Resenha: Alguns Anos (Greg & Dom, 2) - Julianna Costa

Autor: Julianna Costa
Páginas: 471
Ano: 2015
Editora: Gogo Books
Gênero: Romance, Ficção, Literatura Brasileira, Erótico
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:      
Sinopse: Apaixonada pelo herdeiro de uma família rica, Dominique sabe que suas origens humildes não são bem vistas pelos parentes de Gregory. Mas quando o teste de gravidez anuncia que ela está esperando um filho, a última coisa que ela imaginaria era que a avó dele lhe ofereceria alguns milhões de euros para abortar e desaparecer.
Uma conversa errada, um engano e agora Dom precisa desaparecer para salvar a vida de seu filho até o momento do reencontro chegar. Mas será que alguns anos serão suficientes para apagar as mágoas do passado? Ou será que alguns anos é tudo que um amor precisa para acabar?


Resenha: Alguns anos é a continuação de 4 Semanas de Prazer  onde Dom e Greg continuam sua linda história de amor, ou não.

Vou deixar claro o quanto odiei Greg nesse livro. Pelo amor de Deus gente, como uma pessoa fica tão cega e burra em apenas dois anos? Ele sempre foi cego, mas ... Cadê aquele amor todo que ele jurou para Dom? Pois é, ele deu uma surtada sabe? Mas depois ele volta a ser ele mesmo. Vaaamos partir para a resenha!

Em alguns anos, (temos um salto de dois anos no relacionamento de Dom e Greg), ele volta ser um Baxter, Dom está trabalhando em uma empresa de advocacia, a mesma que Greg trabalhava antes de comandar o império de sua família. Eleanor continua uma cobra naja de primeira categoria, o que vimos dela no primeiro livro não é nem o começo.
" Eu sei. Só estou te preparando senhorita Dom. É como eu te disse: pitbulls disfarçados de poodles. Pitbulls em todos os lugares."
Eleanor quer a todo custo que Dom largue Greg, tenta de todas as formas que seu neto case com alguém da alta sociedade. Dom aguenta muito desaforo, fiquei até orgulhosa! Ela não se deixa abalar. Porém, Dom descobre que está grávida, e antes que possa contar para Greg a avó dele descobre. Dom está saindo de uma clínica de aborto, ela ia tirar sim o bebê, mas percebe que a decisão também cabe ao Greg e desiste. Eleanor oferece uma grande quantia para que ela termine o aborto, e ela claro se nega.

Eleanor é uma mulher poderosa, isso ficou bem claro no primeiro livro, mas ela mostra que é muito mais poderosa do que sequer imaginamos, manda Boo matar Dom. Ele que tem um enorme apreço por ela, a avisa, pede que ela suma para sempre. Dom ainda tem aquele pensamento: vou contar pra Greg e vai dar tudo certo, mas ela sabe que não, que Eleanor não vai deixá-la em paz, e o que a velha pode fazer com seu filho pode ser bem pior.

Dom tem bons amigos, ela consegue sair do país, para Eleanor ela está morta, para Greg, ela simplesmente foi embora. Aqui começa a burrice de Greg, como uma pessoa que você vive por dois anos some e você simplesmente fica parado olhando a paisagem? Tá bom que Eleanor inventa uma história digna de novela mexicana, mas quem conhece Dom sabe: ela jamais aceitaria dinheiro de Eleanor, e ela jamais iria deixar Greg, e ainda por cima tirar o bebê? É Greg, você é um burro.

Meses depois ele está se casando uma socialite que a avó quis, mas ele faz isso apenas pra magoar Dom, que está grávida e sozinha.
Amar Dominique era fácil. Era a coisa mais fácil que eu já tinha feito na minha vida. E não amá-la foi a mais difícil das tarefas. Odiá-la exigiu todas as forças que eu tinha e me aniquilou.
Anos mais tarde, Dom consegue ter a chance de voltar, de ter sua vida de volta, e  poder dar algo melhor para seu filho Tyler. Vou dizer hein, essa Dom é uma guerreira, passa por  altos e baixos, mas sua cabeça está sempre erguida! Greg começa a ver as coisas da maneira certa, e quer a todo custo encontrar Dom e saber se tem um filho ou filha, se eles estão bem e tudo mais. O encontro dessa família nos encanta e mostra o quanto eles se amam, aos poucos Greg consegue conquistar Tyler e Dom. Mas nem tudo são flores não, como eu disse Eleanor é mais perigosa do que podemos imaginar.
Tudo só foi possível com Dom ao meu lado. Eu sei que ela foi o motivo da minha plena felicidade. Hoje, e por todos os dias da minha vida.
O caminho que Greg e Dom têm que traçar é longo e perigoso. Eles amadurecem individualmente e principalmente como casal! E o final? Gente, desceu aquela lagriminha!

Julianna como sempre arrasaaaaaaa, estou apaixonada por essa duologia, tão bem escrita, cheia de aventuras, descobertas pessoais e claro amor, muito amor!

Não deixem de ler! Beeeeeeeeeeeeeeeeeijos :*

Nenhum comentário

Postar um comentário