Resenha: Surpreenda-me: As aventuras e desventuras sexuais de Björn, um dos personagens mais encantadores da série Peça-me o que quiser. - Megan Maxwell


Autor: Megan Maxwell
Páginas: 368
Ano: 2014
Editora: Suma de Letras
Skoob



Sinopse: Björn é um atraente advogado alemão para quem a vida sempre foi fácil. É um homem apaixonado pelas mulheres e pelo sexo sem compromisso. Adora participar de jogos sexuais e tem sempre a companhia que quiser à disposição: sabe o fascínio que exerce sobre o sexo oposto.A espanhola Melanie é uma mulher independente, que chama atenção pela beleza e pelo temperamento forte.Como piloto do Exército americano está acostumada a levar uma vida de riscos constantes, embora sua principal missão seja lutar para criar sozinha a filha Sami.
Quando o destino os coloca cara a cara, a tensão entre eles é evidente... Mas a hostilidade que marcou o encontro deles a princípio pouco a pouco se transforma num desejo incontrolável.

Resenha: Em 2014 Megan Maxwell teve seu livro extra sobre o querido Björn lançado no Brasil. Para delírio das fãs (sou uma de tantas \0/), ela nos trouxe como par romântico do moço uma mocinha durona que inicialmente nos revolta. Resumidamente, ela é grossa, implicante "gratuitamente" e tirou até o santo do Björn do sério. rs

Em Peça-me, Björn deixou todas as leitoras encantadas. Ele é o melhor amigo de Eric e no decorrer da história, passa a ser confidente e melhor amigo de Jud também. Óbvio que essa amizade é posta a prova por conta dos ciúmes de Eric e nós, tietes do Björn, sentimos vontade de abraça-lo e dizer "Relaxa, o Eric é um babaca!" hahahaha - Diga-se de passagem que "Babaca" é um termo muito dito nos livros dessa série e no Surpreenda-me - as coisas voltam as boas entre os três depois de uns 2 ou 3 capítulos.

Björn aparece durante os três livros, Melanie (a "mocinha") só aparece num trecho do terceiro já alfinetando o lindo. Motivo? Nada que não pudesse ser evitado. Eles não precisam de um motivo para brigar, estar próximo é um motivo. A primeira briga aconteceu enquanto Jud estava grávida, sua bolsa rompe no elevador do shopping, porém a linda da Melanie estava no melhor de seu estilo Tenente, calças camufladas e óculos de aviador retornando de uma missão. Mesmo assim ela tratou de conduzir a situação e sugeriu a Eric que ela levasse Jud para o hospital, porém, Björn surgiu mais nervoso que o pai da criança e diz que levaria a amiga para o hospital. Uma pequena discussão é iniciada, mas quem leva Jud para o hospital é a Mel. Björn, o James Bond (assim chamado por Mel para irrita-lo) só chega lá beeem depois e Mel não perde a oportunidade de provoca-lo.

Com um livro inteiro só pra eles, Björn e Melanie nos levam do Climax a Raiva como um Mercedes vai de 0 a 100km em 1 segundo. Escrito em terceira pessoa, Surpreenda-me reserva os primeiros capítulos para conhecermos um pouco dessa dupla, claro, cada um em sua rotina. E isso realmente me surpreendeu. Se você espera um livro cheio de desejo, aqui está, mas se espera algo do tipo "amor a primeira vista" corre. Por isso ele entrou pra lista dos meus favoritos. A história não é corrida e os personagens TEM VIDA, história, desejos e anseios além do sexo!


Como sempre foi adepta do swing e troca de casais, Mel encontra nessa prática uma válvula de escape de seus problemas emocionais. Todos os parceiros que ela encontra são seu ex marido Mike. Confuso? Não se você souber que Mike morreu e a jovem viúva não superou sua partida, né? Toda relação de Melanie é só sexo, sem carícias, sem beijos e sem vínculos.


Mel vive o luto, um luto que esconde uma história dolorosa e eu não vou contar para vocês qual história. Porém essa "história" é o que a leva a agir assim e ela não se permite entrar em qualquer outra relação e espanta os homens de si, até por quê, acredita que ninguém aceitaria sua profissão. A jovem Tenente não largaria a Air Force por um casamento que pudesse ser como o de seus pais, sendo assim, no trabalho ela é a Tenente Parker, fora dele ela é a Melanie Muniz ou somente Mel.

Melanie entra num mundinho só dela depois que perde Mike, todos que a estimam e sabem do ocorrido percebem isso, mas ela insiste em dizer que está sempre tudo bem. Durona, ela precisou aprender a lidar com perdas e a internalizar seus sentimentos e impulsos por necessidade, afinal, além dessa vida dupla que leva, entre civil e militar, ela também é mãe e tenta a todo custo ser o que sua filha Samantha precisa. Para isso, ser forte e dominar seus sentimentos é fundamental.


Tendo chegado na vida de Jud num momento importante, Mel se torna amiga do casal, passa a frequentar a casa deles e os encontros com Björn se tornam frequentes com o passar de páginas, assim como as farpas que os dois trocam O TEMPO TODO!


Alemão, alto, moreno, olhos azuis, sexy e simpático, essas são as características de Björn Hoffman, um advogado esforçado que não está acostumado a perder causa, nem receber "nãos" das mulheres que deseja. A Tenente Melanie Parker Muniz chega na vida do lindo para desconstruir a certeza que o moço possui de ser "tudo isso". Apesar de tentado pela da moça, Björn não suporta o jeito "petulante" dela, sempre zombando de tudo que ele faz.



Curioso Björn vendo a tatuagem de Mel no reservado pela segunda vez ainda sem saber quem ela era. Cap 9, Pág 81.
Sensations é uma boate de swing, é o point dos adeptos da região. Nesse local, existem algumas "salas" num corredor, essas salas ficam "abertas", ou seja, aceitam participantes ou "fechadas", que não aceitam. Mel sempre escolhe seus parceiros e os leva para sala sem aceitar que outras pessoas entrem. Ela põe its my life do Bon Jovi e viaja, essa é sua característica. Em uma dessas idas ao Sensations, Björn se deixa levar pela curiosidade da música alta do Bon Jovi vinda de uma das salas e fica fascinado pela desenvoltura da mulher que vê, ela tem uma tatuagem nas costas, um apanhador de sonhos. Depois de um tempo, na casa de Eric e Jud, Björn vê o mesmo apanhador de sonhos nas costas de Melanie e isso é o suficiente para despertar desejo no lugar de hostilidade no moço.
Mas e agora, o que ele vai fazer pra chegar nela? Como dizer a ela que compartilha dos mesmos desejos que ela? Como interagir com ela? Afinal de contas, na Sensations SOLTEIRO não escolhe, eles são escolhidos, mas Björn é diferente, ele é o dominador, ele quem escolhe. Mas como escolher e dominar Melanie se ela o detesta?


Nas reuniões na casa de Eric e Jud, não tem essa de dominância ou prioridade como na Sensations e Björn acaba sendo (sempre) intimidado por Mel. As brigas entre eles é algo inevitável, chegam a achar que são extremo opostos e sempre que estão perto dão choque. Nessas visitas, despretensiosamente Björn fica encantado com a filha de Mel, Samantha é uma fofa e cativa a todos. A mãe da pequena não gosta muito da interação dos dois, mas não interfere, como sente um pouco de culpa por se ausentar, preservar esses momentos felizes que Sam tem é o mínimo que ela pode fazer. Ou seria um pouco de admiração por Björn levar tanto jeito com criança?

As investidas de Björn são sempre retribuídas com patadas, coitado do James Bond. Se aproximar de Mel é cada vez mais difícil, até eles se encontrarem por acaso na Sensations e o desejo de Melanie também se acender! É bem divertido, eles fazem muito jogo duro e muito jogo de sedução! Apesar de se tratar de cenas bem detalhadas e terem até alguns palavrões, não consegui considerar o sexo descrito nesse livro como "vulgar". Como em "Peça-me", considero o enredo como desejo no estado mais puro e não aconselho a leitura para todo tipo de público, até porque, o livro é erótico +18.


Além das implicâncias que já rolavam antes na casa dos amigos, depois que "se entendem" eles fingem ainda mais hostilidade, envolvem-se "escondidos" e tentam manter o mesmo ar de sempre. Hahaha parecem gato escondido com rabo de fora. Jud saca o clima e desvenda o mistério como quem pega criança mentindo. Mesmo assim eles mantém o tom e se provocam como antes, porém com conotação sexual. E nossa! Se imaginar nesse jogo de sedução e provocação que os dois fazem foi inevitável, nada no mesmo nível, mas a piriguete literária que existe em toda leitora de Hot não poderia deixar passar essa! rs

Quando o negócio começa a ficar bom e eles passam a se entender, um ex flerte de Björn aparece, Agneta. Em seguida Mel descobre, numa ida ao restaurante do Pai de Björn, que ele odeia militares e americanos. A mocinha cai do cavalo, pois além de Americana (por parte de pai, espanhola por parte de mãe) é também Militar! Será que Mel e Björn conseguem superar as diferenças, as maldades de uma mulher rejeitada e os traumas que trazem de outra relação e da própria vida para viverem um amor envolvente e verdadeiro? Não vou contar não, vocês precisarão ler para saber...

Surpreenda-me? Livro sexy, provocante, com uma pitada de humor e personagens humanos. Sim, humanos. Foi impossível não me emocionar ou não me identificar com um ou outro ponto dessa história. Bateu curiosidade? Bem, leia e Surpreenda-se!



Bjs e boa leitura

3 comentários

  1. Jess, não leio Hot, mas bateu uma curiosidade desses personagens com personalidades fortes.
    Ótima resenha... Envolvente.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que você não se decepcionaria. Rs
      Como trata de um livro extra, dá pra ler sem ter acompanhado a trilogia.

      Excluir
    2. Tenho certeza que você não se decepcionaria. Rs
      Como trata de um livro extra, dá pra ler sem ter acompanhado a trilogia.

      Excluir