Resenha: A Vida Como Ela Era (Os Últimos Sobreviventes - 1) - Susan Beth Pfeffer

Autor: Susan Beth Pfeffer
Páginas: 378
Ano: 2016
Editora: Bertrand Brasil
Gênero: Fantasia, Jovem Adulto
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon, Saraiva, Submarino
Nota:  
Sinopse: Quando Miranda começa a escrever um diário, sua vida é como a de qualquer adolescente de 16 anos: família, amigos, garotos e escola. Suas principais preocupações são os trabalhos extras que os professores passaram – tudo por causa de um meteoro que está a caminho da Lua. Ela não entende a importância do acontecimento; afinal, os cientistas afirmam que a colisão será pequena. O que Miranda não sabe é que os cientistas estão muito enganados... Para surpresa de todos, o impacto da colisão é bem maior do que o esperado, e isso altera de modo catastrófico o clima do planeta. Terremotos assolam os continentes, tsunamis arrasam os litorais e vulcões entram em erupção. Em 24 horas, milhões de pessoas estão mortas e, com a Lua fora de órbita, muitas outras mortes são previstas. Miranda e sua família precisam, então, lutar pela sobrevivência em um mundo devastado, onde até a água se torna artigo de luxo. Através do diário da adolescente, A vida como ela era nos conduz por uma emocionante história de persistência, ensinando-nos que, mesmo diante de tempos assustadores e imprevisíveis, o recurso mais importante de todos – aquele que jamais deve ser extinto – é a esperança. 
Resenha: Eu e as minhas escolhas nada convencionais de livros..... ou me dou extremamente bem, ou me dou mal pra caramba!!!! Ainda não decidi qual foi o caso aqui!

Eu vi esse livro no skoob  e quando vi que se tratava de um fim de mundo, me joguei, afinal, esse é o meu tema preferido, gosto mais até do que das fantasias!!!!

Mas....como disse, ainda estou decidindo o que realmente penso sobre o livro. Só depois de ler o segundo é que eu imagino que terei uma opinião mais concreta formada!

Vou explicar: Na capa diz "Uma das melhores séries para os fãs de Jogos Vorazes"....o que a gente imagina???? uma distopia com, no mínimo algumas lutas por sobrevivência, pelo menos né! Bom, estou esperando isso até agora!!!! Se você, como eu, se basear por essa descrição, espera pra se decepcionar, por que de Jogos Vorazes não tem nada além do fato de ser protagonizado por uma adolescente!

Vamos à história: Miranda é uma adolescente de 16 como tantas outras, que vive com a mãe, que é divorciada e com mais dois irmãos, Jonny e Matt, de 14 e 18 anos respectivamente. O mundo está em êxtase porque um meteoro está a caminho de colidir com a lua, mas segundo os grandes pesquisadores, nada acontecerá além de um belo espetáculo. A vida de todos gira em torno desse acontecimento e no dia e hora marcados para isso, todos vão para as ruas a fim de ver em primeira mão o que vai acontecer.

Maaaaasss, o que deveria ser algo lindo, tornou-se a destruição da humanidade! A colisão foi tão maior que o esperado que a lua saiu de sua órbita, aproximando-se da terra! A noite chegou ao fim e, apesar de a lua estar mais próxima da terra, nada mudou e a vida segue, porém, sabemos que a lua influencia em tudo aqui na terra né. Poie é....a primeira catástrofe são os maremotos, seguidos de terremotos, vulcões entrando em atividade, doenças, frio, muito frio pois os vulcões liberara tantas cinzas e tão densas que o sol já não brilha mais.

E aí que está a minha surpresa! Miranda escreve em um diário tudo o que acontece consigo e sua família. Ela relata a correria da mãe ao suspeitar que algo maior está acontecendo em busca de estocar comida, remédios, roupas, enfim qualquer coisa que possa ajudá-los num futuro próximo. Miranda não acha necessário, mas junto com uma vizinha e seu irmão mais novo, ajuda sua mãe, o que provavelmente os salvou da morte certa. E o livro é assim...o relato da menina sobre como eles vivem e o que enfrentam, não há praticamente mais nenhum outro personagem, os que surgem aqui e ali, ou morrem ou vão embora e como Laura optou por permanecer ali com seus filhos, o livro se baseia quase que somente neles e na sua luta por sobrevivência, no racionamento de comida, nas brigas de Miranda com Laura, sua mãe, que são feias, até que ela começa a ver que de maneira meio torta, Laura tinha razão em certas coisas e enfim, cresce e descobre que o amor que existe  na sua família poderá salvá-los!

Eu gostei da leitura, claro que esperava algo bem diferente como já falei, mas achei legal, diferente e bem realista se for ver numa realidade de fim de mundo. O racionamento, as frustrações, as brigas são críveis e muito bem descritos e o sentimento de amor e amizade entre a mãe e os irmãos são o ponto alto do livro pra mim!

Esse, eu li em ebook, tem no Unlimited da Amazon aqui, mas tem o físico também. Recomendo, mas não vá baseado na referência aos Jogos Vorazes...

bjs 😍😘

Um comentário

  1. Oi,

    Gostei e gostei mais ainda por não ser parecido com JV, porque eu sou do contra e não da trilogia...kkk
    O mundo depois desse evento deve ser interessante mesmo sendo conflitante.
    Ótima resenha.

    ResponderExcluir