Resenha: Vingança em Chamas (Amanhã, 5) - John Mardsen

Autor: John Marsden
Páginas: 227
Ano: 2010
Editora: Fundamento
Gênero: Ficção Australiana, Literatura Juvenil
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon, Americanas, Submarino
Nota:  
Sinopse: Quando a única opção é lutar, não dá para recuar, e o medo se torna uma palavra proibida.
Como num jogo de dados, a cada lance tudo pode mudar. Ellie, Lee, Homer, Fi e Kevin seguem em frente, resistindo ao poderoso invasor de seu país. Eles fazem de tudo para atrapalhar os planos dos inimigos, porém são pegos de surpresa! O destino prepara uma terrível armadilha, e os cinco jovens acabam dentro do grandioso aeroporto militar de Wirrawee, cercados por centenas de soldados fortemente armados e treinados para matar. A coragem, entretanto, fala mais alto. Os amigos colocam em prática um plano superaudacioso... e totalmente suicida.
Lidando com conflitos internos, a saudade dos pais e de outras pessoas amadas que se foram - e também com uma dolorosa traição -, Ellie segue em frente. Seu mundo agora é um lugar insano, devastado pela guerra. Às vezes, sobreviver parece uma ilusão, um sonho impossível... mas a esperança não morre. Nem mesmo nas piores situações.
Vingança em Chamas é o quinto volume da série que foi escolhida como a mais fascinante por jovens leitores nos EUA, na Suécia e na Austrália. Uma história que prende o leitor do início ao fim. Este livro vai ficar na sua memória para sempre.
Resenha: Eu sempre me atrapalho para começar a falar de um livro, quando faz parte de séries grandes assim, mas eu adoro essas séries gente!!!

Este é o quinto livro da série Amanhã, se você quiser conhecer todos eles, clique aqui! E sem dúvida, foi o melhor até agora! Tudo bem que eu sempre digo isso, mas é sério...o autor melhora a cada nova obra! Não é pra menos que ele é tão bem conceituado em seu país!

No livro quatro, tudo foi um desastre! Os cinco amigos acabaram voltando para Wirrawee, meio que por imposição do Coronel Finley e a aprovação de Homer. Sem saída e sem poder dizer que não...voltaram para guiar doze soldados que tinham como objetivo sabotar o Aeroporto, pois não é que os caras sumiram antes mesmo de completar a missão? Pronto, a meninada se viu abandonada em sua cidade novamente e tudo o que tentaram fazer, deu errado!

Entraram em contato com o Coronel, que disse que não poderia resgatá-los no momento, o que fez com que eles acabassem voltando a viver no Inferno.

Tempos depois, assim que se recuperaram dos atentados mal sucedidos, resolveram que tinham que tentar alguma coisa e por um enorme golpe de sorte, ou muito azar, foram parar dentro do Aeroporto! Bom, tinham que tentar alguma coisa né? Não queriam, Kevin se enrolou numa concha de depressão e acabou sendo carregado feito um boneco pra lá e pra cá...mas jamais abandonado pelos amigos,

Dessa vez eles não iriam falhar, pretendiam causar algum estrago a fim de ajudar a Nova Zelândia a ganhar a guerra de uma vez!

Conseguiram! Fizeram algum estrago, e numa fuga alucinada, foram parar em uma cidade que estava abandonada, sentindo-se vigiados, mas sem saber por quem, acabaram ficando por lá, até que foram atacados por um grupo de crianças, roubados na verdade...crianças pequenas, órfãos de guerra que, sabe-se lá porque ficaram sozinhos lá. Junte isso a uma coisa que Lee apronta, que deixa Ellie furiosa e se sentindo traída, mais a impossibilidade de voltar para sua casa no Inferno, a falta de comida e a depressão do Kevin, Pronto...pelo jeito só a Fi ainda aguenta o tranco!

Então, mais uma vez eu preciso dizer que amei a leitura! Pra mim, tudo está na medida perfeita: ação, muita ação...fugas alucinadas, uma traição, amizades....tudo perfeito!

A capa, linda! A parte gráfica, perfeita! Erros, encontrei uns dois, mas nada que prejudicasse o entendimento, as folhas grossas e amarelas tornam o livro diferente ao toque e bom de ler!

Enfim, mais uma leitura super recomendada!!!!

beijos e até a próxima***


Nenhum comentário

Postar um comentário