Resenha: O Beijo da Meia-Noite (Midnight Breed - 1) - Lara Adrian

Autor: Lara Adrian
Páginas:400
Ano: 2011
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Fantasia, Literatura Estrangeira
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Americanas, Submarino
Nota:      
Sinopse: Um estranho moreno e sensual a observava do outro lado da boate, e foi capaz de despertar as mais profundas fantasias em Gabrielle Maxwell. Mas nada a respeito desta noite – ou deste homem – é o que parece. Pois, quando Gabrielle presencia um assassinato nos arredores da boate, a realidade se transforma em algo obscuro e mortal. Nesse instante devastador, Gabrielle é lançada em um mundo que jamais imaginou existir – um mundo onde vampiros espreitam nas sombras e uma guerra de sangue está para começar.
Lucan Thorne despreza a violência de seus irmãos sem lei. Ele próprio um vampiro, é um guerreiro de Raça, e jurou proteger sua espécie – e os humanos imprudentes com quem convivem – da ameaça crescente dos Renegados. Lucan não pode arriscar um relacionamento com uma mulher mortal, mas, quando seus inimigos escolhem Gabrielle como vítima, sua única escolha é trazê-la para o escuro submundo que comanda.
Aqui, nos braços do intimidante líder da Raça, Gabrielle enfrentará um destino extraordinário, repleto de perigos, sedução, e dos mais sombrios prazeres…

Resenha:

Mais um livro sobrenatural sim, poque fiquei viciada nesse mundo, e agora não consigo mais parar. Então, enquanto eu procurava títulos sobrenaturais, me deparei com essa série de vampiros, Lucan é da primeira geração de vampiros nascidos na terra. Se tornou um guerreiro, ajudando a matar os Renegados, que são vampiros que não conseguem controlar sua sede de sangue.

Gabrielle nunca se sentiu parte do mundo, era como se vivesse e visse tudo diferente das outras pessoas. Em uma noite, acaba no lugar errado, e presencia um ataque de Renegados, ela tira fotos, vai até a polícia e não consegue entender porque todos acham que ela está louca, afinal as fotos falam por si. Lucan vai até a casa de Gabrielle fingindo ser um detetive, ele se sente completamente atraído por ela, e quando está prestes a tomar seu sangue, descobre que Gabrielle é muito mais do que aparenta ser.

O que Gabrielle não sabe é que ela é uma Companheira de Raça, e que isso a permite ver coisas que humanos normais são incapazes. Companheiras de Raça são mulheres que tem de alguma maneira o DNA diferenciado, e são capazes de carregar um macho vampiro. Isso me surpreendeu na história, nunca li nada em que sexo são diferenciados, sempre pode-se nascer tanto homens quanto mulheres, não é caso aqui, sempre vampiros machos se juntam com humanas fêmeas e geram um vampiro macho.
" Ultimamente, sentia-se encerrada em um círculo que a fazia dar voltas, aprisionando-a em um ciclo infinito de tempo que passava sem propósito nenhum."
Lucan jamais desejou uma Companheira de Raça, mas simplesmente não consegue deixar Gabrielle, ele luta contra seus desejos, e claro luta muito bravamente contra o amor que sente por ela.
"E, no fundo de sua mente, uma velha consciência lhe sussurrava que, quem quer que fosse, ela já lhe pertencia."
Lucan incia então um jogo de sedução com Gabrielle, mesmo sabendo que seus sentimentos por ela são fortes, ele não pode deixar a Ordem  de lado, pois é seu dever proteger a Raça. O casal é bem explosivo, não sei quem é o mais teimoso dos dois. As cenas eróticas que eles compartilham é de muito bom gosto. O livro me lembrou pouco a Irmandade da Adaga Negra, pois temos vampiros conquistadores, muita ação e claro, romance com aquela pitada hot que ninguém resiste!
Entre uma guerra com os Renegados e a descoberta de um mundo que sequer imaginava existir, Gabrielle começa a entender seu lugar no mundo. Lucan acaba percebendo que não pode mais viver sem Gabrielle e declara seu amor por ela.
" Amo você Gabrielle. Com cada sopro de vida que há em mim, amo você"
Não vou contar toda a história, já falei demais, tem muita coisa ainda, não deixem de conferir! Super recomendo! Beeeeeeeeeeeijos :*

Nenhum comentário

Postar um comentário