Resenha: Fiquei Com o Seu Número - Sophie Kinsella

Autor: Sophie Kinsella
Páginas: 464
Ano: 2012
Editora: Record
Gênero: Chick-lit, romance.
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Submarino, Americanas, Saraiva
Nota:  
Sinopse: A jovem Poppy Wyatt está prestes a se casar com o homem perfeito e não podia estar mais feliz... Até que, numa bela tarde, ela não só perde o anel de noivado (que está na família do noivo há três gerações) como também seu celular. Mas ela acaba encontrando um telefone abandonado no hotel em que está hospedada. Perfeito! Agora os funcionários podem ligar para ela quando encontrarem seu anel. Quem não gosta nada da história é o dono do celular, o executivo Sam Roxton, que não suporta a ideia de haver alguém bisbilhotando suas mensagens e sua vida pessoal. Mas, depois de alguns torpedos, Poppy e Sam acabam ficando cada vez mais próximos e ela percebe que a maior surpresa da sua vida ainda está por vir.




Resenha: Poppy Wyatt está desesperada. Ela perdeu seu anel de noivado em um hotel e nenhuma das suas amigas sabe onde ele está. Ela da seu número de telefone para todos os funcionários, para que avisassem caso o encontrassem. Porém, ela foi para fora do hotel em busca de sinal e acaba sendo roubada.

Poppy fica ainda mais desesperada. Perdeu o anel e agora seu celular. Mas o inesperado acontece... Ela ouve um telefone tocando dentro de uma lata de lixo. Ela atende o telefonema e um homem bastante nervoso está do outro lado. Ela não entende o que ele quer dizer, mas anota o recado. Ainda na lixeira ela encontra um crachá com o nome Violet.

Depois de passar o número para todos os funcionários do hotel, ela recebe uma ligação de um homem chamado Sam Roxton, executivo do Grupo de Consultoria White Globe e dono do celular. Ele pede que ela segure alguns japoneses, em especial o Yuichi Yamasaki até que ele chegue... (Não contarei o que ela fez... Só lendo o livro para saber kkk)

Sam quer o celular, já que era de sua assistente e ela recebe vários e-mails. Porém Poppy não entrega, já que ela deu aquele número para todos os funcionários e caso alguém ache o anel, entraram em contato. Então ela faz um acordo com ele de que todos os e-mails que ela receber, terá que encaminhar para ele.

Agora ela precisa se preocupar com o anel desaparecido. O anel é da família durante três gerações e é valioso. O que ela vai falar para Magnus? Além disso, os pais dele estão chegando e eles são bastante inteligentes, já que são professores. O que ela vai dizer a eles?

Fiquei com o Seu Número foi o primeiro livro que eu li da Sophie Kinsella e fiquei extremamente surpresa. Eu não sou muito fã de romances pelos infinitos clichês e finais previsíveis. Porém, gosto do gênero quando estou de ressaca literária. É a única coisa que cura. Como sempre me recomendaram o livro, eu resolvi ler e foi uma das melhores coisas que eu fiz.

Poppy é uma personagem incrível. Eu me identifiquei bastante com ela durante a leitura, e foi um dos motivos para eu ter gostado do livro. Magnus não me causou uma boa impressão no início, mas acabei me acostumando com ele. Sobre Sam, eu gostei bastante dele e fui gostando cada vez mais. Ele foi muito legal com Poppy, até discutindo sobre questões pessoais do casamento dela. E eles sempre se falavam por mensagem.

Sobre a história, assumo que no início não me prendeu muito, mas quando cheguei a 30% dele, consegui finaliza-lo rapidamente. Inclusive, cheguei a dormir 3 horas da manhã e só parei de ler porque meus olhos estavam fechando. Do meio dele para o fim, muita coisa acontece e eu fiquei louca querendo saber tudo o que vai acontecer. Poppy arruma muita confusão e acaba tornando tudo engraçado.

Nem preciso dizer que o final foi incrível, né?! Eu já tinha uma ideia de como poderia terminar, porém a Sophie conseguiu me surpreender ainda mais. Fiquei apaixonada pela história e pelo livro e com toda certeza foi um dos melhores livros que eu li durante o ano. Recomendo a leitura para todos vocês, principalmente para quem deseja uma leitura divertida, um romance daqueles bem gostosos de ler e se curar de uma ressaca.

Nenhum comentário

Postar um comentário