Resenha: Simon vs. A Agenda Homo Sapiens - Becky Albertalli

Autor: Becky Albertalli
Páginas: 272
Ano: 2016
Editora: Intrínseca
Gênero: Jovem Adulto Contemporâneo
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Americanas, Saraiva, Submarino
Nota:     

Sinopse: Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da escola, descobre uma troca de e-mails entre Simon e um garoto misterioso que se identifica como Blue e que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte.
Martin começa a chantageá-lo, e, se Simon não ceder, seu segredo cairá na boca de todos. Pior: sua relação com Blue poderá chegar ao fim, antes mesmo de começar.
Agora, o adolescente avesso a mudanças precisará encontrar uma forma de sair de sua zona de conforto e dar uma chance à felicidade ao lado do menino mais confuso e encantador que ele já conheceu.
Uma história que trata com naturalidade e bom humor de questões delicadas, explorando a difícil tarefa que é amadurecer e as mudanças e os dilemas pelos quais todos nós, adolescentes ou não, precisamos enfrentar para nos encontrarmos.


Resenha:
  Simon está no segundo ano do colegial, ele é um garoto gay mas ainda não saiu do armário, ele nem sequer ficou com um menino na vida.

  Faz algum tempo que ele vem conversando com um garoto por e-mail e nenhum dos dois sabe quem é quem (a única coisa que sabem é que são do mesmo colégio), ambos usam pseudônimo (Jacques e Blue). A relação deles não surgiu do nada, a autora nos dá uma explicação de como começa.

  Já começamos o livro vendo Simon sendo chantageado por Martin, um garoto nerd da escola que por um acaso usa o computador logo após Simon e ele havia esquecido a conta de e-mail aberta, então, Martin le os emails, tira uma foto e pede pra Simon ajudá-lo a ficar com Abby(amiga de Simon).

  Simon não tem problema em se assumir, só não quer que seja agora, mas o problema maior é Blue que é super discreto e toma o maior cuidado pra que ninguém descubra, se ele soubesse o que está acontecendo com certeza iria parar de responder os e-mails de Simon, então ele acaba ajudando.

  As coisas acontecem bem rápido e mesmo quando não estava acontecendo "nada" eu queria continuar e sentia muito prazer porque os personagens foram muito bem construídos, a história foi muito bem construída, e de certa forma me identifiquei bastante com o Simon.

  Foi o primeiro livro gay que eu li, não que eu não tenha lido livros com personagens gays, mas foi o primeiro que tratou do assunto de uma forma mais abrangente com o personagens sendo protagonista. Na maioria das vezes os gays são estereotipados como pessoas engraçadas, nem um pouco sérias e muitas das vezes(me desculpem I termo que vou usar a seguir) escrotas, mas neste livro é diferente.

  O livro tem muitas referências Pop's (Alvin e os esquilos, Harry Potter, etc.) o que eu achei muito interessante, até porque elas casaram muito bem com a história.

  Não conseguia parar de ler o livro, estava bem intrigado em saber quem era Blue e mesmo depois que descobri, queria continuar pra saber o que aconteceria com os dois e principalmente com o Simon. 

  Sinceramente, você ainda está aqui? Vá ler agora!

2 comentários

  1. Nunca li nenhum livro gay, mas conheço várias pessoas que leram e acharam muito bom o enredo. Não tenho nenhum preconceito, só não achei um que eu realmente me interesse para ler. Quem sabe eu comece a leitura do que tu indiciou.

    beijos

    www.mecontanoblog.com

    Participe do sorteio e concorra a três livros incríveis!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, leia, este livro vale super a pena e acima de tudo ele é um YA(jovem adulto) muito bem construído!

      Excluir