A Mensageira da Morte - Vivianne Sophie

Autor: Vivianne Sophie
Páginas: 310
Ano: 2017
Editora: Multifoco
Gênero: Fantasia, Ficção
Adicione: Skoob
Nota:           
Sinopse: Alana Price nunca imaginou que sua vida se tornaria tão complicada. Uma cidade encoberta por brumas, assassinatos esporádicos que estão sempre próximos a ela. E uma voz sussurrando em seu ouvido, incitando-a desejar. Quando uma maldição recaí em sua vida, só há uma saída para fugir dela: a morte. Percorrendo vários lugares do Egito, Alana enfrentará muitos desafios, tumbas egípcias, templos de areias e várias noites do deserto, é só o começo da sua jornada por redenção.

Resenha: O livro, A mensageira da Morte,começa com um prólogo, no Egito, em que conta-se que uma moça foi tomada ou possuída por um espírito mau e que por onde ela passa todos morrem. Um homem que sabe como acabar com isso a seda e faz um ritual de mumificação para que esse espírito durma por um tempo, mas eles sabem que não será para sempre.

Já no primeiro capítulo em dias atuais, precisamente em 2007, conhecemos Alana, seus pais são historiadores no Egito e como sempre fazem viagens deixam seus filhos (Alana e Julian), com seu irmão e sua cunhada em Londres. Porém, em talvez, algum acidente eles falecem e para Alana é tão terrível... tanto que ela vai para o hospital, é sedada e fica além de sequelas, ou seja, ela tem pesadelos e crises e afins ela terá que morar com sua avó em Winscoin, pois o testamento diz que ela terá que morar com sua avó e seu irmão com seus tios o que não é nada bom, mas ela não tem o que fazer, pois ainda não é responsável por si.

O tempo passa, ou melhor, dois anos passam e ela vai para o terceiro ano do colégio, mas tem um garoto que é bem estranho (em todos os sentidos possíveis) e chama sua atenção. No terceiro dia ela começa a ver sombras em vários lugares do colégio e escuta uma voz que diz que ela tem que desejar algo as pessoas, mesmo não sabendo o que é ou que a voz quer dela. A situação vai piorando, pois em uma dessas vezes ela sai da sala de aula e vai para o banheiro e por sorte, ela também consegue uma amiga e outros amigos a partir dessa amiga.

O cara estranho já não parece um estranho, pois a ajuda em um de seus surtos. A partir daí tornam-se amigos, mas nem sempre tudo é o que parece. Uma nova aluna surge, um novo diretor surge e essa nova aluna é irmã desse diretor e de outro novo aluno. No começo são misteriosos e nos capítulos seguintes entendemos o porquê. Como eu disse nada é o que parece e quem ela pensa serem seus amigos e pessoas que ela pode confiar revelam um lado que ela nem imaginava existir.

Porém, a alma de Alana, é uma alma antiga que está renascendo nela e que a tornará algo terrível a quem a enfurecer. Seu irmão precisará ficar com seu tio. E o que ela teme, pode mudá-la para sempre se não for revertido.

Recomendo esse livro para quem gosta de um mistério e deseja saber mais sobre o Egito e suas histórias.

Um comentário

  1. Oi Raquel!
    Sempre curti todo esse mistério que envolve o Egito.
    Adorei sua resenha e já coloquei o livro na lista de leitura.
    =**

    ResponderExcluir