Resenha: Julieta - Anne Fortier


Autor: Anne Fortier
Páginas: 448
Ano: 2010
Editora: Arqueiro
Adicione: Skoob


Sinopse: Julie Jacobs e sua irmã gêmea, Janice, nasceram em Siena, na Itália, mas desde os 3 anos foram criadas nos Estados Unidos por sua tia-avó Rose, que as adotou depois de seus pais morrerem num acidente de carro.
Passados mais de 20 anos, a morte de Rose transforma completamente a vida de Julie. Enquanto sua irmã herda a casa da tia, para ela restam apenas uma carta e uma revelação surpreendente: seu verdadeiro nome é Giulietta Tolomei.
A carta diz que sua mãe havia descoberto um tesouro familiar, muito antigo e misterioso. Mesmo acreditando que sua busca será infrutífera, Julie parte para Siena.
Seus temores se confirmam ao ver que tudo o que sua mãe deixou foram papéis velhos – um caderno com diversos esboços de uma única escultura, uma antiga edição de Romeu e Julieta e o velho diário de um famoso pintor italiano, Maestro Ambrogio. Mas logo ela descobre que a caça ao tesouro está apenas começando.
O diário conta uma história trágica: há mais de 600 anos, dois jovens amantes, Giulietta Tolomei e Romeo Marescotti, morreram vítimas do ódio irreconciliável entre os Tolomei e os Salimbeni. Desde então, uma terrível maldição persegue essas duas famílias.
E, levando-se em conta a linhagem e o nome de batismo de Julie, ela provavelmente é a próxima vítima. Tentando quebrar a maldição, ela começa a explorar a cidade e a se relacionar com os sienenses. À medida que se aproxima da verdade, sua vida corre cada vez mais perigo.
Instigante, repleto de romance, suspense e reviravoltas, Julieta – livro de estreia de Anne Fortier – nos leva a uma deliciosa viagem a duas Sienas: a de 1340 e a de hoje. É a história de uma lenda de mais de 600 anos que atravessou os séculos e foi imortalizada por Shakespeare. Mas é também a história de uma mulher moderna, que descobre suas origens, sua identidade e um sentimento devastador e completamente novo para ela: o amor.

Resenha: 
Envolvente e cheio de mistério!  

Um clássico. Eu jamais leria esse livro. Jamais o compraria, afinal existem vários romances baseados na história de Romeu e Julieta. Participo de uma iniciativa incrível entre amigas, que se chama Livro Viajante, enviamos livros que amamos para nossas amigas virtuais. E Julieta foi enviado pela queridíssima Denise Eloar. Quando o peguei, fiquei pensando que seria apenas mais uma releitura.



Não podia estar mais enganada. Julieta é o tipo de livro que te prende do início ao fim. Viajei por toda Siena, a autora escreve de maneira tão simples, rica e bonita, que é impossível parar de ler.

Julieta é o livro de estréia da autora Anne Fortier. No livro temos a história de Julie Jacobs, a gêmea diferente, cheia de ideais e valores. Após a morte de Rose, a tia que a acolheu quando seus pais morreram , ela fica sem nada da herança, sua irmã Janice , fica com todos os bens de valor.

Julie recebe apenas uma carta, com a promessa de uma aventura através do passado tão nebuloso de seus pais, e sua origem.

Entre o presente, viajamos até Siena de 1340, onde cartas contam a história de Romeu e Giulietta, lutando por um amor proibido, cheio de tragédias, vingança e ódio. 




" Já amei antes ? Não, tenho certeza. Pois nunca havia eu visto tanta beleza."



Julie acaba descobrindo que existem tesouros mais valiosos que o dinheiro. Ela conhece pessoas de sua família, da qual jamais soube da existência. Os personagens secundários são muito importantes para o desenrolar do enredo, e alguns totalmente marcantes e singulares. 






Quando cheguei a metade do livro pensei em parar de ler, mas não consegui, pois queria descobrir tudo sobre a maldição de Julie e Giulietta, e como tudo ia acabar, e se acabaria.Estou acostumada com romances do início ao fim, e Julie apenas segue com sua aventura, em uma nuvem de mistério e descobertas mínimas, que depois fazem sentido no todo. Que bom que continuei a leitura. Não poderia me surpreender mais! 



Recomendo a leitura!

Nenhum comentário

Postar um comentário