Luz, câmera, ação - Especial Mês das Crianças: Cegonhas - A história que não te contaram

Nome: Cegonhas - A História que Não te Contaram
Direção: Nicholas Stoller, Doug Sweetland
Ano: 2016
Duração: 100 minutos
Classificação: Livre
Gênero: Fantasia/ Aventura
Nota: 
Sinopse: Cegonhas entregam bebês... ou pelo menos costumavam. Agora elas entregam encomendas para a gigante global da internet Cornerstore.com. Júnior, um dos principais entregadores da companhia, está prestes a ser promovido quando acidentalmente ativa a máquina que faz bebês, produzindo uma adorável e totalmente não autorizada bebê. Desesperado para entregar esse presentinho antes que o chefe descubra, Junior e sua amiga Tulipa, o único humano na Montanha das Cegonhas, correm para fazer sua primeira entrega de bebês em uma viagem selvagem e reveladora. Isso poderá fazer mais do que apenas iniciar uma família, mas também restaurar a verdadeira missão das cegonhas no mundo.
Resenha: Fui ao cinema com a Vic, minha irmã mais nova de 6 anos. Chegando lá, não tinha mais sessão para o filme que queríamos assistir. Como sou curiosa perguntei, ao gerente, o motivo do filme não estar rolando e ele explicou que uma escola havia reservado aquele horário para três turminhas.
Como não sou de desistir fácil e tinha saído de Araruama para Rio das Ostras só para leva-la ao cinema, perguntei se poderíamos assistir junto com os alunos. Não sei quem estava mais triste por não poder assistir o filme.

O tiozinho muito legal só disse o seguinte "são crianças, será uma gritaria" e eu ri, afinal, o que seria mais divertido que um bando de criança gritando e fazendo bagunça nos pontos fortes do filme?

Lá fomos nós as 14h para a sala dois assistir "Cegonha" com um monte de crianças barulhentas e animadas. E foi melhor do que imaginei.

Para criança o filme é uma fofura, cheio de aventuras e vôos altos com cegonhas e bebês coloridos. Para uma adulta criançona como eu, o filme foi além disso. Foi uma ótima lição e esse é um dos pontos positivos das animações, se você tiver atenção ela te passa uma mensagem.

Cegonha relata de maneira bem divertida como era o trabalho das cegonhas antes e depois de uma certa cegonha não realizar a entrega de uma baby ruivinha e fofa ao seu destino, sua família.
O que ocorre depois disso? As cegonhas deixam de entregar bebês e passam a entregar apenas encomendas. E a bebê? Bem, a pequena menina ruiva, Tulipa, foi criada pelas cegonhas até completar 18 anos e poder ser livre e viver no mundo dos humanos.

                 

Do outro lado da cidade um garotinho muito animado e cheio de imaginação sofre com a ausência de seus pais atarefados e decide que precisa de um irmãozinho para lhe fazer companhia.

Como ele vai conseguir isso? Ora, do jeito tradicional, pedindo a cegonha! E ele faz a cartinha, que por descuido acaba por ser atendida. Afinal, as cegonhas já não trabalhavam com isso...
Um grande desafio se inicia. A bordo de um avião improvisado, Tulipa a ruivinha estabanada, Junior uma cegonha com a asa quebrada e um baby ninja de cabelo rosa passam por grandes aventuras para realizarem a entrega.

Enquanto os desafios surgem, os laços de afeto e carinho só crescem, mostrando para nós, adultos, que FAMÍLIA é onde existe amor.
O final do filme é a cereja do bolo e assisti-lo numa sala de cinema com a Vic de olhos marejados e mais umas 100 crianças gritando e torcendo foi uma emoção a parte!

O que achei da animação? O início é um pouco cansativo, mas depois dos primeiros 20 minutos, tudo fica maravilhoso!

Se vocês devem assistir? Óbvio! Corra para o cinema mais próximo e se emocione com essa história! Bem, você só não assistirá como eu, numa sala lotada de crianças! Então libere seu lado criança e torça sem pudor pelos personagens.
Bjs e bom filme 😘

Nenhum comentário

Postar um comentário