Resenha: Visão Geral - Trilogia O Inferno de Gabriel


Skoob: Livro 1Livro 2Livro 3



A Trilogia O Inferno de Gabriel, do autor Sylvain Reynard é uma obra extremamente rica em detalhes. O Personagem principal chama-se Gabriel Emerson, um Professor especialista em Dante e se você pensa que a ligação do “Inferno de Dante” e a “Divina comédia” estão expostas somente nos Títulos dos livros e na especialidade do Professor Emerson, está muito enganado.

O Professor Emerson é um cara de passado sombrio e atormentador, consciente de seus defeitos e considera possuir parte dos 7 pecados capitais. O único que ele não possui é a preguiça. Já a luxúria é seu carro forte. Porém, não possui muitas ilustrações desse pecado e dos atos sendo praticados por ele. Enquanto Julia Mitchell, 10 anos mais jovem que seu par romântico é uma menina aparentemente frágil e também com passado atormentador. Ambos embarcam numa história de descobertas e entrega e te fazem apaixonar a cada página.

As cenas de sexo entre Gabriel e sua Musa Julia, são de total entrega e cuidado, lindo de ler. Como todo bom casal com química tem lá sua pegada quente, mas nada de explicito ou vulgar. Esse é um livro que possui SIM cenas de sexo, mas na medida que condiz com a abordagem romântica e devocional que o autor criou pro Lindo Sr Emerson. 



Como todo livro que fale um pouco de sexo hoje em dia, O Inferno de Gabriel foi inevitavelmente comparado ao precursor Cinquenta tons. As semelhanças só aumentam quando notamos que o Professor Emerson também é um ricaço filantropo, maníaco por controle, possuidor de pequenos vícios libidinosos que se apaixona por uma mocinha frágil e pobre (enquanto o Sr Grey segue essa mesma perspectiva). No caso de Cinquenta Tons, sexo faz parte do tema, no Inferno de Gabriel, porém, esse não é o foco principal da trama e sua apresentação é de maneira bem suave. Apesar dos clichês, e semelhança entre Grey e Gabriel, os enredos das duas trilogias seguem caminhos totalmente opostos e as histórias não são nem um pouco parecidas.

Julia com sua bondade é uma garota que te desperta vontade ser tão boa quanto ela. Quando comecei a ler, confesso que senti raiva desse jeito bonzinho, mas logo percebi que a bondade abnegada de Julia estava longe de ser ingenuidade. A abnegação que a jovem possui faz com que no desenrolar da história Gabriel a veja como sua luz, quem o guia pelo inferno de seus pecados, “sua Beatriz”, assim dito por ele em comparação a devoção de Dante Alighieri por Beatriz - em a "Divina Comédia".

O texto em terceira pessoa te envolve e proporciona compreensão dos sentimentos, medos e anseios de todos os personagens. No fim, você não fica com dúvidas quanto às emoções e reações dos personagens diante de cada situação. O livro oferece uma visão maravilhosa de diversas obras e autores renomados como Botticelli e Dante com trechos bem apresentados pelos professores que palestram no decorrer do livro. A incrível ligação que esse autor consegue fazer entre fatos históricos e os personagens é DIVINA. E não, assim como não sou, você não precisa ser grande conhecedor de artes e história para embarcar sem medo nesse romance entre Gabriel e Julia.

A trilogia o Inferno de Gabriel mostra a intensidade de um amor puro e voraz que é capaz de vencer a barreira da idade, superar a ânsia da entrega imediata dando prioridade ao cultivo da confiança e do respeito. Conclusão? Amei essa trilogia!

Bjs e boa leitura :*

26 comentários

  1. Nossa, eu não costumo ler romances mas a sua resenha me instigou a ler a trilogia, quem sabe num futuro não tão distante eu procure ela para ler. Parabéns pela escrita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pedro
      Obrigada!
      É muito legal saber que o que escrevi te fez pensar em ler o livro.
      Espero que goste. \0/
      Boa leitura!!

      Excluir
  2. Eu simplesmente ameiiiii sua resenha. Fiquei com muita vontade de ler esse livro, juro que antes eu pensava que essa trilogia falava sobre anjos só por conta do título kkkkkk. Foi muito bom conhecer essa sua perspectiva da história e melhor ainda saber que essa série se destaca de cinque ta tons, eu particularmente não gosto muito. O fato da história ter o foco no amor que os personagens sentem um pelo outro já me ganhou totalmente. Resenha maravilhosa. Beijos :*

    Treslivrolatras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiii
      Confesso que sigo a mesma linha que você. Não sou fã de enredos com anjos ou amores "anjos x demônios". Kkkkk
      Quanto a semelhança com cinquenta tons, pode comprar minha verdade. O Inferno de Gabriel tem algumas semelhanças na personalidade dos personagens principais, mas o centro da trama é diferente.
      Muito obrigada pelo elogio!! \0/
      Boa leitura :*

      Excluir
  3. Oiii
    Olha eu tenho o box desse livro li o primeiro a quase um ano e ainda estou pensando se vale a pena ler o segundo. Eu definitivamente não gostei do primeiro. Mas ainda darei uma chance a história. Porém não por hora.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Karine
      Eu te entendo! O primeiro livro me deixou um pouco cansada no início, tive que ler e reler o mesmo parágrafo em alguns momentos. Depois fluiu, até chegar em alguns trechos no final do segundo e no meio do terceiro.
      É muito ruim travar na leitura, né? Depois parece que custa a fluir.
      Como um todo, acho o livro bom. Se acha que tem chances, investe que o resultado pode ser satisfatório. :P
      Boa leitura

      Excluir
  4. Oi Jessica!
    Conheço a trama e o livro só por resenhas que já vi o pessoal comentar, mas nunca tive vontade realmente de ler. A temática erótica em si não me chama atenção, mas fico feliz que tenha sido de tanto agrado para você. Pessoalmente nem os personagens me chamam muito atenção, por isso, vou passar a dica, mas tenho uma amiga que adoraria, e já até indiquei a trilogia para ela.

    Abraços
    David
    https://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi David!!
      Acontece de alguns temas nos agradarem mais que outros.
      Obrigada pelo comentário!
      Volta sempre aqui :*

      Excluir
  5. Ah, que linda! Concordo com você, Jéssica. Sylvain arrasou nessa série. Ela é linda, rica em detalhes e eu fiquei apaixonadíssima por ela, tanto que tive uma DPL braaaaba quanto terminei de ler os três.
    Está rolando um sorteio da trilogia lá no blog! :D
    www.viciadosemleitura.blog.br
    Bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Baianca!!
      Eu dei sorte, graças ao divino eu não tive uma DPL!!
      kkkkkkk
      Obrigada pela dica do sorteio.
      Volte sempre aquii! :*

      Excluir
  6. Lembro-me que quando li esses livros, o que mais gostei fora a pegada leve que ele tem, o romance que se desenvolve e as lutas de cada personagem. As referências aos clássicos é bem massa, porque nos faz entrar ainda mais no enredo, compartilhando com Gabriel e Julia as opiniões sobre, mesmo que você nunca tenha lido "Divina Comédia". Confesso que o segundo livro foi bem parado, o que me fez ler ele por alto, já sabendo o que aconteceria. Mas, o terceiro para mim é o melhor, já que cada personagem já cresceu e já tem a convicção do que querem, do que esperam num futuro. Gabriel é um completo romântico, as cenas de sexo me agradaram pois não tem nada a ver com 50 Tons, não é vulgar ou em sua maioria é só sexo, não, até acho a comparação estranha, me desculpe dizer. Gabriel ama Julia e só quer fazer ela esquecer o que já aconteceu no passado dela, o que não me surpreendeu, mas me fez sentir o que ela estava sentindo, sabe? Muito bom. E a escrita é gostosa, tanto é que li os três livros em menos de uma semana.
    Parabéns pela resenha!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ruhh!!
      Adorei o comentário! <3
      Sobre essa comparação de 50 tons e inferno de gabriel, acredito que aconteça, pois os personagens principais de ambos são filantropos, bonitões, terem um passado sombrio, serem cuidadosos, maníacos por controle, com grande desejo por sexo - no caso de Gabriel, isso muda quando ele encontra Julia e é nesse ponto que 50 tons e o inferno começam a se desentrelaçarem e se distanciarem em seus comparativos.
      É inevitável a comparação, mas é uma comparação consideravelmente assimétrica. rs
      E eu também achei o livro dois parado. kkkk
      Obrigada pelo comentário, repito: adorei!!! Volte sempre aqui. :*

      Excluir
  7. Oi, Jéssica
    Fico feliz que você adorado a trilogia. Vejo por aí que as opiniões são bem divididas e muita gente não gostou.
    BOm, eu nunca tive muita curiosidade, mas parece que afinal deve valer a pena.
    Ótima postagem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leticia!
      As opiniões são realmente bem divididas, mas esse final realmente vale a pena.
      Obrigada pelo comentário. bjin

      Excluir
  8. Oioi! Tudo bem?
    Nao sei pq, mas nunca tive vontade de ler a Trilogia O Inferno de Gabriel.
    Ja vi vendendo tudo por 15 reais e mesmo assim nao levei.
    Nao sabia mto bem do que se tratava a historia e foi bom que agora que li a resneha ja sei oq me espera.
    Quem sabe um dia eu tento, mto boa ideia fazer uma resenha assim.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzzy!!
      Mulheeeeer, compre esse livro nessa promoção quando encontrar, é uma super aquisição!! Sem contar que o box que vem é lindinho.
      O submarino e a americanas que são mestres nessas promoções!! rs
      Obrigada pelo comentário e pelo elogio!

      Excluir
  9. Oi,
    Não li ainda essa trilogia, mas amei a sua resenha e fiquei curiosa com tudo
    Eu não leio muito livros hot, mas como vc disse que as cenas são bens construídas e os personagens tem química, vou anotar na minha lista
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daya!!
      Esse livro tem cenas de sexo no estilo daquele filme de drama marcante com cenas bem construídas de sexo cheio de amor, paixão e devoção.
      Acho que é uma boa definição para as cenas. rs

      Excluir
  10. Olá, adorei sua resenha. Conhecia a trilogia apenas de vita e nunca procurei saber nada a respeito. Não gosto de livros hot justamente pelo apelo sexual, mas esse despertou meu interesse pela forma a qual você expôs as ideias gerais da obra. vou anotar a dica, ainda mais que sempre tem promoção nos sites por ai.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raquel!!
      Essas promoções são divinas!! Quando o livro é bom então, melhor ainda!!
      Certeza que vc não se arrependerá da aquisição! :*

      Excluir
  11. Oie
    nossa, nunca tive curiosidade pela trilogia pois não é um gênero que me agrada muito, mesmo assim ouvi alguns elogios e bem legal seu post

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Catharina!
      Eu também não tinha muita curiosidade, achei que era "mais do mesmo".
      Obrigada pelo elogio! <3

      Excluir
  12. Olá Jéssica!!!
    Não posso negar que amei sua resenha, pois eu sou meio suspeita já que adoro essa trilogia.
    Ganhei ela ano passado de Natal da minha mãe, porém já tinha lido e posso dizer que meus olhos brilharam de tanta felicidade quando vi os livros :3
    Adoro essa comparação com a história de Dante e acho que foi por isso que me fascinei com a história.
    Parabéns pela resenha e até uma próxima o/

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Antonia!!
      Posso confessar? Eu nunca quis saber quem foi Dante. Depois desse livro, pesquisei um pouco e achei as teorias incríveis.
      Esse livro é um mix de boas referências históricas. Sem contar que os diálogos com os professores que palestram no livro, te dão uma visão legal "da passagem de dante pelo inferno", uma visão romantizada e fascinante!
      Obrigada pelo elogio! Até a próxima!

      Excluir
  13. Só pela relação com a Divina Comédia, de Dante Alighieri, a leitura já me interessa muito, pois gostei bastante de ler O Inferno, O Purgatório e O Paraíso (ou Céu, em algumas traduções). O único medo que tenho é a proximidade com 50 tons, já que li os dois primeiros volumes e não gostei. Mas creio que para resolver o impasse, precisarei ler para saber se vou gostar ou não. Dica anotada!

    Tatiana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tatiana!!
      Deixa eu tentar ajudar nesse impasse, vou copiar aqui um trechinho da resposta que dei ali em cima oh:
      Sobre essa comparação de 50 tons e inferno de gabriel, acredito que aconteça, pois os personagens principais de ambos são filantropos, bonitões, terem um passado sombrio, serem cuidadosos, maníacos por controle, com grande desejo por sexo - no caso de Gabriel, isso muda quando ele encontra Julia e é nesse ponto que 50 tons e o inferno começam a se desentrelaçarem e se distanciarem em seus comparativos.
      É inevitável a comparação, mas é uma comparação consideravelmente assimétrica.
      Sendo assim Tatiana, vá sem medo, a proximidade com 50 tons termina da mesma maneira que começa, RÁPIDO! rs

      Excluir