Resenha: Depravado - Jaimie Roberts

Autor: Jaimie Roberts
Páginas: 348
Ano: 2015
Editora: Bezz
Gênero: Erótico, Ficção, Literatura Estrangeira
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota:   
Sinopse: A maioria dos contos de fadas termina com um “felizes para sempre”.
Este não é um conto de fadas. Ele não é um príncipe encantado que vai levá-la em direção ao pôr do sol. Esta é uma história sobre traição, luxúria, desejo e, em última análise, vingança…
E a vingança só pode conduzir a uma coisa.
Tyler: Ele era um estranho, meu visitante, a sombra no canto do quarto. Ele me perseguia, me observava, sabia tudo sobre mim. Mas tudo que eu podia fazer era sentar e esperar. Esperei que ele me visitasse, noite após noite. Ele estava se tornando o meu vício, meu desejo, minha obsessão. Ele conhecia cada centímetro do meu corpo, mas eu não sabia nada sobre ele.
Ele se autodenomina Lótus e, tão maluco quanto possa parecer, acho que estou me apaixonando.
Dean: Eu queria pegá-la, possuí-la, dominá-la e arruiná-la. Eu queria violentá-la, agradá-la e consumi-la até que eu não pudesse sugar mais nada dela.
Ela vai querer que eu a beije. Que a segure durante toda a noite para que ela tenha uma conexão comigo. Eu gostaria de fazer isso, quando ela me procurasse na escuridão. Ser aquele que satisfaz sua maior fantasia. Um estranho que foge para o quarto dela. Alguém que lhe dá o máximo prazer, mas também busca o seu maior sofrimento. A dor que ela nunca teve que suportar. A dor que irá corroê-la até que não haverá mais nada.
Ela era a minha inimiga, eu era o seu lótus. E a vingança é uma merda.




Resenha: Eu não sou muito de ler dark. Pura e simplesmente porque algumas coisas me irritam, me deixam muito revoltada. Mas antes de iniciar essa leitura, eu não sabia que era dark.  E já digo logo que : é um dark bem leve.

Esse livro tem uma mistura de loucura com muita, mas muita insanidade.




Temos o casal Tyler e Dean ( ou estranho, ou Lótus) eles se conheceram ainda quando eram crianças, e desde o momento em que seus olhos se cruzaram, eles sabiam que pertenciam um ao outro.

Quando já estão adolescentes, Dean precisa se mudar com os pais, e Tyler jura que vai esperá-lo. Anos se passam e Dean não cumpriu sua promessa, Tyler se pergunta todos os dias o que aconteceu com Dean para que ele não voltasse.
Tyler se tornou jornalista, mora sozinha, sem namorado, seus melhores amigos são Ian, que é um amigo de infância, e Louisa, que trabalha com ela. Ela e Ian tem uma amizade muito bacana, e me arrancaram algumas risadas. ( não confie em Ian, já adianto!)
 - Você é uma puta bizarra Tyler. Eu não fazia ideia.
 - Ah, vai se foder- eu disse, jogando um pedaço de espaguete nele.
Dean tomou a frente dos negócios de seus pais após a morte trágica deles. Ele voltou para Tyler, mas ela arrancou seu coração com suas mentiras. Ela disse que ia esperar por ele, mas não foi isso que fez. ( não vou dar spoiler, mas vocês vão saber o que foi que rolou, e o porque da vingança) A única coisa que Dean mais deseja na vida, é acabar com Tyler, sua vingança tem sido trabalhada por longos anos, ele vai deixá-la humilhada, mas primeiro precisa se tornar indispensável para Tyler.
Ela era minha para ser reivindicada. Ela sempre será minha, porque, quando eu terminar meu plano, a porra da minha marca estará permanentemente nela.
Tyler é perseguida a três anos, sim você não leu errado, por três longos anos, alguém entra na casa dela, e muda as coisas de lugar, o papel higiênico por exemplo. Se ela deixar algo fora do lugar, estará guardado quando ela chegar, seu carro sempre de ré, para ser mais fácil de manobrar. Já achei a garota louca quando li isso, como assim uma pessoa entra na sua casa e troca ou guarda suas coisas e você não está arrancando os cabelos de medo?

Enfim, Tyler começa a deixar alguns bilhetes, que o estranho responde, até que uma noite, eles ficam juntos, devo salientar que Dean é muito meticuloso, ele não deixa de lado nenhum detalhe, e tudo tem um porque. Eles tem uma sórdida noite de sexo, Tyler se deixa ser dominada, e dia após dia, deseja mais esse homem que ela não sabe quem é , que ela nunca viu o rosto. E vou parar por aqui, pois se eu der mais algum detalhe, perde a graça!

Se antes de ler eu soubesse que era dark, jamais teria lido, apesar de esse livro ser bem florzinha comparado a alguns que já li. A trama te envolve de uma maneira, que é impossível parar, deixa as emoções a flor da pele, e em um certo ponto da história a garganta dá uma fechada pela emoção.
 A autora construiu muito bem os personagens, eles são intensos e únicos. Vale muito a pena ler! Agora espero ansiosamente o desfecho da história em Redenção.
Beeeeeeeeeeeeijos :*

Nenhum comentário

Postar um comentário