Resenha: Serial Killers: Made in Brazil. Histórias Reais, Assassinos Reais - Ilana Casoy

Autor: Ilana Casoy
Páginas: 360
Ano: 2014
Editora: DarkSide® Books
Gênero: Crime
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon, Cultura
Nota:    
Sinopse: Após o sucesso do seu primeiro livro, Ilana Casoy dedicou-se a uma pesquisa rigorosa para investigar os serial killers brasileiros, no que viria a ser o primeiro livro do gênero dedicado aos assassinos em série do Brasil. Foram cinco anos de pesquisas, visitas a arquivos públicos, manicômios e penitenciárias, além de entrevistas cara a cara com personificações do mal em terras tupiniquins, para compor um inquietante roteiro com rigor investigativo de como, por quê e com que métodos os serial killers brasileiros atuam.

Em Made in Brazil, Casoy relata sete casos de serial killers brasileiros, três dos quais ela entrevistou pessoalmente: Marcelo Costa de Andrade, o vampiro de Niterói, um dos casos e depoimentos mais chocantes do currículo da autora; Francisco Costa Rocha, o Chico Picadinho; e Pedro Rodrigues Filho, o Pedrinho Matador. Um relato cruel feito pelos próprios assassinos, conduzido com maestria por quem entende do assunto, que procura guiar o leitor pela sinuosa mente de pessoas frias e com movimentos mais que premeditados para o mal. Além deles, a autora se debruça sobre a vida e os crimes de José Augusto do Amaral (Preto Amaral), Febronio Índio do Brasil, Benedito Moreira de Carvalho (Monstro de Guaianases) e José Paz Bezerra (Monstro do Morumbi).


Resenha: Com meu fascínio pelas mentes mais perigosas do mundo, me aprofundei em diversos livros, trabalhos, e arquivos de assassinos em série, estudei sobre comportamento, e dentro dessas minhas leituras me apaixonei pelo trabalho da nossa amada brasileira Ilana Casoy que dedica sua vida ao estudo dessas mentes criminosas. Prometi a vocês que faria uma resenha sobre esse livro, então lá vai.

Ilana se dedicou em pesquisar sobre as mentes mais doentias e perversa dos assassinos em série do Brasil. Ela mostra detalhadamente como foi a vida deles no decorrer dos tempos, para uma análise mais completa ela entrevista os assassinos mais cruéis e nos mostra a falta de empatia que um assassino tem em contar detalhadamente seus crimes como se contassem uma aventura de seu dia a dia ou simplesmente como se fosse uma rotina como "levantar e escovar os dentes", eu realmente não indico o livro para quem tem estomago fraco, agora se for como eu... beleza! Descobre-se que o Brasil é um lugar estudado por muitos psicólogos forenses pois os tipos de assassinos em séries aqui são diferentes da maioria do mundo, então fica a pergunta (A mente humana tem limites para a crueldade?).

Um dos assassinos mais sádicos e cruéis é entrevistado pela nossa querida Ilana Casoy, o temido Vampiro de Niterói! Ela mostra que foi forte e controlada na hora de entrevistar, e que alguns simplesmente não aguentavam tais entrevistas por raiva ou tristeza, Ilana se mostra sempre uma ótima pesquisadora e profissional no que diz respeito à mentes criminosas, estamos por dentro de todas as leis e também de arquivos históricos desses assassinos, que e ela faz questão de nos apresentar, para melhor entendimento desse assunto tão pouco aceito na sociedade por ser muito macabro.

O livro apresenta fotos dos assassinos, e descrições detalhadas sobre eles. Tem uma leitura bem simples para que possamos entender bem do assunto e as leis do nosso país com relação a tais crimes, uma leitura agradável mas alerto novamente para quem não tem estômago forte que ele pode ser pesado, mais uma vez prometo mais resenhas dessa autora fiquem no aguardo.

4 comentários

  1. Um livro no mínimo interessante, para alguns uma leitura macabra, para outros uma narrativa informativa, bem escrita e detalhada. Um livro que entra na lista dos desejados. Amei sua visão apaixonada da obra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E com razão, sou apaixonado pela obra dessa autora ainda mais sobre assuntos que se referem a esse respeito.

      Excluir
  2. Se não fosse meu estômago sensível até leria, pois sua resenha me deixou com vontade de ler, cada palavra usada nos incentivando a conhecer a obra da Ilana Casoy. Amei, vou pensar com carinho em colocar este livro na minha lista de leitura para 2017 ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkk A autora trabalha com isso então é uma leitura pesada mais necessária para quem quer entender a fundo sobre isso.

      Excluir