Naquele fim de semana - Sarah Alderson

3 de junho de 2022

Título:
Naquele fim de semana
Autor: Sarah Alderson
Páginas: 336
Ano: 2021
Editora: Record
Gênero: Suspense, mistério e crime
Adicione: Skoob
Onde Comprar: Amazon
Nota: 
Sinopse: Duas amigas viajam. Só uma volta… Naquele fim de semana é um thriller envolvente, viciante, cheio de reviravoltas e com um final surpreendente.
Orla e Kate são melhores amigas há muito tempo. Juntas, elas já enfrentaram várias coisas – seja o desafio de Orla como mãe de primeira viagem ou o divórcio complicado de Kate. E, independentemente do que aconteça na vida delas, todo ano as duas tiram um fim de semana para viajar juntas. Sozinhas, tirando um tempo só para elas.
Naquele fim de semana, o destino é Lisboa. Para começar o breve período de férias com estilo, nada melhor do que uma noite inesquecível: um jantar, regado a champanhe, em um restaurante sofisticado. E por que não esticar em um bar depois?
Na manhã seguinte, quando Orla acorda, ainda de ressaca e sentindo-se culpada por ter deixado o marido sozinho com a filhinha deles, descobre que a amiga desapareceu. Ela procura a polícia, mas eles informam que é necessário esperar vinte e quatro horas para registrar um desaparecimento. Então só lhe resta esperar. As horas passam, e Kate não aparece. Apavorada, Orla se dá conta de que é a única esperança da amiga.
Com apenas uma vaga lembrança dos acontecimentos da noite anterior, ela decide refazer seus passos. O que se desenrola em seguida é uma série de descobertas devastadoras, que ameaça tudo o que ela mais ama. Orla sabe que Lisboa guarda o segredo do que aconteceu naquela noite, mas não faz ideia de que a verdade pode estar mais perto do que ela imagina…


Resenha:

 

"Talvez alguém a tenha visto. Talvez, em um golpe de sorte, o tuíte viralize e alguém que tenha visto alguma coisa ou saiba de alguma coisa possa me ajudar a desvendar isso... seja lá o que for isso. Um sequestro, um acidente, um assassinato, uma farsa?"


Desde quando vi o lançamento deste livro, estava doida para ler. Então a Yohanna do Hanna Books perguntou se eu queria ler para o ig dela, não tive dúvidas.


Inclusive, para ler a resenha no instagram dela, clica na imagem abaixo:



Mas então, voltando...vamos conhecer Orla e Kate, que são melhores amigas a mais de 20 anos, desde o tempo da faculdade, quando se conheceram.


Elas viajavam uma vez por ano, todos os anos, para algum lugar, somente as duas amigas, para um fim de semana entre amigas. Então Orla, que havia casado com um amigo de faculdade delas anos antes, engravidou e teve uma linda bebezinha, o que fez com que as amigas adiassem o fim de semana por um tempo.


Kate era a amiga alegre e festeira que acabou de se divorciar e Orla a certinha que vivia um casamento feliz, mas ao que parecia, nem tão feliz assim, já que após o nascimento da filha, ela meio que se distanciou do marido.


"Minha capacidade de julgamento está comprometida e isso é perturbador. Eu sempre fui muito boa em analisar as pessoas, mas agora sinto que não posso confiar em mim mesma, nem nos meus instintos. Tudo está fora do lugar."


A fim de retomar aquele velho hábito e já aproveitando para tentar deixar seus problemas para trás, as amigas embarcam para um fim de semana em Lisboa.


De cara eu meio que impliquei com a Orla, que toda hora se comparava à amiga, se depreciando e julgando o quanto Kate é mais bonita, mais feliz, mais bem resolvida e por aí vai. Não acho legal e penso que entre amigas de verdade não deve haver comparações assim, cada uma é o que é e aceita a outra como ela é, ou deveria ser assim.


Então, Kate insiste para que Orla depois de um jantar que já estava combinado entre elas, deem uma esticada à uma boate. Daí eu fiquei meio que implicando com a outra né, já que Orla era casada e não queria esse tipo de diversão, e a coisa piora quando elas vão se juntar à dois homens e piora ainda mais quando Kate os convida para a casa onde elas estão.


As duas brigam e é claro que uma não concorda com a ideia da outra. Orla, que não entende porque se sente tão mau, afinal, não havia bebido tanto assim, vai dormir e deixa sua amiga lá com os dois. No outro dia, ao acordar, Orla se vê sozinha. Sem lembranças do que havia acontecido e somente com a certeza de que algo muito errado tinha acontecido com sua amiga.


"Será que eles tinham a intenção de estuprar nós duas na noite passada? Será que o fato de Kate estar a fim de sexo acabou interrompendo esse plano? Eles não precisaram força-la. Mas talvez algo tenha dado errado... Será que ela descobriu que eles me drogaram? Ou eles tentaram droga-la? Todas essas perguntas voam pela minha mente como flechas envenenadas. Não saber é o mais difícil. Estou ficando histérica, tirando conclusões bizarras baseadas em nada? Gostaria de saber. Gostaria que Kate estivesse aqui para montarmos esse quebra-cabeça juntas."


Ela não costumava sumir assim, sem avisar, mas ninguém acreditou nela. Na delegacia, teria que esperar 24 horas para registrar o desaparecimento. Durante a espera, Orla começou uma busca por conta própria ligando para o ex marido da amiga, tentando refazer os passos delas para tentar descobrir o que havia acontecido e descobrindo coisas que jamais imaginaria.


Foi um livro surpreendente, onde nada e nem ninguém é o que parece ser. Não dá para confiar em ninguém e quanto mais Orla cavava, mais ela encontrava, e quanto mais encontrava, mais se surpreendia e se decepcionava. Com todos!



É bem complicado de falar sem dar spoiler, já que cada descoberta e cada novo raminho da trama nos leva a mais uma surpresa e depois outra... Não dá para falar muito sem contar as várias camadas deste livro, só posso dizer que todo ele consegue te prender e te surpreender e preciso dizer que o final foi muito interessante, e aberto....deixou a possibilidade para uma continuação, coisa que não sei se teremos, mas que se não tiver, me convenceu.


“Não porque eu o esteja subestimando – estou aprendendo a não fazer isso com ninguém, principalmente agora, que as pessoas em quem eu mais confiava se mostraram ser as que escondem os maiores segredos...”


Foi uma leitura incrível, eu li rapidinho e gostei bastante, mas deixo um aviso, não se apague à ninguém, qualquer um pode ser um assassino!


Este livro já tem até filme na Netflix, mas por algum motivo que eu não sei qual é, alguns nomes foram trocados, como o da Orla, da filhinha dela e do motorista de aplicativo, além disso, no filme o destino das amigas não foi Portugal, sei lá qual o critério usado.


Mas bom, tirando isso, o filme está bem parecido com o livro. É claro que temos algumas diferenças, coisas explicadas melhor no livro, mas sabemos que é assim mesmo, o filme tem que ser mais dinâmico né!


Mesmo assim, o filme é bom. Não tanto quanto o livro, mas está bem interessante de assistir!


12 comentários

  1. Pensei muito em assistir ao filme pois tem a minha querida Leighton Meester mas acabei não assistindo ainda.
    Já soube dessas mudanças, que já são esperada em uma adaptação.
    Já quis ler o livro também.
    Essa amiga tanto no filme quanto no livri não me cai bem

    ResponderExcluir
  2. Denise, eu fiz o caminho inverso rs o filme saiu e mesmo sabendo do livro eu fui lá e vi. Gostei? Sim!!!Mesmo achando falta de algumas coisas, sei lá, um mistério maior, foi um filme que me agradou muito!
    Agora o livro está aqui e sei que quero muito ler, até por ser uma leitura mais fluída e minha leseira constante já ter me feito esquecer detalhes do filme rs
    Espero gostar e passar momentos bons!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li nem assisti. Acabei julgando as duas amigas, uma porque não respeita o casamento da outra, e a casada porque não impõe sua vontade e segue a amiga.
    E, claro, fiquei curiosa para conhecer o desfecho da história.

    Danielle Medeiros de Souza
    danibsb030501@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Denise!
    Deve ser um tremendo thriller.
    Não tinha ouvido falar nem do livro, nem do filme.
    Fiquei bem intrigada, tanto pela 'amizade', como por saber o que aconteceu e como tudo será desvendado.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Denise, olá. Já tinha ouvido falar da história com uma amiga que é apaixonada por thriller. Acho muito interessante quanto a história é sobre amigas. Não sei explicar por quê, talvez seja porque, quando duas mulheres estão unidas, elas trazem um tempero a mais pela história. Não vi e nem li o livro ainda. Parece interessante. Obrigada pela resenha. Cheirinhos de livro novo.

    ResponderExcluir
  6. Oiiie,
    Gosto bastante de livros de thrillers e suspense, as vezes mudar de gênero faz bem.. Eu já tinha visto esse livro, mas não fazia ideia de sua trama, fiquei até bem curiosa para saber o que aconteceu com amiga desaparecida.

    ResponderExcluir
  7. Olá! Eu vi o trailer do filme, e confesso que foi o que me animou em adicionar o livro a minha lista de desejados, que precisa de uma diversificada de vez em quando né, ainda não consegui ler, mas espero fazer isso em breve, para só depois me arriscar com o filme. Achei o enredo bem dinâmico e esse mistério todo envolvendo as personagens com certeza vai me manter presa ao livro até descobrir tudo que aconteceu.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Denise!
    Amo livro de suspense e é claro que já fiquei curiosissima para saber o que aconteceu com a Kate rsrs... Estou adicionando Naquele Fim de Semana na minha lista de leitura, apesar de não gostar quando o livro possuí um final em aberto :( Mas arriscarei a leitura mesmo assim :)
    Quanto ao filme, com certeza vou assistir, mas só depois de ler o livro :)
    Bjos, valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  9. Ola Não assisti o filme é nem li o livro.
    Mas não gostei do jeito de agir de Kate e também a Orla não deveria ficar se diminuindo.
    É claro que todo esse mistério envolvendo a Kate me deixou com vontade de ler o livro.Nao por enquanto.mss futuramente se por acaso o encontrar na biblioteca de minha cidade.

    ResponderExcluir
  10. Não é a primeira resenha desse livro que leio, mas confesso que na minha cabeça já sei que é o assassino. Mas quero ler o livro e assisti ao filme quanto antes.

    ResponderExcluir
  11. Talvez lendo o livro eu tivesse entrado mais na história e curtido porém fui direto pro filme e achei super fraquinho. A construção das personagens é rasa e o plot twist que era pra ser algo chocante como o filme vendeu no fim foi super óbvio e previsível.

    ResponderExcluir
  12. Quando comecei a ler a sua resenha estava pensando que era muito parecido com o trailer que vi mas como era outro local fiquei pensando ser coincidência, até continuar lendo a resenha e confirmar que eles como sempre trocam as coisas sem necessidade. Nao li ou assisti então quem sabe em algum momento eu decida por um dos dois.

    ResponderExcluir