Resenha: Como se vingar de James


Autor: Jane Fallon
Páginas: 400
Ano: 2011
Editora: Record
Gênero: Romance Inglês
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon, Americanas, Saraiva, Submarino
Nota:    
Sinopse: James é um veterinário bem-sucedido, casado há quase dez anos com a personal stylist Stephanie, com quem tem um filho. Juntos eles formam uma família perfeita – mas apenas de quarta a domingo. Assim que o fim de semana acaba, ele deixa Londres e segue para o interior para cuidar de sua clínica em Lincolnshire, onde é o namorado da romântica Kate. Ninguém desconfia de sua vida dupla até Stephanie encontrar uma mensagem de Katie no celular dele. Ao descobrirem que estão sendo enganadas, em vez de tirar a história a limpo, elas decidem se vingar dele. Mas a vingança nem sempre é doce quando uma mulher acha que basta, mas a outra não sabe quando parar. 

Resenha: 


Os erros dos outros não ressoam com os da gente. É preciso cometer os próprios.
Inicialmente o livro nos apresenta James, um veterinário que trabalha em sua cidade com animais de pessoas mais abastadas e em uma outra cidade, ele lida com animais de fazenda e afins, sendo esse o que ele mais gosta e onde tem um clínica que é sua.

Depois conhecemos a esposa dele, a Stephanie que mora com ele e com o filho e é bem sucedida em sua carreira, ou seja, o livro também é narrado pela perspectiva dela.

E a última pessoa que conhecemos é Katie que é amante de James sem saber que ele é casado. Ela é típica boa moça que vê bondade em tudo, mas isso está prestes a mudar.

Quando o inevitável acontece, ou melhor, ambas descobrirem que foram enganadas por um bom tempo. Elas planejam se vingar dele e sem que ele saiba.

Mas são vinganças que uma hora vão longe demais e outrora vão mudar de percurso.

Enfim, entre idas e vindas nessa vingança Stephanie verá que tem uma coisa mais importante que seu casamento fracassado e Katie verá que é possível viver e seguir em frente mesmo que seja difícil, depois de ser enganada e superar que o futuro tem para cada uma.

James descobrirá a vingança? Quem sabe...Tem que ler o livro...rsrsrs

Ambas por mais diferentes que sejam encontraram novas maneiras de aproveitar a vida e vivê-la o melhor possível com o que cada uma conseguir.

Se eu recomendo? Claro, mesmo que a vingança satisfaça momentaneamente. Temos que seguir nossa vida... Se não vamos parar de vivê-la e ficar às custa do que nos restou.

Nenhum comentário

Postar um comentário