Resenha: Starters - Lissa Price

Autor: Lissa Price
Páginas: 368
Ano: 2012
Editora: Novo Conceito
Gênero: Ficção, Literatura Infantojuvenil
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon, Americanas,
Nota:  
Sinopse: Seu mundo mudou para sempre.
Callie perdeu os pais quando as guerras de Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que os matariam por uma bolacha.
A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbador em Berverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o Old Man. Ele aluga adolescentes para alugar seus corpos aos Terminais — idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver concorda em ser uma doadora. Mas o neurochip que colocam em Callie está com defeito e ela acorda na vida de sua locadora, morando em uma mansão, dirigindo seus carros e saindo com o neto de um senador.
Parece quase um conto de fadas, até Callie descobrir que sua locatária pretende fazer mais do que se divertir — e que os planos de Prime Destinations são tão diabólicos que Callie nunca podia ter imaginado...
Resenha: 

Em meu mundo, nada era o que parecia. E eu não sabia se conseguiria voltar a confiar em alguém.

Ele é um político e os políticos enganam as pessoas até mesmo quando dormem.

 Há muito tempo eu não lia um livro de mais de 300 páginas sem parar. Eu estou apaixonada pela escrita da autora. Fez-me entrar no mundo de Callie sem pedir licença e parecia que quem estava vivenciando tudo era eu!

Esse é o primeiro livro de uma duologia. E tenho que dizer: se você não leu. Corra para ler. A trama que ela cria é sensacional e vai mostrando tudo do ponto de vista da Callie. Impressionou-me! Tudo se encaixa perfeitamente. Se você imaginou uma coisa que acontecerá em seguida. Repense!

Personagens:

Callie uma menina de 16 anos, que mora em prédios abandonados... com seu irmão Tyler e passa por maus bocados.

Tyler uma doce criança que mora em prédios abandonados com Callie e Michael e é um amor de criança.

Michael é amor de ambos e é sempre prestativo, amoroso, cuidadoso e ex-vizinho de Callie.

Entre outros personagens um é um mistério (Old Man, ou melhor, O Velho) e como bom mistério/suspense, eu amo. 

Consegui desvendar quem era antes de terminar o livro. Uhuuuuuuuuuuuuuu. No começo fiquei entre três pessoas, mas as coisas mesmo que de certa distância fazia na minha mente apontar para ele.

Callie vai doar por um certo tempo seu corpo para uma inquilina, para ajudar a seu irmão, que tem saúde frágil e melhorar a condição de ambos para não viverem mais em prédios abandonados em um situação bem precária. Mas nem tudo são flores ela não só toma consciência de si mesma. Ela acaba se metendo em várias situações perigosas.

Recomendo-o com toda certeza. Uma leitura agradável, tranquila, vibrante, emocionante. Um dos meus livros favoritos desse ano!!

Nenhum comentário

Postar um comentário