Resenha: Androides Sonham com Ovelhas Elétricas? - Philip K. Dick

Autor: Philip K. Dick
Páginas: 272
Ano: 2014
Editora: Aleph
Gênero: Ficção Científica, Distopia
Adicione: Skoob
Onde Comprar:Amazon
Nota:      
Sinopse: Rick Deckard é um caçador de recompensas. Ao contrário da maioria da população que sobreviveu à guerra atômica, não emigrou para as colônias interplanetárias após a devastação da Terra, permanecendo numa San Francisco decadente e coberta pela poeira radioativa que dizimou inúmeras espécies de animais e plantas. Na tentativa de trazer algum alento e sentido à sua existência, Deckard busca melhorar seu padrão de vida até que finalmente consiga substituir sua ovelha de estimação elétrica por um animal verdadeiro - um sonho de consumo que vai além de sua condição financeira. Um novo trabalho parece ser o ponto de virada para Rick: perseguir seis androides fugitivos e aposentá-los. Mas suas convicções podem mudar quando percebe que a linha que separa o real do fabricado não é mais tão nítida como ele acreditava

Resenha:
O livro fala de uma Guerra conhecida como Terminus, que na verdade ninguém sabe mais por que se deu ou por quem.

O planeta Terra se encontra em pedaços e sua  fauna e flora quase toda extinta, acometida por altos níveis de radiação que inevitavelmente aleijam a todos. As pessoas são instruídas  a partirem para colônias em Marte. E uma grande parte o faz,mas uma minoria decide permanecer nas ruínas da Terra, mesmo sob o risco de serem eventualmente classificadas como especiais (pessoas cuja poeira radioativa causa danos ao cérebro).

 As pessoas que aqui permanecem tem diferentes tipos de trabalhos,tão normais quanto os de hoje em dia: motoristas,agentes de policia e também tem os caçadores de Androides,como nosso protagonista Rick Deckard.

O sonho de nosso protagonista é ter um animal de verdade e não um elétrico,pois na devastada Terra de 1992 do livro, a extinção de quase todos os animais transformou a fauna restante em um sinal de aceitação social. Um sujeito integrado precisava comprar e cuidar de um animal.

Sem dinheiro, Deckard preenche esse vazio e engana seus vizinhos com uma vergonhosa ovelha sintética. Quando assume o trabalho de “aposentar” os androides Nexus-6, tudo o que pensa é que a recompensa finalmente lhe dará o dinheiro necessário para comprar um bicho de verdade - ao longo da narrativa, o personagem constantemente consulta o catálogo da Sidney’s, que avalia o preço e a raridade dos animais.
“O Nexus-6 realmente tinha 2 trilhões de componentes, além da faculdade de escolher entre dez milhões de combinações possíveis em sua atividade cerebral. Em 45 centésimos de segundo, um androide equipado com uma estrutura cerebral dessas poderia assumir qualquer uma das quatorze reações e posturas básicas. Bom, nenhum teste de inteligência pegaria um andy desses.”
Durante o seu trabalho, Deckard que no começo não parecia muito adepto do Mercerismo - religião que eles possuem com a finalidade de "sentir" e integrar-se com o outro - aos poucos vai questionando suas ações,sente-se cansado quase a ponto de desistir de tudo. Sua jornada,o leva a entender muitas coisas e se sentir mais próximo possível da humanidade tanto perdida naquela sociedade.

Esse livro trata das relações interpessoais, como estão desgastadas,sobre religião, fanatismo,empatia...e muito mais. 

Admito que antes desse livro, nunca havia gostado tanto de ficção científica.Esse autor passou a ser um dos meus favoritos, e se você acha que nunca ouviu falar dele mas assistiu algum desses filmes: Minority Report, Blade Runner: Caçador de Androides,O exterminador de futuro, O vingador do Futuro,... Isso quer dizer que já o conhece, ou pelo menos algumas adaptações de seus livros feitas para o cinema.

Preciso dizer que indico a leitura? 


Nenhum comentário

Postar um comentário