Resenha: Com você ( Fixed 2 ) - Laurelin Paige

Autor: Laurelin Paige
Páginas: 400
Ano: 2015
Editora: Rocco Fábrica 231
Gênero: Erótico / Literatura Estrangeira / Romance
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon, Americanas, Saraiva
Nota:    
Sinopse: No segundo livro da trilogia Fixed, iniciada com Por Você, Laurelin Paige mostra a evolução do explosivo relacionamento entre Alayna Whiters e o bilionário Hudson Pierce numa trama que envolve sexo, desejo e superações. Em Com você, a jovem Alayna precisa novamente lidar com suas obsessões. Afinal, ela não se acha capaz e nem merecedora de dividir o mesmo teto com alguém como Hudson Pierce um homem bilionário e sedutor disposto a realizar todos os seus sonhos, inclusive sexuais e vive atormentada por dúvidas, culpa e desconfianças. Mesmo ligados por uma conexão física vital, a relação dos dois é posta à prova quando segredos do passado vêm à tona.
Resenha:

Revelações. Dúvidas. Evolução

Nesse segundo livro, (Leia a resenha do primeiro, livro, Por Você aqui ) teremos várias respostas. Segredos foram revelados apenas pela metade, e algumas revelações podem ser explosivas.
Alayna e Hudson começam um relacionamento de verdade nesse segundo livro. E eu me senti muito satisfeita, pois a autora conduziu de maneira muito sucinta e agradável.
Os personagens crescem muito a partir do momento que conhecem seus fantasmas. crescem não só como casal, mas individualmente, e isso me deixou muito feliz.
As cenas eróticas continuam explosivas e cada vez mais quentes. Mas os personagens ainda precisam trilhar um longo caminho, até que as coisas estejam realmente bem.
"Não desista de mim."
Jamais imaginei que poderia gostar tanto de um livro, um casal que tem tudo para não permanecer, vai lá e dá um tapa na cara da sociedade como quem diz : " Hey, nós conseguimos!"
Hudson continua muito sério, e nunca sabemos o que ele está  pensando ou sentindo, por isso Alayna fica com tantas dúvidas.

Em um certo ponto ela percebe que o que ele faz todos os dias diz muito mais que palavras, e até consegue relaxar um pouco.

Alayna em alguns momentos me deixou muito, mas muito irritada. Com uns pitis infantis e totalmente desnecessários. Já Hudson... Permanece Hudson. Ele é um personagem extremamente difícil de se entender, o pobre homem tem uma naja que chama de mãe, ela afirma em todos os momentos possíveis que ele não pode amar, que é um sociopata, e que está brincando de casinha com Alayna.

Gente, ele pode até não ter dito EU-TE-AMO, mas tudo o que ele faz por ela! Cada pequena coisa grita : - Eu amo você! Ficaremos juntos para sempre!

Enfim, quando alguns segredos são totalmente revelados, o irmão de Alayna aparece, e aí sim ele age como um irmão de verdade, pela primeira vez ficando ao lado de Alayna. O segredo deixa toda a família Pierce em frangalhos, mais do que já são lógico. Eu adorei pois a mãe de Hudson teve uma pequena prova da falsidade que a rodeia.

Uma personagem em especial me deixou com a pulga atrás da orelha, eu sabia que ela ia apronta algo, e ainda bem que ela o fez. Alayna faz aquele drama, esse eu até entendi, Hudson não confiou em sua palavra, tá mas ele ficou ao lado dela independente disso. Tem coisa mais linda?

"Nós não éramos loucos, ou sociopatas, ou pessoas horríveis. Nós só queríamos ser amados."


Em alguns momentos a autora forçou algumas cenas, mas no todo o livro é muito bom !

Não deixem de conferir!

Beeeijos :*

Nenhum comentário

Postar um comentário