Resenha: O Ar que ele Respira (Livro 1 da Série Elementos) - Brittainy C. Cherry

Autor: Brittainy C. Cherry
Páginas: 308
Ano: 2016
Editora: Record
Adicione: Skoob
 
Sinopse: O novo romance da autora de Sr. Daniels.
Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.


Resenha:

Intenso. Marcante.Único.


" Era muito óbvio o que ela significava para mim, era claro o motivo de eu sempre a querer por perto. Ela era simplesmente o ar que eu respirava." 
E mais uma vez essa autora ganhou meu coração. Uma linda história, cheia de dor, perdas,encontros e amor, muito amor.
O ar que ele respira, conta a história de Tristan e Elizabeth. Eles perderam a pessoa que mais amavam, no caso de Tristan não só uma, duas.

Depois de um ano, Elizabeth ainda sente a dor da perda de seu marido, e aos poucos tenta seguir em frente, sufocando a saudade a cada dia, e tentando não deixar transparecer sua dor para sua filha. Então, Elizabeth deixa a casa de sua mãe e volta para a cidade onde morava com seu marido, mas acaba por conhecer Tristan, de uma maneira não muito legal, afinal ela atropela Zeus, o cachorro de Tristan, o homem que todos da cidade olham torto, e não se aproximam por medo.
Ao conhecê-lo Elizabeth sabe que ele não é perigoso, ela sente a dor que passa por seus olhos. Ela sabe como ele se sente, pois se sente da mesma maneira. E de várias formas, tenta se aproximar de Tristan, tenta ser sua amiga, mas eu já aviso minha gente, pensem num homem intragável! Por várias vezes me peguei rindo no diálogo dos dois, pois apesar de Tristan ser um chato, ele ainda é muito fofo.... Ou fica fofo.
 Enfim, o livro é narrado pelos dois, onde na versão de Elizabeth temos o presente e no de Tristan o passado, assim, descobrimos em cada capítulo como ele perdeu sua família, e como ele lida com tudo isso, porém logo depois que descobrimos tudo, a narrativa dos dois é passada no presente.
" - Matty, me diga que você está vendo o mesmo que eu e que não estou tendo alucinações por causa das drogas que usei antes de vir trabalhar."
Faye é uma personagem que eu gostei muito, ela é a melhor amiga de Elizabeth, e é impossível não rir de tudo o que ela fala e faz.
" A dor era assustadora, perigosa, real, boa. Eu me sentia muito bem, de uma forma terrível. Céus, como eu adorava aquilo. Muito. Porra, eu adorava a dor."
Tristan se sente muito ferido, e se culpa pela morte de sua família, ele acha que por causa da morte deles, não merece ser feliz.
" Sua reação demonstrava que ele ainda estava vivo, ainda respirava. Às vezes, a pior parte de existir sem a pessoa que amamos é ter que se lembrar de respirar."
Mas aos poucos, Elizabeth consegue derrubar o muro que ele construiu ao redor de seu coração, e eles embarcam em uma aventura totalmente destrutiva. Ficam juntos, mas pensando nas pessoas que perderam, imaginando que o toque, a voz e os carinhos, eram das pessoas que amavam.
Nem preciso dizer que isso acaba machucando os dois. Mas Tristan percebe que apesar de sentir falta de sua esposa, começa a se apaixonar por Elizabeth, que por sua vez, também se apaixona por ele.

Depois um tempo cheio de fofura e amorzinho, alguém ameaça o relacionamento dos dois. Alguém que Elizabeth sempre considerou seu amigo, não vou contar quem é e nem  o motivo, que é tão idiota que eu tive vontade de matar o cara.

Mas preciso salientar o quanto estou apaixonada por esse livro. O quanto eu amei cada linha, cada página. E ao terminá-lo, tive que suspirar, e me controlar para não começar a ler novamente!
Não deixem que conferir essa linda história, que apesar de mostrar a dor profunda de perder quem se ama, também nos diz como seguir em frente e ser capaz de amar novamente.
Beijoooooos :*

5 comentários

  1. Olá. O Ar que ele respira foi um livro completamente maravilhoso, que mexe com nossas emoções e sentimentos. Chorei horrores enquanto estava lendo ele, a Brittainy realmente é alguém que sabe escrever e coloca emoção naquilo.
    Beijo!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Impossível não se apaixonar! Essa autora é maravilhosa!

      Excluir
  2. Tô louca nesse livro!!
    Melhor resenha que li até agora.
    Só não tenho presentão de ler enquanto não sair o segundo. 😂
    Arrasou!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkk, leia! O segundo livro conta outra história que nada tem a ver com a primeira! :*

      Excluir
    2. Kkkkkkkkk, leia! O segundo livro conta outra história que nada tem a ver com a primeira! :*

      Excluir