Resenha: Retratos de Uma Vida - Naty Rangel

Autor: Naty Rangel
Páginas: 236
Ano: 2015
Editora: Nova Terra
Adicione: Skoob
 
Sinopse: A nossa vida é feita de flashes. E fazemos uma coleção deles: bons, ruins, inesquecíveis e inesperados. E não é diferente para Jennifer, uma jovem aspirante a fotógrafa que sonhava em trabalhar para a maior revista do país. Só que alguns de seus registros não foram nada bons. A perda dos pais num acidente de carro, e a traição de um namorado com sua melhor amiga na adolescência, traumatizaram. Mas o tempo, e o irmão inseparável, deram a força que ela precisava para continuar, e em 8 anos essa fotógrafa alcançou a tão sonhada vaga na revista. Esse foi apenas o começo de uma sessão de flashes emocionantes.
Jennifer Torres estava prestes a conquistar a profissão dos seus sonhos... e o coração de alguém inesperável. Um romance com os melhores momentos ilustrados, para você não perder nenhum click.

Resenha: Victor Rodrigues e Jennifer Torres se conhecem depois da moça ir a empresa do mesmo para uma entrevista de emprego, rolou aquele climinha característico e pronto, se inicia aí a rotina de sedução, pessoas correndo atrás de pessoas, e alguém com um passado nada “ligth” para  atrapalhar o romance.
Registrar a vida através da fotografia requer um dom e uma paixão pelas telas que a cada momento surgem e encantam o fotografo. Com Jenny é assim, tudo se transforma em arte aos seus olhos, e provavelmente sua coleção de fotos a fez ser aceita como fotógrafa de uma importante revista do Rio de Janeiro. Só falta o futuro chefe não a despedir mesmo antes de iniciar o trabalho, o motivo, uma bofetada bem dada na cara dele pela Jenny depois de uma cantada muito descarada feita por ele.
Neste livro vi um romance claramente tradicional, onde os mocinhos passam por todas as fases dos dramas românticos: amor a primeira vista, drama, cenas de ciúmes, ex pegajosos e também psicopatas, acontecimentos que unem para sempre o casal.
O Victor sofre horrores pra conseguir que Jennifer o aceite como namorado, de formas muitas vezes cômicas ela sempre o ignorava, mas sem sucesso. Ele não é o tipo de homem que  possa dizer não simplesmente, e não justificar o motivo.
A autora deixa tudo muito confuso durante quase toda a história, tem um momento em que chego a achar que eles nunca vão ficar juntos. A mocinha é osso duro de roer e só no final quando tudo sobre seu passado é revelado que a gente entende o porquê de tantos nãos e incertezas por parte dela.
Naty soube nos envolver e deixar sem folego no desfecho do livro, era preciso me lembrar de respirar, pois há uma tensão que surge do nada, tu não sabe se sente raiva, desespero, esperança, pena. O misto de sentimentos é intrigante.
Soube que haverá uma continuação, e já deixo registrado aqui a minha ansiedade em saber como o casal lidará com seu romance e vida a dois.

P.S: ver algumas cenas ilustradas foi muito bom, algumas muito hilárias me fizeram rir horrores, a única ressalva é sobre o livro ter as paginas brancas.

18 comentários

  1. Adorei a resenha :)

    Bjus Pacote Literário

    ResponderExcluir
  2. Oieee. sabe eu não sou muito fã de mocinhos tradicionais, prefiro sempre o diferente.
    Mas sabe o que senti desse livro, ele facilmente poderia ser um filme. História para isso ele tem.
    Mocinho sofrendo para ficar com a mocinha, nada mais clichê e bonitinho.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Own, não conhecia o livro ainda, mas pela resenha eu já me interessei por ele, me parece ser um clichezinho bem gostoso de ler e bem fofo!

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Romances complicados me deixa bem ansiosa e nervosa rsrs
    Fiquei curiosa para saber o que aconteceu com ela no passado e saber porque agia assim :)
    beijos
    e parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
  5. Olha só uma livro que me deixou curiosa amiga. A sua gaiata ta tentando me dribla ne? Rsrsrs
    Irei colocar na fila quilométrica de próxima leitura. Espero gostar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá.

    As vezes não tenho muita paciência de livro assim, em que o casal só ficam juntos no final, seja por conta de algum ex psicótico ou outras circunstancias, as vezes o autor complica demais. rsrsr
    Mas vou dar uma chance pra esse livro.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Nossa, uma parte da história fica confusa sem saber se o final é bom? Hummm ...preciso pesquisar mais sobre esse livro, tem uma trama interessante, mas não sei se vou gostar dessa enrolação, rs.
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  8. Oie!!
    Não conhecia o livro, mas como uma romântica incurável que sou fiquei bem curiosa, o enredo me parece bem chiquê e meio previsível, porém diferente de muitos gosto muito de livros assim.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. hahaha O livro parece conter uma historia bem leve e pelo que li é meio clichê, mas é um clichê que dá gosto de ler. Eu me interessei. :)

    ResponderExcluir
  10. Oi Marcinha! Adorei sua forma em resenhar. Gosto de livros que trazem humor misturados à romance, eu intercalo com leituras pesadas (como terror e drama), assim suaviza e muito a mente. Você despertou uma imensa vontade em mim, quero ler já esse livro.
    Beijos
    lua-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Esse não é meu tipo de gênero literário, mas acho legal a história. É uma trama leve, né? Tem dias que desejo imensamente um livro assim. Vou anotar a dica e quem sabe leio futuramente. Achei a capa muito linda ;)

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  12. Olá, Marcia.

    Só tenho uma frase a dizer sobre a sua resenha: "Eu preciso desse livro"

    Fotógrafa amadora e mesmo se eu não fosse, esse livro me chamou super atenção. Não sou ligada em romance, mas abrirei uma exceção para esse!

    Adorei o post.

    Abraço,

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Não conhecia o livro, mas me pareceu ser bem interessante. Fiquei com a impressão de que a protagonista é meio temperamental, né? Gostei da resenha!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  14. Oi, ainda não conhecia o livro e gostei da premissa, fiquei curiosa para saber como os dois lidaram com essa aproximação e relação no mesmo ambiente de trabalho. O que de tão ruim que a fazia recuar, etc. Só uma única coisa que me deixou, você ter dito que a autora deixou tudo confuso o tempo todo. Ultimante estou preferindo leituras mais rápidas, onde a leitura seja fluida. Mas que bom que o final foi bom e te deixou sem fôlego.

    bjs

    ResponderExcluir
  15. Bacana conhecer mais do livro Retratos de Uma Vida, para mim é novidade!
    Não entendi uma coisa, vc achou o livro confuso durante quase toda a história, mas ainda sim gostou e recomenda, certo?
    Achei a capa bem simples, a sinopse eu gostei.
    Acho que eu leria.

    Beijos, Suzzy do Livros e Sushi
    https://livrosesushi.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  16. Oie, tudo bem?
    Eu gostei muito da história do livro, mas não se se teria vontade de saber mais. Não gosto de livros que enrolam. Gosto de autores que vão direto ao ponto.
    Mas parabéns pela resenha, está ótima.
    Beijos

    http://casinhadaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Olha, de verdade, esse tipo de livro me incomoda muito. Uma mocinha que só se decide no final - mesmo que seu passado seja complexo - é irritante.
    Particularmente, não senti empatia pelo livro ou pelos personagens, o que é uma pena.
    Adorei sua resenha, mas não me sinto convencida de ler.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir