade, achei a história muito interessante e o fato do autor incluir dois casos em um mesmo livro deve dar um ritmo bem acelerado, não deixando espaço para monotonia. Gostei da resenha e apesar de ainda não ter visto nem o filme (só ouvi falar e vi alguns trailers), achei tudo muito interessante ;)

    ResponderExcluir
  2. Nádya, que resenha incrível!
    Não li nenhum livro do Jeffery Deaver ainda. Só assisti o FILME O Colecionador de Ossos. Mesmo assim, tenho certeza que amaria os livros do autor.
    Amo thriller, livro policial cheio de suspense e reviravolta.
    Amei a sinopse desse livro e já fiquei tensa só em ler a resenha!
    Já coloquei na lista de desejados!

    ResponderExcluir
  3. Olá !!
    Ainda não li nada do autor mas depois dessa resenha preciso começar urgentemente.
    Parece ser um livro cheio de reviravoltas, ação e suspense. Super curto livros policiais e investigativos.

    Adorei !
    Bjo

    ResponderExcluir
  4. Oi Nadya, tudo bem?
    Hahahahaha adorei este final, sem coragem para ligar o ventilador?? Me identifiquei. Eu adoro histórias neste estilo, com bastante investigação, pistas, corrida contra o tempo... Só fiquei meio com o pé atras por este ser o nono livro de uma série, não sei se posso lê-lo sem pegar spoilers dos anteriores, mas no geral gostei bastante do que pude conhecer sobre o livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Adorei conhecer a série e o enredo parece bom. Apesar de nunca ter lido nada do autor, amo série policial.
    Deu um pouco de pânico quando vi que já era o 9°. Mas achei um livro tão intrigante que irei conferir o trabalho desse autor.

    ResponderExcluir
  6. Uma boa narrativa é sempre instigante e você disse que a história é eletrizante. Já estou colocando essa obra como prioridade na minha listinha de compras, apesar do que ele é um volume bem avançado da série... Enfim, não conhecia o autor, mas já estou interessada.

    ResponderExcluir
  7. Oi Nádya,
    Não conhecia essa série, mas com certeza vou querer ler, pois amo esse gênero. Sou fascinada por tramas com investigação policial, então não há como não ficar ansiosa para ler esse livro (e toda a série haha). Tudo indica que será uma leitura completamente envolvente e surpreendente, afinal são tantas reviravoltas e dois casos para Rhyme desvendar que será impossível largar o livro até conhecer o desfecho das investigações.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá, não conhecia a série nem o autor, mas se todos os livros forem criativos igual esse só pode ser coisa boa. Achei a trama inovadora, pois romances policiais genéricos são bons, mas quando a obra consegue surpreender o leitor com algo inusitado é ainda melhor. Beijos.

    ResponderExcluir